SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Transparência? Bahia tem diretor-geral desde setembro sem nunca ter anunciado

Transparência? Bahia tem diretor-geral desde setembro sem nunca ter anunciado
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Definido pela atual gestão como um clube transparente, o Bahia vinha ocultando a figura de um diretor-geral. De acordo com as informações do site Info Bahêa, desde setembro do ano passado, as decisões no Tricolor eram tomadas pelo presidente Guilherme Bellintani, pelo vice-presidente Vitor Ferraz e por Eduardo Gadelha, que é o diretor-geral. Sem nunca ter sido anunciado como novo contratado, o nome do dirigente também não aparecia na lista de funcionários e nem no organograma da agremiação que são disponibilizados.

 

Eduardo Gadelha responde por questões administrativas, financeiras e estratégicas do clube baiano, papéis que também são delegados a Bellintani, como diz o estatuto. Ainda de acordo com o Info Bahêa, a comunicação do Tricolor informou que o anúncio da contratação do dirigente nunca foi feito por política interna.

 

A dimensão do papel de Gadelha pode ser vista no imbróglio contratual envolvendo o atacante Rossi (leia aqui). Em entrevista ao canal Bara Bahêa, a empresária do atleta, Carina Magnabosco, disse que a negociação tem sido conduzida pelo dirigente.

 

"Guilherme [Bellintani] esqueceu de comentar que Eduardo entrou em contato comigo, após a possível cláusula de renovação, dizendo que eles também não teriam interesse de permanecer com o atleta. Não foi só do atleta, mas deles também. O contrato se findava em 31 de dezembro de 2021, por vários outros motivos da parte jurídica, poderia se pedir a rescisão desse contrato e não foi feito. O atleta tem orgulho da torcida, de ter jogado em um time de tanta relevância, como ele mesmo se despediu, com tristeza. O futebol tem idas e vindas", contou.

 

Rebaixado à Série B, o Bahia tem feito uma readequação financeira para absorver o impacto da queda nas receitas de 2022. O clube tem liberado jogadores com salários mais altos, emprestando outros, extinguindo o time de transição, além de demitir funcionários das mais diversas áreas de sua estrutura.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: