SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 20 de maio de 2022

Taxista encontra carteira com R$ 5 mil e mobiliza internet para encontrar dona

Foto: Arquivo Pessoal/ Divulgação

Um morador de Blumenau, no Vale do Itajaí (SC), chamou a atenção na internet nos últimos dias. O taxista Edson Schlogl, de 55 anos, encontrou uma carteira com R$ 5 mil, além de vários cartões com as respectivas senhas, e decidiu iniciar uma mobilização para encontrar a dona do objeto nas redes sociais. O valor foi devolvido à proprietária no mesmo dia.

Edson disse que trafegava pela Rua Amazonas, no começo da noite de sexta-feira (13), depois de buscar a esposa no trabalho, quando notou que uma carteira caiu de cima do carro que estava na frente dele. Ele explica que a proprietária havia embarcado no carro, ao sair de um estabelecimento, e deixado o objeto em cima do veículo. A carteira, então, acabou caindo na estrada.

Ele conta que chegou a passar sobre o objeto, mas voltou para recolhê-lo na intenção de devolver. Na corrida para alcançar a dona, um semáforo fechou e ele perdeu de vista a motorista.

Edson começou a procura pela proprietária da carteira nas redes sociais. Fez publicações e mandou mensagens para grupos de conversa. Ao mesmo tempo, a filha da mulher publicou na internet o que havia acontecido. Os dois acabaram se encontrando na web e marcaram a entrega.

“Havia R$ 4,9 mil dentro da carteira e 16 cartões, a maioria com as senhas junto. Ela contou que sacou o valor para pagar prestações. Estava muito nervosa quando chegou na minha casa com a filha, mas eu jamais ficaria com o que não é meu”, revela Edson.

Não foi a primeira vez

Taxista há uma década, Edson revela que já encontrou diversos pertences esquecidos pelos clientes dentro do próprio veículo ou nas ruas, mas sempre fez o possível para encontrar os proprietários.

Na sexta-feira, o que impressionou o trabalhador foi a quantia, a mais alta que já achou, além das senhas anotadas nos cartões. Naquela mesma noite, a família foi à residência de Edson, no bairro Velha, e pegou a carteira de volta. “Eu me coloquei no lugar dela”, comenta.

Do Portal NS/Fonte:g1 SC e NSC

Nenhum comentário: