SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Homem é morto a tiros durante discussão em Salvador e suspeito é idoso de 98 anos

Moradores escreveram a palavra assassino em muro da residência do idoso | Foto: Reprodução/TV Bahia

Um homem de 34 anos foi morto a tiros, na tarde de de domingo (22), no Largo Dois de Julho, em Salvador, durante uma discussão com um idoso de 98 anos, que é o suspeito de efetuar os disparos. Um vídeo feito por um morador flagrou o crime.

As imagens mostram a vítima, Welton Lopes Costa, acompanhando da esposa, enquanto discute com o suspeito. O homem então segue andando, de costas para o idoso, quando os tiros são efetuados. Moradores contaram que o idoso é ex-policial.

A esposa de Welton, que estava com ele, também foi baleada, mas sem gravidade. Ela foi levada para o hospital, mas recebeu alta no mesmo dia.

De acordo com um dos irmão de Welton, identificado como Welbert, a discussão com idoso começou após a vítima se desentender com a esposa, momentos antes.

“Ele executou meu irmão na frente do filho dele de 14 anos. Meu sobrinho veio correndo me chamar: ‘Meu tio, atiraram no meu pai’. Perdi meu chão, vim correndo. Meu irmão estava de bruços, tentando respirar, lutando pela vida. Um dos amigos, que é taxista, veio correndo e levou ele para o HGE. Eu fui perguntar a esse senhor, a esse bandido, esse assassino, o porquê dele ter feito isso com meu irmão, e ele disse que meu irmão desrespeitou ele. Em nenhum momento meu irmão agrediu ele. Meu irmão não esperava. Ele só falou e deu as costas”, disse Welbert.

Emocionado, o irmão de Welton contou que ele estava planejando fazer o aniversário da mãe deles e comprar um terreno e fazer um condomínio para a família ficar em um lugar seguro.

Após o crime, os moradores seguraram o idoso no local até a chegada da polícia. Ainda no domingo, moradores do bairro do Dois de Julho realizaram um protesto na frente à residência do idoso. Eles colocaram fogo em objetos e escreveram a palavra “assassino” no muro do imóvel.

Do Portal NS/Fonte: G1 BA

Nenhum comentário: