SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sexta-feira, 19 de março de 2021

Ainda tentando superar ‘lockdown’ de 10 dias, comércio não essencial de Queimadas amargará mais uma semana de fechamento

Foto: Divulgação/Prefeitura de Queimadas

Apenas os serviços essenciais devem funcionar nos municípios de Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Cansanção, Canudos, Casa Nova, Curaçá, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Juazeiro, Nordestina, Pilão Arcado, Pindobaçu, Ponto Novo, Queimadas, Remanso, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Sobradinho e Uauá a partir da próxima segunda-feira (22) até as 5h do dia 29 de março.

Será permitido somente o funcionamento de atividades relacionadas à saúde e ao enfrentamento da pandemia, bem como a comercialização de gêneros alimentícios e feiras livres. Haverá ainda toque de recolher das 19h às 5h.

Estabelecimentos comerciais como restaurantes, bares e congêneres devem funcionar com portas fechadas, sendo permitida apenas a entrega em domicílio (delivery) até as 24h. Fica vedada, nos 22 municípios, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 18h de 26 de março até às 5h de 29 de março.

O decreto com as restrições determinadas pelo governo da Bahia e prefeituras será publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (19).

No caso de Queimadas, além de causar surpresa as novas medidas restritivas significam ainda mais sacrifícios para os estabelecimentos comerciais e serviços considerados não essenciais, já que no dia 12 de março a cidade deu início a um severo período de dez dias de lockdown decretado pela prefeitura para tentar conter o avanço da Covid, que se encerraria no dia 22.

A nova proibição determinada pelo governador Rui Costa com o apoio do prefeito André Andrade, ambos do PT, já está sendo considerada um ‘remédio amargo’ para a economia da cidade, que certamente terá um longo e difícil caminho para superar os efeitos da crise provocada pelas medidas duras de restrição, levando em conta que ao final do período de vigência dos dois decretos – municipal e estadual – o comércio não essencial terá sido fechado por 17 dias seguidos.

Notícias de Santaluz

Nenhum comentário: