SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quinta-feira, 10 de junho de 2021

Ato virtual em comemoração aos 38 anos da Uneb é celebrado pela Assembleia Legislativa da Bahia

A Assembleia Legislativa da Bahia celebrou os 38 anos da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) através de um ato comemorativo virtual nesta quinta-feira, 10 de junho. Fundada em 1983, a universidade é a maior instituição de ensino superior multicampi da Bahia, contando com mais de 150 opções de cursos de graduação e pós-graduação. Proponente do evento, o líder do PT na Alba, deputado estadual Osni Cardoso, foi aluno da instituição e cursou Pedagogia no campus de Serrinha.

Bastante emocionado e feliz, Osni relembrou o seu começo no movimento estudantil na Uneb e as várias manifestações e debates que participou enquanto aluno. “Eu compreendi que a universidade era um lugar de disputa. E por ser um lugar de disputa, as coisas boas precisavam acontecer. Fizemos boas batalhas, boas brigas e por muitos momentos tivemos apoio da reitoria, quando assim era necessário. Eu me lembro que, em 2002, um jornal denunciou determinado político por ter ficado com o dinheiro da universidade e a instituição ficou sem verba para terminar o semestre. Se era verdade ou não, não sabemos. Mas a gente parou a universidade e não vacilou um só minuto para trazer o dinheiro e fechar o ano. Estávamos sempre presentes na luta que fosse necessária para poder construir a instituição”, declarou Osni.

Em toda sua história, a Uneb enfrentou diversos desafios, como os ataques do Governo Carlista e a PEC do Teto do ex-presidente Michel Temer, que congelou os investimentos em saúde e educação por 20 anos. Atualmente, em meio à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus e o descaso do presidente Jair Bolsonaro, a universidade sobrevive a um dos seus momentos mais críticos.

Para o reitor, professor José Bites de Carvalho, mesmo diante desses obstáculos, a instituição se destaca no cenário nacional e na Bahia, principalmente por causa da sua política de inclusão, das ações afirmativas e do seu maior legado que é a educação inclusiva. “Nós entendemos que esse é um ato de resistência, comemorar 38 anos neste momento de turbulência política e ideológica, de crise nas áreas econômica, social, educacional e especialmente da saúde. Houve uma intensificação na reforma empresarial da educação nos últimos anos com o congelamento de investimentos públicos para educação e saúde, aprofundando todas as crises das instituições públicas. A importância das políticas públicas, principalmente voltadas à inclusão, tem sido o maior desafio nos tempos atuais. Há uma desvalorização e descaracterização intelectual das universidades públicas, através desse discurso recorrente da negação da ciência. Isso está associado com a intenção de eliminar a produção e divulgação do pensamento crítico”, afirmou o reitor.

Presente geograficamente em todas as regiões do estado, a Uneb possui 29 câmpus. Essa estrutura contribui para uma educação democrática, que contempla todos os públicos do estado e auxilia na formação de profissionais para diversas áreas, como destaca a ex-reitora, Ivete Sacramento. “O embrião da Uneb é a formação de professores. A universidade é o celeiro da educação superior, do ensino, da pesquisa e da extensão. Por isso, quero saudar o professor doutor Edvaldo Boaventura, que pensou nessa ousadia chamada Universidade do Estado da Bahia. Ela foi criada multicampi. Criada para onde houvesse necessidade de implantação de educação superior. Essa ousadia a gente não pode deixar morrer. A Uneb é a ousadia de fazer chegar a educação superior de qualidade para todos os cantos que forem necessários no estado”, destacou a ex-reitora.

Também estiveram presentes no evento o Superintendente de Programas e Projetos Estratégicos da Educação, Marcius de Almeida Gomes, que representou o Secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, além de pró-reitores, professores, alunos e ex-alunos da instituição e integrantes do movimento estudantil.

Da Assessoria de Comunicação do Deputado Estadual Osni Cardoso


Nenhum comentário: