SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 9 de agosto de 2021

Brasil encerra Jogos de Tóquio na melhor posição da história no quadro de medalhas

Brasil encerra Jogos de Tóquio na melhor posição da história no quadro de medalhas
Foto: Wander Roberto / COB

O Brasil encerrou sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na sua melhor posição no quadro de medalhas da história. O país terminou na 12ª colocação com sete ouros, seis pratas e oito bronzes, um total de 21 medalhas, um degrau a mais da Rio-2016.

 

O desempenho brasileiro em Tóquio superou também o recorde de pódios que havia sido alcançado na Rio-2016, 21 a 19. Porém, o número de medalhas de ouro conquistadas em Tóquio foi o mesmo da edição em que foi o anfitrião.

 

No quadro de medalhas do Japão, o Brasil ficou logo à frente da Nova Zelândia, na 13ª posição, por conquistar um bronze a mais. Caso tivesse conseguido mais uma medalha de ouro, o Time Brasil ultrapassaria o Canadá, que acabou em 11º. Enquanto no ranking total de medalhas, o país verde e amarelo ficou no 12º posto.

 

Os representantes da Bahia conquistaram cinco medalhas olímpicas. Ana Marcela, na maratona aquática, Isaquias Queiroz, na canoagem velocidade, Hebert Conceição, no boxe, e Daniel Alves, no futebol masculino, ganharam o ouro, igualando o número de vezes que o estado subiu no lugar mais alto do pódio em 100 anos de Jogos Olímpicos (confira aqui). Enquanto Beatriz Ferreira, no boxe, ficou com a prata.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: