SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Ex – jogador da seleção coiteense morre no RJ em consequência de um câncer

O Calila Notícias trouxe uma boa notícia sobre o ex-jogador da seleção Coité, Tobinha, que começou a brilhar no Brasiliense tendo marcado o gol da vitória sobre o Atlético de Goiás na última quinta-feira pela Copa Verde.

Neste domingo, 07, traz a triste notícia da morte de outro ex-jogador da seleção coiteense, Viana Maia, 39 anos, natural da Comunidade Quilombola Maracujá. Segundo familiares, ele estava morando no Rio de Janeiro há 17 anos, e no mês passado (17 de janeiro) descobriu um câncer no estômago, na última sexta-feira, 05, precisou ser hospitalizado ficando 14 dias, passou por uma cirurgia e morreu no dia seguinte.

Viana é irmão da professora Luciene, filhos de Albertino Maia conhecido
pela defesa da cultura popular, em especial o Samba de Roda

Viana era um exímio lateral esquerdo e atuou na ocasião que a seleção era treinada por Zé Gambirra, e tinha os jogadores Sandro Bell, Nem de Almas, Amaral, entre outros que conquistariam o primeiro intermunicipal em 2005. Antes disso tudo passou pela Escolinha de Futebol do Professor Lelo Pereira.

O repórter Nilton Feliz que tem um trabalho voltado especialmente para o futebol regional lembrar que Viana era um jogador muito talentoso e jogou com Zé Gambirra no Ypiranga e na seleção.

Feliz disse que um momento marcante na carreira de Viana foi na disputa do Torneio do Sisal entre seleções em 1999, quando Coité eliminou Itapicuru, “no jogo de ida em Coité ele não jogou, no jogo de volta ele atuou na lateral esquerda e foi o melhor da partida, inclusive fez um gol. Os dirigentes do Itapicuru protestaram alegando que ele (Viana) era profissional, devido o futebol apresentado. Coité enfrentou Serrinha e foi campeão, portanto, Viana deixou sua marca no futebol coiteense”, afirmou Nilton Feliz.

Viana atualmente tinha uma empresa no ramo de móveis. Ele deixa esposa e filha de 7 anos.

Do Portal Calila Notícias


Nenhum comentário: