SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 23 de maio de 2022

Pesquisa descobre que rins, além de filtrar, também bombeiam sangue

Pesquisa descobre que rins, além de filtrar, também bombeiam sangue
Foto: Reprodução / EBC

Sempre em evolução, a ciência descobre, a cada dia, novidades sobre o funcionamento do corpo humano. Em estudo publicado na revista científica Nature Communications, pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, descreveram mais uma função para os rins: além de filtrar o sangue, eles também bombeiam o líquido.

 

Inicialmente, se acreditava que o sangue passava pelo órgão por um sistema de osmose (movimento espontâneo, sem gasto de energia, de um meio mais concentrado para o menos) com liberação de substâncias químicas.

 

Porém, os cientistas perceberam uma pressão maior na porção final dos tecidos, como seria esperado de uma bomba. Isso significa que o caminho do sangue pelo órgão não é tão passivo assim, e sim direcionado — para os pesquisadores, isso pode ajudar a explicar uma série de problemas renais.

 

Eles conseguiram observar exatamente isso nos rins de pacientes com doença renal policística autossômica dominante, que causa cistos no rim, problema que aumenta as chances de pedra nos rins e infecções no trato urinário.

 

De acordo com o portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, os cientistas perceberam que nos rins dessas pessoas, o sistema de bombeamento acontece ao contrário. Com o uso de um medicamento aprovado para a condição, a pressão foi suavizada, isso diminuiu o estresse no tecido e a velocidade de formação de cistos.

 

Os pesquisadores esperam, agora, verificar se o mesmo sistema de bombeamento ocorre em outros órgãos e tecidos.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: