SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quinta-feira, 28 de abril de 2022

Bolsonaro diz que devem ocorrer outras reuniões das Forças Armadas com o TSE

Bolsonaro diz que devem ocorrer outras reuniões das Forças Armadas com o TSE
Foto: Reprodução / Youtube

O presidente Jair Bolsonaro (PL) revelou que outras reuniões entre as Forças Armadas e o Tribunal Superior Eleitoral devem ocorrer, para debater as eleições presidenciais. Bolsonaro participou de live, nas redes sociais, nesta quinta-feira (28). 

 

"Vejo que não querem aceitar as observações das forças armadas. Para o TSE, está uma maravilha, e quem desconfiar, continua desconfiando. Posso garantir que teremos eleições limpas, é tudo que todos querem. As forças armadas foram convidadas, com certeza teremos mais reuniões, para convencer o TSE, as sugestões deveriam ser acolhidas. 

 

Bolsonaro pontuou que é o "chefe supremo" das Forças Armadas e tem apenas contato via Ministério da Defesa. "Às vezes converso com o alto comando das Forças, agora dizer sobre essa orientação, só pode ser de mim. As Forças são permanentes, são pessoas qualificadas. Sabe o que está na constituição e tem uma leitura política do que acontece no Brasil. Cada figura que já ocupou o ministério da defesa, não sabiam a diferença de um capacete para um ministro. Ontem, eu falei num encontro, que havia um pedido. Falei da urna eletrônica, que foram convidadas a participar da lisura do processo", finalizou.

 

Um grupo, que inclui agora as Forças Armadas, tem se reunido para discutir o funcionamento das urnas eletrônicas. O TSE afirma que o processo de votação é auditável antes, durante e depois. Mas que tem acolhido sugestões para ampliar as formas de monitoramento do trâmite eleitoral.


Do Portal Bahia Notícias/por Mauricio Leiro

Nenhum comentário: