SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

Trilheiros barroquenses competiram na Hard Enduro em Jacobina

Nelsinho competiu com uma Moto CRF Honda / Nacional - Foto Reprodução enviada ao J@NV
Dois pilotos barroquenses participaram no último domingo dia 13 de dezembro, do 4º Hard Enduro no município de Jacobina. O Hard, é uma prova de longa duração, onde classifica os melhores pilotos pelo tempo em que consegue superar os desafios de subida, descida, pedras, corredor e demais adversidades num roteiro de cerca de 25 km travado, dividido em duas especiais com oito pontos de cronometragem.

Piloto Nelsinho da Ladeira
Sobre a prova o piloto Nelson Carvalho do Povoado de Ladeira, das dificuldades enfrentada na sua primeira participação na modalidade: "Você vai sabendo que vai se superar, vai ir até o seu limite. Não é uma trilha comum e eu como sempre gostei de superar meus limites, participar foi tudo. Para mim é uma vitória, representar minha cidade, a camisa do Barrotrilha, que é o maior orgulho vestir. Foram mais de 20km de Hard, totalmente ao extremo, muito pesado", afirmou. Nelsinho não conseguiu terminar a prova devido um problema que sofreu com a moto após queda, mas não escondeu a vontade de voltar a cidade para a próxima edição: "No próximo ano, com fé em Deus eu estou lá para me desafiar mais uma vez" garantiu. 

O barroquense, Lucas Ceará teve um desempenho melhor na prova, e por pouco não conseguiu subir no pódio pela categoria 'prata', ele finalizou na 6ª posição. O piloto ficou à apenas nove segundos atrás do 5º colocado: "Foi uma prova muito dura, muito difícil, tinha muita pedra, era preciso ter muita técnica, e principalmente preparo físico. A prova foi muito dura, eu larguei em 22º, tive azar no sorteio, mas na primeira ladeira consegui ultrapassar 16 pilotos, e me mantive na sexta posição até o final", destacou Ceará.

Piloto Lucas Ceará competiu com uma moto Yamaha importada - Foto: Reprodução

Lucas, a bordo de sua Yamaha WR 250, finalizou a prova em 02 horas, 56 minutos e 55 segundos, na sexta posição. Já Nelsinho, pilotando uma Honda CRF 230, acabou não completando o percurso, cravando o tempo em 08 horas, 44 minutos e 16 segundo, finalizando a prova na 23ª posição.

@ Nossa Voz - Por Kauã Sherman

Nenhum comentário: