SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 23 de abril de 2021

PANDEMIA FORA DE CONTROLE: puxado pela Índia, mundo registra recorde de casos de Covid em 24 h

Paciente com problemas respiratórios aguarda dentro de carro por leito em hospital para Covid-19 em Ahmedabad, na Índia | Foto: Amit Dave/Reuters

Puxado pela escalada da segunda onda de Covid-19 na Índia, o mundo registrou um novo recorde de infectados nas últimas 24 horas: 899 mil novos casos, segundo o projeto “Our World in Data”.

O número superou o recorde de 889 mil infectados de quarta-feira (21) e os 880 mil registrados em 7 de janeiro, quando os Estados Unidos passavam pelo seu pior momento da pandemia.

A triste marca foi atingida devido a mais um recorde de casos confirmados na Índia (332 mil), o que torna o país responsável por 37% de todos os infectados nas últimas 24 horas no mundo.

A Índia também superou pelo segundo dia o recorde mundial de casos, que até então pertencia aos EUA, e voltou a registrar o seu maior número de mortes desde o início da pandemia (2.263).

Colapso na Índia

O sistema de saúde entrou em colapso no país, com falta de leitos, remédios e oxigênio nos hospitais. Na capital Nova Délhi, cremações em massa são feitas para dar conta do número de mortes.

O governo indiano atribui a segunda onda ao não uso de máscaras e ao desrespeito ao distanciamento social. Especialistas apontam como causas também uma nova variante e o próprio governo, que comemorou a “fase final” da pandemia em março e tem se recusado a adotar um lockdown nacional.

Nesta sexta-feira (23), um incêndio em um hospital nos arredores de Mumbai matou 13 pacientes com Covid-19. Em Ahmedabad, indianos aguardavam em ambulâncias e até em carros particulares por vagas em um hospital para Covid-19. Em Nashik, mais de 20 pacientes morreram em um hospital após uma interrupção no fornecimento de oxigênio na quarta-feira (21).

Índia, EUA, Turquia e Brasil, os quatro países com mais infectados nas últimas 24 horas, foram responsáveis por 55% de todos os novos casos no mundo.

A Índia também voltou a passar o Brasil e foi o país com mais mortes por Covid-19 do planeta nas últimas 24 horas.

Índia, Brasil, EUA e Polônia, os quatro países com mais mortes nas últimas 24 horas, foram responsáveis por 43,5% de todos os novos óbitos no mundo.

Do Portal NS/Fonte: G1

Nenhum comentário: