SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Comunicado informa data de encerramento das atividades do PA do Banco do Brasil em Barrocas

Foto: Kauã Sherman

José de Oliveira, 57 anos, primeiro vigilante a trabalhar na 'agência' cedido pela Prefeitura Municipal de Barrocas, lembra que em 1986 foi encaminhado à capital do estado para participar de treinamento para exercer a função no primeiro Banco a funcionar no recém emancipado município do Território do Sisal da Bahia.

Clique para ampliar
Após cerca de 35 anos funcionando, na quarta-feira dia 14 de abril de 2021, um comunicado foi afixado na 'agência', informando que a atividade do Banco, que foi mantida mesmo com a volta do município a condição de distrito de Serrinha em 29 de abril de 1988, encerrará no dia 17 de maio. O atendimento prestado por mais de três décadas passará a ser realizado na Agência do Banco do Brasil de Serrinha, à 18 km de Barrocas, e com limitações, em correspondentes bancário que funcionam em estabelecimentos comerciais da cidade. O fechamento de unidades e agências do BB faz parte do plano de reestruturação da rede de atendimento foi feito em janeiro deste ano.

José de Oliveira
"Lamentável o fechamento do posto de atendimento da cidade de Barrocas, inaugurado em 1986 pelo prefeito da época João Olegário de Queiroz e o vice Josemy, e eu foi o primeiro vigilante e funcionário da prefeitura. É uma pena é um pouco da história de Barrocas que está sendo devastada", lamentou José de Oliveira que atualmente trabalha como gerente predial na cidade de São Paulo-SP.

Nas redes sociais servidores públicos municipais demonstraram insatisfação com o encerramento das atividades, lembrando que além do custo para terem que se deslocar até Serrinha, será perigoso realizar operações financeiras na cidade vizinha. Comerciante preveem grande impacto na economia local.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Nenhum comentário: