SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

Bahia perde de virada para o Fortaleza e cai para a Série B

Bahia perde de virada para o Fortaleza e cai para a Série B
Foto: Bruno Queiroz / EC Bahia

O Bahia soma mais um rebaixamento na sua história de 90 anos. Após sair na frente, o Esquadrão de Aço sofreu a virada diante do Fortaleza na noite desta quinta-feira (9), na Arena Castelão, e viu seus adversários vencerem os seus jogos. Rodriguinho fez a favor do time visitante, enquanto Wellington Paulista e Yago Pikachu fizeram a festa da torcida do Leão do Pici.

 

A derrota colocou o Tricolor no 18º lugar, com 43 pontos. A campanha foi marcada por onze vitórias, dez empates e 17 derrotas, com 42 gols marcados e 51 sofridos. Em 2022, o clube vai disputar o Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Série B do Brasileiro.

 

O JOGO

 

Logo no primeiro minuto dentro de uma Arena Castelão pulsante, o Bahia tentou com Juninho Capixaba, que finalizou de fora da área para defesa de Marcelo Boeck. O Leão do Pici respondeu aos oito. Em lance de impedimento, Pikachu arriscou um voleio e arrancou suspiros da torcida da casa.

 

O Bahia assustou aos 18 minutos. Após cruzamento de Rodriguinho, a bola bateu em Matheus Jussa e ficou rolando na pequena área, mas a defesa do Fortaleza tratou de afastar.

 

Com 19 minutos, bola na área do Fortaleza e o goleiro Marcelo Boeck saiu algumas vezes em sequência para afastar a bola. Na terceira ida, o arqueiro acertou o rosto de Gilberto. Na cobrança, com 24, Rodriguinho bateu muito bem, deslocou Boeck e balançou a rede.

 

Aos 26 minutos, Gilberto recebeu bola na frente e finalizou para a rede, mas a arbitragem deu o impedimento. Com 28 e aos 31, Matheus Vargas e Felipe tentaram de fora da área, mas Danilo Fernandes defendeu bem nas duas ocasiões.

 

Pouco antes do primeiro tempo acabar, aos 46, depois de uma sequência de bolas pingadas perto da área do Bahia, David arriscou uma bicicleta, mas a bola passou longe.

 

Wellington Paulista empata

 

A primeira etapa estava próxima de ser encerrada quando Matheus Bahia derrubou Yago Pikachu em cima da linha da grande área. Após análise do árbitro de vídeo, o pênalti foi marcado. Wellington Paulista, sempre fatal na cobrança, deslocou bem o goleiro do Esquadrão.

 

Segundo tempo

 

Depois de empatar, o Fortaleza quase virou aos quatro minutos com Éderson, que cabeceou no meio do gol para defesa tranquila de Danilo Fernandes. Dois minutos depois, Gilberto cruzou na área e Capixaba quase acertou o gol no complemento.

 

Com 14, Osvaldo finalizou para defesa de Danilo. Aos 28, Igor Torres fez jogada individual pela direita, cruzou e Danilo Fernandes desviou.

 

Aos 30 minutos, David finalizou e a bola pegou no braço de Conti. Depois de análise no vídeo, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza entendeu que houve a penalidade. Três minutos depois, Yago Pikachu cobrou no canto e fez a festa da torcida do Leão do Pici.

 

Abatido em campo, o Bahia tentou com Nino Paraíba, mas a finalização foi fácil para Boeck defender. Aos 42, Gilberto recebeu na área e finalizou para defesa de Boeck.

 

FICHA TÉCNICA
Resultado: Fortaleza 2 x 1 Bahia
Campeonato Brasileiro - 38ª rodada
Local: Arena Castelão, em Fortaleza
Data: 09/12/2021 (quinta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Matheus Vargas, Osvaldo, Marcelo Boeck (Fortaleza) / Raí Nascimento, Conti (Bahia)

Gols: Rodriguinho (Bahia) / Wellington Paulista, Yago Pikachu (Fortaleza)

 

Fortaleza: Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Felipe (Éderson), Matheus Jussa, Yago Pikachu e Matheus Vargas (Lucas Lima); Osvaldo (Bruno Melo), David (Depietri) e Wellington Paulista (Igor Torres). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

 

Bahia: Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick (Ronaldo), Edson (Rodallega) e Rodriguinho (Daniel); Raí, Juninho Capixaba (Mugni) e Gilberto. Técnico: Guto Ferreira. 


Do Portal Bahia Notícias/por Ulisses Gama

Nenhum comentário: