SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 6 de setembro de 2021

Com 72 medalhas conquistadas, Brasil termina Paralimpíadas no 7º lugar

Com 72 medalhas conquistadas, Brasil termina Paralimpíadas no 7º lugar
Carol Santiago foi a brasileira com mais medalhas | Foto: Alê Cabral / CPB

O Brasil fez a sua melhor campanha na história dos Jogos Paralímpicos nesta edição de 2020, realizada em Tóquio. O país terminou o evento esportivo na sétima colocação no quadro de medalhas, a mesma de Londres-2012, mas com uma medalha de ouro a mais, 22 a 21, além de abocanhar outras 20 de prata e 30 de bronze, totalizando 72, mesmo número alcançado na Rio-2016.

 

Os Jogos de Tóquio também ficarão marcados pelo Brasil ter alcançado a 100ª medalha de ouro, totalizando no final 109 na história.

 

As 72 medalhas foram conquistadas em 14 modalidades. Foram 28 no Atletismo, 23 na natação, três na canoagem, no judô, no taekowndo, no tênis de mesa, duas na bocha, e uma no halterofilismo, no futebol de 5, no goalball, na esgrima, no hipismo, no remo e no vôlei sentado.

 

Além das conquistas, os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 ficarão na memória como a despedida das piscinas do nadador Daniel Dias, o maior medalhista brasileiro. O paulista conquistou três bronzes no Japão que totalizaram 27 na carreira. Enquanto a pernambucana Carol Santiago se tornou a atleta mais vencedora do país numa única edição com três ouros, uma prata e um bronze.

 

A próxima edição dos Jogos Paralímpicos será em Paris no ano de 2024.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: