SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Prefeito de Feira de Santana anuncia que não terá micareta na cidade em abril e planeja aulas online em fevereiro

Foto: ACM

Foto: ACM

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), disse nesta quarta-feira (27), que não existe a possibilidade da realização da tradicional micareta da cidade, no mês de abril, por causa da pandemia do coronavírus. O gestor também falou que planeja o retorno das aulas em fevereiro no sistema online.

As declarações foram feitas durante uma coletiva de imprensa virtual. Ao anunciar que a Micareta de Feira de Santana, que sempre acontece no mês de abril, seria adiada pela segunda vez por causa do coronavírus, Colbert Martins contou que a festa só pode ser pensada quando a cidade conseguir vacinar pelo menos 50% da população.

“Quanto a questão da micareta, abril não vai ter, não há forma nenhuma. Nós só vamos começar a ter possibilidade de pensar nesse assunto assim que nós tivermos, no mínimo, essa situação delimitada, delineada. Isso acontece quando uma cidade tem, pelo menos, 50% de pessoas vacinadas”, disse o prefeito Colbert Martins.

Há registros de carnavais em Feira de Santana de 1891 até a década de 1940 e a micareta só havia sido suspensa em duas ocasiões: a primeira na década de 40, durante a Segunda Guerra Mundial, da qual alguns soldados feirenses também participaram, e a outra em 1964, por causa do golpe militar.

Ainda na coletiva, o prefeito falou sobre a volta das aulas. Colbert Martins afirmou que a prefeitura está preparada para autorizar o retorno das atividades e que vai defender a necessidade das aulas híbridas (metade presencial e a outra online) quando for necessário.

“Nós estamos prontos para iniciar o primeiro semestre de 2020 agora em 2021, online. Temos todas as condições para fazer isso agora em fevereiro. Depois estaremos defendendo a necessidade do retorno híbrido, semipresencial quando for possível e quando for necessário”, explicou.

Do Portal NS/Fonte:TV Subaé e G1 BA

Nenhum comentário: