SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 29 de julho de 2022

Tecnologias ajudam no tratamento do câncer de próstata com metástase linfática

Tecnologias ajudam no tratamento do câncer de próstata com metástase linfática
Foto: Divulgação

A equipe de urologia do Hospital Mater Dei, comandada pelo urologista Nilo Jorge Leão, realizou uma cirurgia inédita na Bahia nesta sexta-feira (29) para tratamento de uma metástase linfática de um câncer de próstata. A operação, realizada com sucesso na primeira sala híbrida do estado, no Hospital Mater Dei, reuniu os avanços da radiologia intervencionista com a tecnologia Firefly do robô da Vinci Xi, o mais moderno do mundo. 

 

O objetivo do procedimento foi postergar a utilização de hormonioterapia e seus possíveis efeitos adversos no organismo do paciente, que além de provocar uma castração química com pela perda de desejo sexual, causa indisposição física, sonolência e alterações no humor. 

 

Na cirurgia, conhecida como linfadenectomia robótica de resgate, os linfonodos (gânglios linfáticos) foram removidos para impedir a progressão do tumor e retardar o início da terapia sistêmica. Contudo, como essas estruturas são muito pequenas, é muito difícil localizá-las sem a ajuda da tecnologia. 

 

Por isso, o  radiologista intervencionista Maurício Liberato iniciou o procedimento injetando um contraste (indocianina verde) nos linfonodos guiado por um tomógrafo instalado dentro do centro cirúrgico numa sala híbrida. Como a substância “desaparece” em no máximo duas horas, a logística precisou ser rápida e assertiva, o que só foi possível graças à localização estratégica da sala híbrida, localizada dentro do centro cirúrgico, bem em frente à sala da cirurgia robótica. 

 

Sem o auxílio do robô da Vinci Xi, não seria possível enxergar o gânglio marcado pelo contraste, mas a tecnologia Firefly de fábrica da plataforma permitiu essa visualização com clareza. Através de uma iluminação guiada por fluorescência, o cirurgião ganha uma espécie de visão noturna (em preto e branco), que o permite diferenciar facilmente o tecido fluorescente dos demais. 

 

Além de ampliar a eficiência na identificação do tumor e na delimitação da área a ser retirada, a visualização infravermelha aumenta a segurança da remoção. A tecnologia Firefly disponível no Mater Dei é utilizada nas cirurgias robóticas em que o uso do contraste é indicado. Nilo Jorge Leão, chefe do serviço de urologia do Hospital e coordenador do Instituto Baiano de Cirurgia Robótica (IBCR), também realizou a primeira cirurgia pediátrica assistida por robô na Bahia e já acumula mais quase 700 cirurgias robóticas realizadas sendo uma das maiores experiências do país.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: