SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo
Foto: Candida Lobes/MSF

No último dia 16 de novembro, terça-feira, durante uma operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe de Médicos Sem Fronteiras (MSF) a bordo do navio de busca e salvamento Geo Barents encontrou 10 pessoas mortas dentro de um barco de madeira superlotado.

 

Segundo informações do MSF, o resgate foi realizado após horas de trabalho em operações no mar, resultando no salvamento de 186 pessoas com vida. O alerta sobre o barco à deriva foi dado pela iniciativa Alarm Phone e pela Seabird.

 

Durante a última operação, que permitiu que 99 pessoas fossem levadas em segurança, os sobreviventes informaram à equipe de MSF que havia mais pessoas dentro do barco de madeira, que não respondiam quando tentaram falar com elas. A equipe de resgate encontrou os corpos das 10 pessoas na parte inferior do barco. Ainda de acordo com a organização, os sobreviventes contaram à nossa equipe que essas pessoas passaram mais de 13 horas amontoadas, com um intenso cheiro de combustível intoxicante.

 

"Depois de resgatar todas as 99 pessoas, vimos os 10 corpos no fundo", disse Fulvia Conte, vice-líder da equipe de busca e salvamento de MSF a bordo do Geo Barents. "Levamos quase duas horas para recuperá-los e trazê-los a bordo, para que eles possam ter um enterro digno assim que chegarem em terra".

 

Em menos de 24 horas, nos dias 15 e 16 de novembro, a equipe de MSF realizou três resgates nas zonas de busca e salvamento de Malta e da Líbia, em águas internacionais, trazendo 186 pessoas em segurança. Entre os sobreviventes, há 152 homens e 34 mulheres, entre os quais 61 são menores. As pessoas a bordo são de vários países, incluindo Guiné, Nigéria, Costa do Marfim, Somália e Síria. Muitos deles tiveram experiências difíceis na Líbia, de onde saiu seu pequeno barco de madeira.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: