SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 13 de novembro de 2021

Anunciado pelo Barcelona, Daniel Alves quebrará recorde no 1º jogo da reestreia

Anunciado pelo Barcelona, Daniel Alves quebrará recorde no 1º jogo da reestreia
Foto: Divulgação / FC Barcelona

Anunciado oficialmente como novo reforço do Barcelona para a segunda metade da temporada 2021/2022 (leia aqui), o lateral-direito Daniel Alves vai quebrar um recorde assim que fizer o primeiro jogo na reestreia. Quando entrar em campo pelo Campeonato Espanhol, o baiano se tornará o jogador mais velho a defender o Barça na La Liga, com 38 anos e e sete meses. A marca será ampliada até que ele deixe o clube. O contrato é válido por uma temporada com possibilidade de renovação até 2023.

 

O dono do recorde no momento pertence ao ex-goleiro José Manuel Pinto. O arqueiro atuou pelo Barça com 38 anos e seis meses. Ele se aposentou em 2014. Já o jogador de linha mais velho foi o ex-zagueiro José Ramón Alexanko, que entrou em campo com 37 anos e um mês em 1993. Atualmente, ele é um dos diretores do clube catalão. A lista dos atletas mais velhos a jogarem pela equipe ainda inclui os ex-companheiros de Daniel Alves, o ex-zagueiro Carles Puyol, com 35 anos e 10 meses, e o ex-meia Xavi, que é o atual técnico e avalizou a chegada do baiano, com 35 anos e quatro meses. Os dois serão superados pelo lateral assim que ele disputa a primeira partida.

 

Daniel Alves começou a carreira no Juazeiro, foi revelado pelo Bahia e desembarcou na Europa contratado pelo Sevilla, da Espanha. Ele jogou no Barcelona entre 2008 e 2016, disputando 391 jogos, 101 assistências e 21 gols. O baiano acumulou títulos entre Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Liga dos Campeões da Europa, Mundial de Clubes, entre outros. Depois, ele defendeu Juventus, PSG e retornou ao Brasil em 2019 para atuar pelo São Paulo. Ele estava sem clube desde que a saída do Tricolor paulista em setembro deste ano. Ele recusou propostas do Fluminense, Athletico-PR e clubes do Catar e México.

 

O lateral sonha em disputar a Copa do Mundo de 2022. Porém, foi esquecido pelo técnico Tite nas últimas duas convocações da Seleção Brasileira.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: