SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Idosa fica cerca de 4 meses ‘presa’ em casa na Bahia depois de vizinho demolir escada de acesso ao imóvel

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma idosa de 61 anos diz que está presa, sem poder sair de casa há 4 meses, porque a escada que era usada para acesso à residência dela foi demolida por um vizinho. O caso ocorre na cidade de Itacaré, no sul da Bahia e está na Justiça.

O acesso para casa de Eneide Bahia de Souza é feito por uma escada de alumínio que a filha dela, Tâmara Bahia, colocou no lugar para poder deixar o imóvel com destino ao trabalho todos os dias.

Tâmara e a mãe ficaram sem o acesso à casa em setembro do ano passado, quando a escada de concreto foi demolida. O terreno onde ficava a escada é alvo de uma ação na Justiça.

Eneide Bahia tem vários problemas de saúde e não consegue descer as escadas de alumínio pois o equipamento não proporciona qualquer segurança. No dia da ordem de demolição, parentes da idosa ficaram indignados com a situação, já que segundo a família, a reintegração de posse não previa a destruição da escada.

Através de fotos cedidas por Eneide é possível ver o local cheio de entulho. A família prestou queixa na delegacia e no conselho regional de engenharia da Bahia.

A justiça, após ser acionada pela idosa, determinou a reconstrução da escada. Segundo a família, a decisão foi derrubada por uma liminar. Uma audiência estava marcada para esta semana, mas foi adiada, sem previsão de uma nova data.

Em nota, o advogado de Sergio Luiz Alves Santiago, vizinho de dona eneide, informou que quando o cliente entrou com a ação de reintegração de posse na justiça, em 2007, não havia escada no local. o acesso ao sobrado era pela frente. e que a escada foi construída de forma irregular, aproveitando a ausência do cliente, que mora em jequié. a nota diz ainda que uma liminar suspende a ordem de reconstrução da escada de alvenaria. e que sérgio luiz alves está à disposição para esclarecimentos.

Do Portal NS/Fonte:TV Santa Cruz e G1 BA

Nenhum comentário: