SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 25 de abril de 2022

Ministério da Defesa avalia acionar Barroso judicialmente após declaração

Ministério da Defesa avalia acionar Barroso judicialmente após declaração
Foto: CCOMSEx

 

Militares estudam a possibilidade de interpelar judicialmente o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso após ele dizer que “as Forças Armadas estão sendo orientadas a atacar o processo eleitoral para desacreditá-lo face à população" (relembre aqui), no último domingo (24). 

 

De acordo com o portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, a forma jurídica ainda está sendo avaliada. Segundo a coluna, há dois caminhos possíveis: o Ministério da Defesa acionar Barroso por meio da AGU ou a interpelação a partir do Ministério Público Militar.

 

Os militares citam o artigo 219º do Código Penal Militar, que considera crime o ato de “propalar fatos, que sabe inverídicos, capazes de ofender a dignidade ou abalar o crédito das Forças Armadas”.

 

Na noite de domingo, o Ministério da Defesa divulgou uma nota assinada pelo titular da pasta, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira. No texto, que teria sido uma ordem do presidente Bolsonaro, o órgão diz que a declaração de Barroso é “irresponsável e constitui-se em ofensa grave" (reveja aqui).


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: