SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 13 de junho de 2022

Com inquérito concluído, Polícia indicia Rafael Ramos por suposta injúria racial a Edenilson

Com inquérito concluído, Polícia indicia Rafael Ramos por suposta injúria racial a Edenilson
Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Com o inquérito concluído, a 2ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Alegre indiciou, nesta segunda-feira (13), o lateral Rafael Ramos, do Corinthians, por suposta injúria racial ao volante Edenilson, do Internacional. 

 

De acordo com o GE, a apuração foi enviada ao Ministério Público, a quem cabe decidir se haverá seguimento na Justiça. "O promotor definirá se ingressa com ação, arquiva ou pede alguma diligência", disse Sahagoff, à publicação. 

 

O caso aconteceu durante o empate entre as equipes no dia 14 de maio, pela 6ª rodada do Brasileirão. Edenilson alega que Rafael Ramos o chamou de "macaco". 

 

Recentemente, um laudo do Instituto-Geral de Perícias (IGP) indicou que não era possível identificar o que foi dito pelo jogador, após analisar as imagens (lembre aqui). 

 

Dessa forma, o advogado Daniel Bialski, que faz a defesa de Ramos, declarou que tomaria "medidas jurídicas" contra o que classificou como "arbitrariedade" da polícia. 

 

"Acaso o delegado pretenda, contra a prova pericial taxativa, indiciar o Rafael, iremos tomar as devidas providências jurídicas, seja para evitar isso, seja para apurar o abuso de autoridade praticado. Não se tolerará novamente arbitrariedade", disse. 


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: