SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Paraná/ BN: Apoio de Lula aproxima Wagner de ACM Neto na corrida de 2022

Paraná/ BN: Apoio de Lula aproxima Wagner de ACM Neto na corrida de 2022
Foto: Montagem / BN

Para além de testar os cenários para o governo da Bahia em 2022 (veja aqui), o Instituto Paraná Pesquisas, em parceria com o Bahia Notícias, testou os impactos de apoiadores nacionais nas campanhas eleitorais para o Palácio de Ondina. Diferente de uma liderança ampliada de ACM Neto (DEM) quando não há a presença de um “cabo eleitoral” nacional, quando os nomes são associados a potenciais candidatos à presidente acontece há o acirramento da disputa entre o ex-prefeito e o ex-governador Jaques Wagner (PT).

 

Mesmo citando a possibilidade de uma candidatura próprio do DEM, ACM Neto é frequentemente associado ao projeto de Ciro Gomes (PDT) à presidência da República. Quando ambos são citados juntos, o ex-prefeito de Salvador é opção para 37,9% dos eleitores, enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “empurra” o nome de Wagner, que atinge 35% das intenções de voto. No comparativo com pesquisa similar realizada em maio, ACM Neto teve uma oscilação para baixo de 0,1%, enquanto Wagner subiu 1,4% (lembre aqui).

 

O levantamento também verificou o potencial do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), quando associado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Roma atinge 13,7% das intenções de voto quando é citado acompanhado de Bolsonaro.

Clique na imagem para ampliar

 

O levantamento ouviu 2008 eleitores baianos em 186 municípios entre os dias 4 e 7 de agosto. O Instituto Paraná Pesquisas coletou os dados por meio de entrevistas telefônicas não robotizadas e apresentou um intervalo de confiança de 95%. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: