SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 6 de maio de 2022

Lembra dele? Jobson é encaminhado à delegacia por suspeita de tráfico de drogas

Lembra dele? Jobson é encaminhado à delegacia por suspeita de tráfico de drogas
Foto: Reprodução / TV Globo

Com uma folha-corrida de polêmicas, o atacante Jobson protagonizou mais uma. Nesta quinta-feira (5), o jogador, de 34 anos, foi encaminhado à delegacia de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas. Ele foi detido durante uma ação da Polícia Militar que investigava uma denúncia.

 

Na ação, a PM revistou uma casa e encontrou 16 trouxinhas de maconha e 12 pinos contendo pó branco. Jobson foi ligado ao caso após os agentes verem uma troca de mensagem do jogador com um dos homens que estavam no imóvel. Quando chegou na região, o atacante foi abordado pelos policiais e conduzido à delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado. Ele não portava nenhuma arma ou droga. Outras duas pessoas foram presas.

 

A carreira de jogador de futebol de Jobson começou no Brasiliense em 2009. Depois, ele passou por Botafogo, Atlético-MG, Grêmio Barueri, São Caetano e Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Em 2011, ele teve uma passagem pelo Bahia onde atuou em 14 jogos e marcou seis gols.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

Ao longo da trajetória de jogador, Jobson teve problemas por conta do uso de drogas. Em 2015, ele foi suspenso pela Fifa de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol até 31 de março de 2018, após se recusar a fazer exame antidoping quando atuava no futebol árabe. Inicialmente a pena era apenas na Arábia Saudita, mas acabou sendo ampliada para nível mundial. No período do gancho, ele foi envolvido em outras polêmicas, como o caso de estupro de vulnerável. Desde então, chegou a ser preso três vezes. Em 2016, ele foi levado em cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça de Conceição do Araguaia, no Pará. Em 2017, voltou para a cadeia, em meio a liberdade condicional, após se envolver num acidente de trânsito que causou a morte de um homem. Em setembro do mesmo ano, voltou a ser preso por ultrapassar o limite estabelecido pela Justiça durante uma viagem, quando usava uma tornozeleira eletrônica.

 

Jobson tentou retomar a carreira em 2019 ao acertar com o Brasiliense. Porém, foi afastado do clube por problemas internos. No ano seguinte, foi contratado pela Portuguesa-RJ, mas deixou o clube insatisfeito por atuar pouco, por apenas 45 minutos. Ele ainda disputou duas partidas pelo Independente-PA, mas foi dispensado por indisciplina após um vídeo viralizar onde ele bebia num karaokê, logo depois de ter perdido um pênalti e ser expulso na derrota do time. No ano passado, ele se destacou pelo Capixaba, onde foi artilheiro com sete gols e eleito craque da Copa Espírito Santos. Na atual temporada, o atacante jogou pelo Sport Lagoa Seca e atuou em cinco jogos do Campeonato Paraibano, mas não balançou as redes nenhuma vez.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: