SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 5 de agosto de 2022

Menino é resgatado depois de ficar preso entre paredes de duas casas na Bahia

Menino é resgatado depois de ficar preso entre paredes de duas casas na Bahia | Foto: Reprodução/TV Bahia

Uma criança de cinco anos ficou presa entre duas paredes ao tentar passar em um vão que separa imóveis no Bairro da Paz, em Salvador, na manhã desta sexta-feira (5). O garoto estava na casa da avó e, após sair do imóvel, entrou em um espaço estreito entre duas casas.

A avó, Selma Pinto, não estava em casa e foi informada pelos vizinhos sobre o incidente com o menino. Ela disse que, por causa do desespero da criança, ficou apavorada e não pôde ficar no local enquanto os moradores tentavam retirar o garoto.

“Ele acordou e não me viu em casa. Tentou passar pelo beco para ir para a rua e ficou preso entre a minha parede a do vizinho. Ele gritou e os vizinhos ouviram. Não consegui nem ficar para ver eles tirarem. Fiquei apavorada.”

Os primeiros que tentaram retirar o garoto foram moradores que ouviram o choro do garoto e começaram a quebrar a parede com auxílio de uma marreta.

Menino é resgatado depois de ficar preso entre paredes de duas casas na Bahia | Foto: Reprodução/TV Bahia

“Desci para comprar pão e minha esposa se incomodou [com o barulho]. Ela foi ver o que era e se deparou com a cena dele preso entre as duas paredes. Ela chamou meu filho mais velho, arrombou o cadeado e quebrou a parede”, disse o vizinho, identificado apenas como Alex.

Ele acrescentou que, como a situação era grave, foi até o posto de saúde na região para tentar auxílio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O porteiro da unidade, Uilame Andrade, foi até o imóvel e, quando chegou, vizinhos da família já tentavam retirar o garoto quebrando a parede.

O homem disse que a preocupação maior era a posição em que o garoto estava. Naquele momento, o menino chorava muito e estava preso apenas pela cabeça entre as paredes.

“Ele estava em uma posição desconfortável, pendurado pela cabeça. O pescoço estava bem esticado e a gente se preocupou com isso. Cortamos embaixo para ele ter uma posição melhor e a gente estourar o outro lado da parede”, disse.

Apesar do susto, a criança teve apenas escoriações e foi levada para a Unidade Básica de Saúde (UBS) Orlando Imbassay, onde está em observação.

Do Portal NS/Fonte:TV Bahia e g1 BA

Nenhum comentário: