SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 20 de maio de 2022

São Paulo tem madrugada mais gelada do ano, e frio continua no fim de semana

São Paulo tem madrugada mais gelada do ano, e frio continua no fim de semana
Foto: Reprodução / Agência Brasil

Os paulistanos ainda não devem guardar os casacos neste fim de semana, após dias gelados em São Paulo. Segundo os meteorologistas, a capital paulista terá uma leve melhora no tempo nos próximos dias, mas o frio permanece.
 

Nesta sexta (20), a cidade registrou a temperatura mínima mais baixa do ano, com média de 6,3°C, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas). A menor temperatura ocorreu em Capela do Socorro, na zona sul, com 1,1°C. Antes, a mínima mais baixa havia sido registrada na quarta-feira (18), quando a cidade teve uma média de 7°C.
 

No sábado (21), o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) prevê a presença de nuvens e nevoas úmidas pela manhã, mas o tempo deve abrir aberto e ficar ensolarado ao longo do dia. Os termômetros devem registrar mínima de 8°C e máxima de 21°C.
 

No domingo (22), o dia deve ser um pouco mais quente, com mínima de 9°C e máxima de 23°C.
 

Durante a semana, a expectativa é que as temperaturas continuem subindo. Na segunda-feira (23), São Paulo deve registrar mínima de 10°C e máxima de 24°C. Na terça (24), a previsão é de mínima de 11ºC e máxima de 25°C.
 

O instituto de meteorologia alerta que, em decorrência da massa de ar de frio e seco, a atenção com hidratação do corpo é ainda mais fundamental nesta semana.
 

Além de São Paulo, a tendência de início de elevação das temperaturas também deve ser registrada no sábado (21) na parte central do Brasil. O Inmet informa que as chuvas ficarão concentradas na faixa norte do Brasil, com maiores valores previstos para o norte do Pará e do Maranhão.


Do Portal Bahia Notícias/por Folhapress

Nenhum comentário: