SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

França ultrapassa 200 mil casos de Covid-19 em 24h, afirma governo

França ultrapassa 200 mil casos de Covid-19 em 24h, afirma governo
Foto: Reprodução / Redes Sociais

A maioria dos pacientes internados em UTIs no Reino Unido não receberam a dose de reforço da vacina. A informação foi divulgada pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson nesta quarta-feira (29). Já o governo francês informou que o país atingiu a marca negativa de mais de 200 mil contaminações pela Covid-19 em 24h. 

 

Ainda de acordo com o governo francês, foram registrados 208 mil casos nas últimas 24 horas em território francês, "números que nos deixam muito preocupados", anunciou o ministro Olivier Véran à Assembleia Nacional, o Parlamento francês. 

 

Conforme divulgou o Portal Uol, na noite da última  terça-feira (29), o órgão de Saúde Pública da França anunciou quase 180.000 casos em 24 horas, o que já era um recorde. "Lutamos contra dois inimigos", frisou o ministro. "A variante delta, que ainda não terminou de contaminar a população, assim como a variante ômicron, que é o X da questão", afirmou. 

 

Diante do surto de contaminações, "10% da população francesa é considerada caso de contato" e os não vacinados têm "pouca chance de não se contaminar, o vírus circula demais", estimou Véran. Na segunda-feira à noite, ele disse que a França poderia "atingir mais de 250.000 casos de Covid por dia no início de janeiro". Um projeto de lei que prevê a transformação do passe de saúde em passe de vacinação deve ser examinado pelos parlamentares franceses, com entrada em vigor prevista para 15 de janeiro.

 

Já no Reino Unido, os pacientes sem dose de reforço são os que mais ocupam Unidades de Tratamento Intensivo.  "Lamento dizer isso, mas a grande maioria das pessoas admitidas na terapia intensiva em nossos hospitais são aquelas que não receberam uma dose de reforço", disse Boris Johnson.

 

"Falei com médicos que dizem que até 90% das pessoas em terapia intensiva não receberam a dose de reforço", acrescentou o chefe do governo britânico. Ainda de acordo com Boris Johnson, no país, a probabilidade de um paciente acabar no hospital caso não tenha sido vacinado é oito vezes superior ao dos vacinados.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: