SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 14 de maio de 2022

Menino troca presentes de aniversário por doações de leite para crianças com câncer: ‘É como podemos contribuir’

Menino troca presentes de aniversário por doações de leite para crianças com câncer | Foto: Arquivo pessoal

Trocar presentes por doações para pessoas que precisam é algo que um menino do interior de São Paulo faz com alegria no coração. No seu décimo aniversário, ele decidiu se dedicar a arrecadações de leite para crianças com câncer. Até a noite de sexta-feira (13), as doações já passavam de 1.200 litros.

Luiz Augusto Bastida é de Sorocaba (SP) e vai fazer dez anos no próximo dia 26 de maio. No fim de abril, ele começou uma campanha nas redes sociais para arrecadar leite em prol de crianças com câncer. A mãe do menino, Érica Bastida, contou ao g1 como foi esse período de arrecadação.

“Iniciamos no dia 27 de abril as arrecadações de leite e marcamos que poderíamos receber até o dia 13 de maio. Queríamos entregar logo, porque é algo que eles estão precisando muito. Nós recebemos de uma escola que fez um trote solidário, de uma universidade, de amigos que nos enviaram mensagem, da família e de pessoas nas redes sociais”, relata.

Segundo Érica, além dos litros de leite que eles receberam e foram buscar nas casas das pessoas, muitos mandaram dinheiro para que ela comprasse os produtos. A entrega do leite será realizada na tarde da próxima terça-feira (17), no Gpaci.

“Com o dinheiro que a gente recebeu, a gente comprou mais de dois quilos de massa de modelar para os professores da classe hospitalar trabalharem algumas questões de psicomotricidade”.

Com bondade no coração, Luiz agradece a todos que contribuíram com as arrecadações e ainda pede orações para as crianças da Ucrânia, país que está em guerra.

Como já teve experiência na UTI com a filha mais velha, Ana Julia, Érica sabe o que os pais e as crianças passam.

“É um pouquinho do que podemos doar para essas crianças que lutam bravamente pela vida. Também é uma maneira de ajudar a entidade, ajudar as famílias, porque a gente acaba propiciando algo a eles, e ajudar a própria criança a enfrentar, com um pouco mais de suporte, todas essas dores e sofrimento. Um pouquinho do todo”.

Arrecadação na pandemia

Arrecadação feita no aniversário de nove anos de Luiz Augusto | Foto: Arquivo pessoal

No ano passado, com a questão da pandemia, Luiz Augusto, que ama comemorações, não pôde realizar uma festa no seu aniversário de nove anos. Como tem uma irmã com autismo e com comorbidades, a possibilidade de reunir as pessoas era nula.

“A gente fez uma lista de coisas para fazer no aniversário dele e dei a ideia de fazermos uma festa apenas com nós quatro aqui de casa. Mas ele queria algo que envolvesse as crianças e eu dei a ideia de fazer uma campanha para o Gpaci. Ele amou a ideia e disse que, com isso, as pessoas poderiam dar o presente para essas crianças”.

Através do contato com uma amiga, eles acertaram com a entidade os alimentos que mais eram necessários para aquele momento. Nisso, foram arrecadados leite, achocolatado, molho de tomate e azeite, os quatros produtos mais necessários e que estavam em falta na arrecadação.

“Fizemos um vídeo e as pessoas começaram a nos procurar para doar, tanto em espécie como no dinheiro. Na época, conseguimos 54 quilos de achocolatado, 750 litros de leite, 30 vidros de azeite, 20 latas de extrato de tomate e 30 sachês de molho”.

Arrecadação feita no aniversário da irmã de Luiz Augusto para a Santa Casa | Foto: Arquivo pessoal

No aniversário da irmã, em agosto do ano passado, ele se propôs a realizar mais doações, dessa vez para a ala oncológica da Santa Casa. Foram arrecadados fralda geriátrica e água de coco. “Conseguimos muitas doações também, foi bem legal”.

Espírito solidário

Mas essas não foram as primeiras vezes em que Luiz ajudou pessoas. Ele também já fez arrecadações de lacres de refrigerante para ajudar na compra de cadeiras de roda.

Arrecadações de tampinhas de garrafa para ONG que compra rações para cachorros | Foto: Arquivo pessoal

“Hoje ele continua fazendo arrecadações de tampinhas de garrafa para uma ONG que compra rações para cachorros que estão abandonados nas ruas. Ele sempre teve essa questão de querer ajudar”.

“A gente fica muito feliz de fazer isso, não ganhamos nada de status, marketing pessoal, dinheiro, a gente ganha muito em fé, força, em alegria e disposição para poder ajudar, nos fortalece muito, eu vejo o Luiz mais empenhado nessas ações”, conta a mãe.

Arrecadações de tampinhas de garrafa para ONG que compra rações para cachorros | Foto: Arquivo pessoal

Do Portal NS/Fonte: g1 Sorocaba e Jundiaí

Nenhum comentário: