SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 23 de janeiro de 2021

Reforma imigratória de Biden dá esperança a milhares de brasileiros no EUA

Reforma imigratória de Biden dá esperança a milhares de brasileiros no EUA
Foto: Reprodução / G1

A chegada de Joe Biden encheu de esperança 11 milhões de imigrantes em situação ilegal nos Estados Unidos, dos quais cerca de 40 mil são brasileiros. A reforma imigratória enviada pelo democrata ao Congresso no seu primeiro dia de governo facilita o acesso à regularização dos que já estavam no território americano até o dia 1 de janeiro de 2021.

 

Na cidade de Silver Spring, ao norte de Washington, a notícia é recebida com alívio e entusiasmo. "A gente está contando muito com isso, ficamos 24 horas tentando ter mais notícias, porque não queremos ficar aqui sem documento”, afirma a paulistana Kelly, 27 anos, que aguarda há mais de três anos a mudança do seu visto de turista para o de estudante, um processo que normalmente levaria um ano, de acordo com a revista Época.

 

Silver Spring abriga a maior comunidade brasileira da região da capital, no Estado de Maryland, um dos mais progressistas dos Estados Unidos e onde Biden obteve 62% dos votos na eleição. Em Maryland, os estrangeiros sem documentos podem trabalhar e estar em dia com os tributos, uma vantagem crucial na hora de solicitar um visto de permanência no país.

 

Os anos Trump ficarão marcados como um período em que “tudo estava mais difícil” para conseguir a documentação para os imigrantes latinoamericanos. O projeto de construção de um muro na fronteira com o México dava a sensação de que o cerco estava se fechando para todos.

 

"Conhecemos muitos brasileiros que vieram, ficaram sem visto, mas estabeleceram família, têm filhos americanos, compraram uma casa, mas ainda não têm documentos. Eles estavam apreensivos e não sabiam até onde o governo de Trump poderia chegar, afinal as coisas estavam apertado”, relata Valery Almeida, moradora há quase de 30 anos nos Estados Unidos, em situação regular. A administradora mantém estreito contato com a comunidade brasileira de Silver Springs. "Agora, eles estão aliviados. É uma luz.”

 

A garçonete paulista Elvira concorda. “Está todo mundo falando e esperando que vai ser muito bom. Para quem paga os impostos, vai ser ainda mais tranquilo”, aponta a carioca, que há cinco anos quis mudar para os Estados Unidos para realizar o sonho dos filhos de morarem no país. “Eles já se sentem americanos. Em relação à segurança e à facilidade de se dar bem na vida, é muito melhor aqui do que no Brasil, infelizmente”, justifica.

 

O especialista em imigração nos Estados Unidos Leonardo Freitas, diretor da consultoria de mobilidade global Hayaman-Woodward, em Washington, confirma que há razões para otimismo. Essa pode ser a regularização imigratória mais ambiciosa em 35 anos.

 

“A administração Biden promete uma reforma avassaladora. Por exemplo, os dreamers, os filhos de imigrantes que chegaram aqui e nunca se legalizaram, terão autorização temporária de permanência e poderiam automaticamente conseguir um green card e, três anos depois, obter a cidadania”, explica.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: