SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

terça-feira, 19 de outubro de 2021

Bolsonarista, Raissa Soares deixará secretaria em Porto Seguro para investir em candidatura

Bolsonarista, Raissa Soares deixará secretaria em Porto Seguro para investir em candidatura
Raissa ao lado de Michele Bolsonaro e Damares Alves | Foto: Reprodução/ Facebook

A médica Raissa Soares deve deixar o cargo de secretária de Saúde de Porto Seguro, no extremo sul do estado, até o final de outubro para investir na carreira política. De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, em busca de votos, ela pretende correr o estado nos próximos meses para tentar ser conhecida em outras regiões. 

 

Raissa ganhou espaço nas redes sociais como apoiadora fiel do presidente Jair Bolsonaro, principalmente após investir na defesa do chamado "kit Covid", série de medicamentos que foram indicados, apesar de não haver comprovação científica, para um suposto "tratamento precoce". Ela foi alçada ao cargo de secretário após a eleição de Jânio Natal, que também se apresentou como defensor do governo federal. Em julho do ano passado, Bolsonaro anunciou que enviaria à cidade 40 caixas de hidroxicloroquina a pedido da médica (relembre aqui). 

 

Segundo fontes ligadas à prefeitura de Porto Seguro, Jânio apoia a decisão de Raissa de disputar as eleições em outubro de 2022. Porém, a secretária não teria escolhido ainda qual partido irá integrar nem qual vaga buscará nas urnas. A ideia é aguardar a escolha de Bolsonaro por uma sigla - já que o presidente segue sem partido após deixar o PSL -, para depois discutir uma eventual chapa majoritária.

 

Após perder defensores como a deputada federal Dayane Pimentel (veja aqui), o bolsonarismo tem buscado nomes que tenham força entre os apoiadores do chefe do Executivo Federal. O atual ministro da Cidadania, João Roma, é cotado como possível pré-candidato ao governo do estado. A proposta seria garantir que Bolsonaro terá um palanque na Bahia, para se contrapor à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: