SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 18 de dezembro de 2021

Itapemirim suspende operações e pode deixar até 40 mil passageiros sem voo no fim de ano

Itapemirim suspende operações e pode deixar até 40 mil passageiros sem voo no fim de ano
Foto: Reprodução

A Ita Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, anunciou que suspendeu "temporariamente" todas as operações. O anúncio foi feito na noite desta sexta-feira (17) e pegou alguns passageiros da companhia aérea de surpresa. A Itapemirim alega que a situação está ligada a uma "reestruturação interna".

 

Entre esta sexta-feira, dia 17, e 31 de dezembro, a empresa tinha 513 voos programados, conforme informações do site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os voos partiriam dos aeroportos de Salvador (BA), Guarulhos (SP), Galeão (RJ), Brasília (DF), Recife (PE) e outros.

 

De acordo com operadores de turismo, até o dia 2 de janeiro a previsão é de que 40 mil pessoas podem ficar sem conseguir viajar após a decisão da ITA. Segundo informação publicada pelo G1, a empresa tinha quatro aviões em operações, todos Airbus A320.

 

"Informamos, por iniciativa própria, que suspendemos temporariamente todas as operações da companhia aérea, a ITA, no início da noite desta sexta-feira (17) para uma reestruturação interna", diz comunicado da empresa.

 

Ao G1, passageiros relataram a surpresa quando estavam prestes a embarcar em voos da ITA. "O meu voo era oito horas da noite, para São Paulo. Chegaram a despachar malas de pessoas desse voo. E, simplesmente, não tem ninguém da empresa dentro do aeroporto, e a empresa comunicou ao Galeão que encerrou as atividades", contou uma advogada ao portal.

 

Outro passageiro disse que tinha um compromisso em São Paulo e pagou mais caro por uma passagem da Itapemirim, comprada em cima da hora. "Simplesmente ninguém informa nada. O que se informa no aeroporto é que a empresa encerrou as atividades e a gente teve que ficar na mão. Vou ter que gastar mais dinheiro para poder ir de ônibus porque as passagens (aéreas) estão absurdas", relatou.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: