SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Advogado aparece tomando banho durante julgamento online do Tribunal de Justiça do DF

Advogado aparece tomando banho durante sessão do Tribunal de Justiça do DF | Foto: TJDFT/Reprodução

Um advogado apareceu tomando banho durante uma sessão de julgamento da 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT), nesta quinta-feira (8). As imagens, que também eram transmitidas ao público pela internet, causaram constrangimento aos desembargadores.

O vídeo mostra que o desembargador José Jacinto Costa Carvalho lia um voto quando a imagem do advogado, sem roupa, em um banheiro, apareceu na tela. Após alguns segundos, o defensor pareceu notar que havia entrado na sessão e desligou a câmera.

Logo em seguida, o desembargador Humberto Adjuto Ulhôa alertou: “Tem um cidadão nu aí em frente ao painel. Que história é essa? Tem que desconectar, esses advogados só têm que entrar aí quando for fazer sustentação oral. Não pode ficar passeando aí. O cara estava nu aí na frente.”

A situação durou cerca de 20 segundos. As imagens da sessão estavam disponíveis na página do TJDFT no Youtube até pouco depois das 18h. Em seguida, o vídeo ficou indisponível.

Questionada pelo G1, a Corte disse que “vem trabalhando de forma que as audiências por videoconferência sejam realizadas com a mesma lisura, formalidade e Ética como se fossem audiências presenciais”.

“No entanto, cabe a cada ator (juiz, promotor, defensor, advogado, partes e testemunhas) agir com respeito à formalidade que o ato solene exige. Por fim, cabe à OAB se manifestar em relação a questões éticas envolvendo os membros daquela Ordem”, disse o tribunal, em nota.

Já a Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB-DF) disse que “não teve qualquer conhecimento do fato”. A reportagem não conseguiu identificar o advogado envolvido na situação.

Do Portal NS

Nenhum comentário: