SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 11 de abril de 2020

Mães com direito a auxílio emergencial de R$ 1.200 receberão a partir do dia 14


As mães responsáveis pelo sustento da família receberão o auxílio emergencial de R$ 1.200 no próximo lote que a Caixa Econômica pagará, previsto para a próxima terça (14). Para ser contemplada, é preciso se encaixar nos critérios definidos na lei que criou o auxílio emergencial do coronavírus. O auxílio será pago em três parcelas.
Segundo a lei que criou auxílio, mães solteiras que se encaixam nas regras para ter o auxílio recebem cota dupla, de R$ 1.200. Veja como acompanhar e receber o auxílio emergencial.

Segundo o vice-presidente da Caixa, Paulo Henrique Angelo, todas as mães com direito estarão neste segundo lote, até as que não são clientes da Caixa e do Banco do Brasil. "As análises de quem vai receber ou não R$1.200 estão sendo feitas para o segundo lote", afirma.

A Caixa depositou o auxílio emergencial de R$ 600 para 2,5 milhões de pessoas nesta quinta-feira (9). No total, foram liberados benefícios a 2,1 milhões eram clientes da Caixa e 436 mil correntistas do Banco do Brasil. O primeiro lote incluiu apenas trabalhadores que já faziam parte do Cadúnico (cadastro do governo federal para programas sociais) e com conta nos bancos públicos.

Ao consultarem o cadastro e as contas bancárias e perceberem que não tinham recebido o auxílio, mães ficaram com medo de não ter acesso ao benefício emergencial. No aplicativo e no site, o sistema informava apenas que o benefício estava em análise.

É o caso de Andreia Oliveira, de 24 anos, que é MEI (Microempreendedora Individual) e tem uma filha de 4 anos. Mesmo tendo uma conta na Caixa, reclama que ainda não recebeu o benefício de R$ 1.200.

"Estou há dois dias verificando meu saldo no aplicativo do banco e nada. Muitas vezes o sistema fica fora do ar e nem o acesso consigo, deve ter muita gente tentando ver pelo celular se o dinheiro finalmente caiu. Fiquei esperançosa com a possibilidade, pois meu negócio está parado desde o começo da quarentena e esse dinheiro faria toda a diferença, mas não chegou nenhum auxilio para mim", diz ela.

Sthefany Araújo, 19 anos, está desempregada e tem um filho. Ela tem direito aos R$ 1.200 do benefício, mas, mesmo sendo inscrita no Cadúnico, reclama que ainda não recebeu o dinheiro. "Como já tenho o Cadúnico não precisei fazer a inscrição, só estou acompanhando pelo site do auxílio o meu status, ele continua em análise. Não tenho o aplicativo do banco e fui até um caixa eletrônico da Caixa, descobri que o dinheiro ainda não chegou na minha conta. Achei estranho, já que muitas pessoas que têm o Cadúnico receberam. Vi que outras mães que sustentam suas casas não receberam, deve ser por isso que eu também não", relata Sthefany.

No total, a Caixa já conta com 31,5 milhões de brasileiros cadastrados e 272 milhões de visitas desde que o aplicativo e o site foram liberados. O número de cadastrados refere-se apenas aos brasileiros que ainda não faziam parte do Cadúnico.

Do Portal Folha PE

Bahia registra 640 casos do novo coronavírus e 146 pessoas curadas, diz Sesab

Bahia registra 640 casos do novo coronavírus e 146 pessoas curadas, diz Sesab
Foto: Robson Valverde/Secom
Em um novo boletim epidemiológico apresentado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), na tarde deste sábado (11), foram contabilizados mais 5 casos do novo coronavírus no estado. O total de pessoas infectadas chega a 640, com 146 pessoas curadas. Há, no entanto, 60 pessoas internadas e, deste número, 29 encontram-se na UTI. 

Assim como apresentado no levantamento anterior o número de óbitos continua o mesmo. Até 17 horas deste sábado (11), 21 pessoas morreram por complicações da Covid-19 na Bahia, 11 em Salvador e outros 10 nos municípios de  Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1).

Em um levantamento feito pela pasta também foi medido o coeficiente de infectados com o novo coronavírus para cada 100 mil habitantes. Em primeiro lugar aparece a cidade de Barra do Rocha com índice de 52,50. No município há 3 pessoas confirmadas com a doença e nenhum óbito. Em seguida aparece Uruçuca (43,86) com 9 casos e, deste número, 1 óbito. Depois aparece Ipiaú (26,16) com 12 casos sem mortes e Itagibá (20,58) com 3 casos e, deste número, 1 óbito. 

Do Portal Bahia Notícias

Bélgica ultrapassa China em mortos por coronavírus

Bélgica ultrapassa China em mortos por coronavírus
Foto: Reprodução / Agência Brasil
Não houve caos nos hospitais nem falta de caixões ou sepulturas, mas a Bélgica viu seu número de mortos por coronavírus ultrapassar o da China neste sábado (11).

Com pouco mais de 11 milhões de habitantes, uma população semelhante à do Rio Grande do Sul, o país europeu chegou a 3.346 mortes nesta pandemia, 7 a mais que a China, que supera 1,4 bilhão de habitantes.

Na proporção da população, a Bélgica tem uma das maiores taxas de mortalidade do mundo, cerca de 29 por 100 mil habitantes. Tirando San Marino e Andorra (pequenos Estados, com 33 mil e 7.000 residentes, respectivamente), a Bélgica só é superada por Espanha e Itália, dois dos países que mais sofreram durante esta pandemia, com hospitais entrando em colapso e doentes morrendo sem atendimento.

Nos hospitais belgas, porém, a ocupação das UTIs nunca ultrapassou 60% desde 4 de fevereiro, quando foi confirmado o primeiro caso de Covid-19 (doença provocada pelo coronavírus).

O fenômeno da alta mortalidade no país está diretamente ligado aos asilos: de cada 100 mortes contabilizadas pelo governo belga, 40 ocorreram nessas instituições onde vivem idosos, sem que eles chegassem a ser hospitalizados.

Embora sejam incluídos no número oficial de mortes pelo governo da Bélgica, parte dessas pessoas não chegou a ter a infecção por coronavírus confirmada. Metade dos mortos no país tinha mais de 85 anos, e cerca de 80% já haviam passado dos 70.

A situação dos asilos é mais grave na região de Flandres, de língua flamenga: quase a metade (47%) das mortes registradas ali foram em asilos. Nas outras duas regiões belgas, Valônia e Bruxelas, as porcentagens são 38% e 36%, segundo relatório desde sábado.

Com o crescimento de casos da doença na Europa, a Bélgica proibiu visitas a residências de idosos, mas isso não foi suficiente para conter a transmissão. Em pelo menos 20 asilos de Flandres há número alto de infectados com o coronavírus, e mortes acima das esperadas.

"Não há como fechar o estabelecimento hermeticamente. Ainda existe um risco de infecção, e de ela se espalhar", disse um porta-voz do governo a uma TV belga no final de março, quando 19 casos foram diagnosticados num único lar onde viviam 229 idosos na cidade de Saint-Gilles-Waas.

O governo começou a enviar para as casas de repouso profissionais da "reserva técnica de saúde": residentes, médicos e enfermeiros aposentados e outros técnicos com formação em assistência a doentes.

Segundo Yves Coppieters, epidemiologista e professor da Escola de Saúde Pública da Universidade Livre de Bruxelas, uma solução para prevenir mais mortes em asilos seria transferir idosos com suspeita ou sintomas de Covid-19 para hospitais.

No caso de Saint-Gilles-Waas, três pessoas foram hospitalizadas, e uma morreu. O médico diz que as casas de idosos não têm as condições mais adequadas para tratar doentes, mas é preciso avaliar também os leitos disponíveis nos hospitais.

Na Alemanha, que tem uma das menores taxas de mortalidade até agora, a estratégia é de antecipar o atendimento hospitalar de pessoas mais vulneráveis, assim que surgem os primeiros sintomas.

Outra medida fundamental é testar todos os funcionários das casas de repouso. Na Bélgica, a proporção é de 4 funcionários para cada 10 idosos, e, sem controle de infecção eles se tornam foco de transmissão da doença.

Os testes também são necessários para evitar que os funcionários levem o coronavírus dos asilos para suas casas. Em um asilo de Bruges, 45 moradores e 7 funcionários se contaminaram, e 7 idosos morreram.

Nesta sexta, a OMS chamou a atenção para o número de trabalhadores da saúde contaminados pelo coronavírus (em alguns centros, chegam a 10%, segundo a agência da ONU), e reforçou a importância de acompanhar o contágio em instituições de longa permanência, como os asilos.

No começo de abril, o governo belga anunciou que destinaria 20 mil kits de testes para os asilos, número insuficiente para verificar a contaminação dos funcionários. Só na Valônia, 18 mil pessoas trabalham nessas instituições.

Em Flandres, devem ser testados funcionários de 55 asilos e, em outros 30, feitos exames por amostragem.

A Bélgica registrou a primeira morte por Covid-19 no dia 11 de março; suspendeu eventos no dia 14, fechou escolas no dia 15 e proibiu a abertura de lojas não essenciais no dia 17.

Também determinou que as pessoas só devem sair de casa para comprar comida ou remédios, ir ao médico ou fazer exercícios físicos. O uso de máscara nas ruas não é obrigatório.

Em Bruxelas, as pessoas se mantêm à distância de cerca de dois metros em filas ou quando se cruzam nas calçadas. Na maioria das lojas, há um limite de clientes, e só é permitido entrar quando outra pessoa sai.

Funcionários de supermercados e algumas lojas menores usam máscaras e luvas e, em alguns estabelecimentos, uma vitrine de vidro ou plástico foi montada em frente às caixas registradoras.

Na última semana, o governo belga montou uma comissão de dez pessoas -cientistas, consultores jurídicos e economistas- para discutir uma estratégia de relaxamento das medidas de distanciamento e isolamento.

Segundo o governo, isso pode acontecer a partir de 5 de maio, de forma gradual. A Bélgica confirmou 28.018 casos nesta pandemia, 10º maior número global. Cerca de 18 mil continuam internados, 1.262 em estado crítico. Quase 6.000 pessoas se recuperaram até este sábado.


Do Portal Bahia Notícias/por Folhapress

Isolamento social cai em 25 estados e no DF; Bahia tem 45% dos habitantes em quarentena

Isolamento social cai em 25 estados e no DF; Bahia tem 45% dos habitantes em quarentena
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil / Reprodução
Uma das medidas mais recomendadas para a prevenção do novo coronavírus, o isolamento social apresentou queda em 25 estados e no Distrito Federal, de acordo com informações da revista Época. 

Conforme dados divulgados pela empresa de geolocalização In Loco, a Bahia possui 45,8% dos habitantes realizando quarentena e configura-se como estado do Nordeste com a menor taxa de adesão. 

Os dados, que são do levantamento mais recente feito no dia 9 de abril, mostram que o estado que possui menos pessoas realizando o isolamento é o Mato Grosso do Sul com 39,6%. Na mesma região, Goiás é o estado com mais pessoas aderindo a medida de prevenção com 54,2% dos habitantes realizando a quarentena. 

Das 27 subdivisões, apenas sete estão com dados acima dos 50%. Além de Goiás, estão entre as primeiras posições Distrito Federal (53,1%), Pernambuco (51,5%), Ceará (52,8%), Piauí (52,6%), Maranhão (50,9%) e Amazonas (50,5%). 

Por outro lado, além do Mato Grosso do Sul, os estados que menos vem aderindo o isolamento social são: Santa Catarina (44,2%), Paraná (44,3%), Tocantins (41,0%), Mato Grosso (41,2%), Rondônia (43,8%), Acre (45,3%) e Roraima (43,1%). 



Foto: Reprodução / In Loco (clique na imagem para ampliar)

Do Portal Bahia Notícias

Albânia propõe prisão de 15 anos para quem desrespeitar quarentena

Albânia propõe prisão de 15 anos para quem desrespeitar quarentena
Foto: Google Maps / Reprodução
Organizações de direitos humanos protestaram neste final de semana contra proposta do governo da Albânia de prender por até 15 anos quem desrespeitar as regras de quarentena e toque de recolher.

O texto foi enviado pelo Executivo ao Parlamento albanês. Em abaixo-assinado, cerca de 30 entidades pedem aos deputados que rejeitem a proposta, que, segundo elas, é desproporcional e viola os direitos individuais.

A Albânia está em estado de emergência desde novembro de 2019, após um terremoto que deixou 51 mortos. A quarentena e o toque de recolher foram impostos em 20 de março. A emergência terminaria em 30 de março, mas foi renovada por causa da pandemia.

Desde o ano passado, o primeiro-ministro albanês, Edi Rama, sofre críticas por restringir a liberdade de imprensa, com novas leis que limitam a mídia online, e por um "pacote anticrime" que concede à polícia direito de fazer apreensões e buscas sem ordem judicial.

Nos dois casos, o Parlamento aprovou os projetos encaminhados pelo governo.

Segundo o Ministério da Saúde da Albânia, há 433 casos confirmados de coronavírus no país, e 23 mortos.


Do Portal Bahia Notícias/por Ana Estela de Sousa Pinto | Folhapress

MPF aponta que gestores que afrouxarem isolamento podem cometer improbidade

MPF aponta que gestores que afrouxarem isolamento podem cometer improbidade
Foto: Naiá Braga / TV Bahia
Em meio a pandemia do novo coronavírus, gestores que decidirem por afrouxar medidas de isolamento social contra o coronavírus poderão ser punidos por improbidade administrativa, aponta o Ministério Público Federal. 

De acordo com a Época, conforme nota técnica da Procuradoria dos Direitos do Cidadão, órgão do MPF, a ação pode recair sobre administradores públicos que não tiverem sustentação da decisão, ou seja, não apresentarem provas, por exemplo, de que o sistema de saúde local tem capacidade de comportar pacientes no período de pico da doença. 

Entre as punições que poderão ser aplicadas ao gestores estão multas para prefeitos, governadores, além de perda de mandatos e direitos políticos. Os agentes do governo federal também poderão ser punidos. 

A nota também faz um alerta de que “no Brasil, a decisão de manter, ou não, aberto o comércio e a atividade econômica em geral pode significar uma diferença de mais de um milhão de vidas”. 

“A simples mitigação do esforço de quarentena social pode produzir catastróficos impactos em relação à estratégia de supressão do contato social, tal como mais 90 milhões de brasileiros infectados em até 250 dias, 280 mil cidadãos mortos e 2 milhões de internações", diz o relatório. 

Déborah Duprat, chefe da PFDC, reforça a obrigação do Poder Público na garantia do direito à saúde e destaca que “mesmo que estejam em jogo duas alternativas igualmente possíveis em termos de saúde, a escolha necessariamente deve recair sobre aquela que representa o menor risco para a coletividade”. 

Do Portal Bahia Notícias

Acesso para Caldas do Jorro no município de Tucano foi bloqueado pela Prefeitura Municipal

Foto: Reprodução / Calila Notícias
Destino de turista de todo Brasil, especialmente dos estados do Nordeste, pela primeira vez na sua história, o balneário termal de Caldas do Jorro, distante 78km de Barrocas, deixará de receber turistas como forma de evitar a propagação do coronavírus - Covid-19. 

De acordo com a Página Bode Assado, a Prefeitura Municipal de Tucano já havia colocado fitas de isolamento ao redor das bicas do jorro e Jorrinho e proibiu o banho, mas com a confirmação do primeiro caso no vizinho município de Araci, distante 30km, resolveu impor novas medidas. Na manhã deste sábado (11) a Prefeitura decidiu reforçar a barreira sanitária e usou uma pá carregadeira para isolar o principal trecho que liga a BR 116 ao centro do Distrito.

Imagem Reprodução Bode Assado
Ao site Calila Notícias, o secretário de Comunicação, Cultura e Lazer do município, Saulo Galvão, disse que a prefeitura tomou a decisão na tentativa de realizar um trabalho mais eficaz na inspeção da entrada e saída de pessoas, assim o prefeito optou por deixar apenas um acesso ao Distrito, através da BR 410, contorno para Ribeira do Pombal.

O Secretário lembrou que desde o dia 19 de março foi assinado um decreto suspendendo toda atividade de lazer quando determinou ainda o fechamento de bares e de banho em Caldas do Jorro e no Jorrinho para evitar aglomerações. A medida vale pra todo município, pois, a Prefeitura isolou todos acessos ao centro da cidade de Tucano, ficando apenas a Avenida Primavera (Estádio Arlindão).

Tanto no Jorro quanto no Jorrinho (Vídeo Bode Assado) a realidade tem sido esta (assista abaixo).

@ Nossa Voz - Da Redação Por Rubenilson Nogueira / Informações Bode Assado / Calila Notícias

Prefeitura de Conceição do Coité mantém 'Barreiras Sanitárias' nos principais acessos da cidade

Imagens Reprodução
A Prefeitura de Conceição do Coité, município de Território do Sisal, localizado à 36km de Barrocas, segue com as ações de combate ao Coronavírus, dentre estas, o monitoramento dos principais acessos à cidade. 

A ação, que acontece de forma contínua, conta com uma força-tarefa formada por equipes da Vigilância Epidemiológica, Guarda Municipal, dentre outros órgãos. Em postagem numa rede social deste sábado (11), o prefeito Francisco de Assis destacou o trabalho: "....continuamos com nossas barreiras sanitárias nos principais acessos à cidade durante todo o dia. Lembramos também que o teleatendimento para denúncias e orientações, via Whatsapp, permanece funcionando até 12h, assim como o serviço de anjo da guarda", o prefeito disponibilizou os números para que a população possa ligar em caso de necessidade: Denúncias e orientações: Tel- 98144-2051 - Anjo da guarda: Tel- 98149-6309 e 98143-7364.

Imagem Reprodução
O município de Conceição do Coité tem dois casos de Covid-19 confirmados oficialmente pela SESAB, mas em seus boletins informa da ocorrência de três casos, pois um deles refere-se a uma pessoas que sentiu os sintomas quando estava passando uns dias na cidade, onde fez os exames antes de retornar para Camaçari cidade onde mora.

Boletim divulgado neste sábado, 11 de abril, pela Secretaria de Saúde.
@ Nossa Voz Regional - Da Redação / Por Rubenilson Nogueira

Guarda Municipal é morto a tiros em Serrinha

Na noite deste sábado (11), o Guarda Municipal identificado Nadilson Nascimento Silva, 32 anos, foi alvejado por vários disparos de arma de fogo nas imediações do Shopping Serrinha e morreu.

Segundo as informações, a vítima era Guarda Civil Municipal e trabalhava na cidade de São Gonçalo.

Ainda de acordo com informações passadas, ele morava no Bairro Novo Horizonte em Serrinha e era ex-agente penitenciário.

Nadilson pilotava uma motocicleta de dados não informados e passava na região do Shopping Serrinha quando foi surpreendido por dois indivíduos que efetuaram vários disparos que foram fatais.

Por Cival Anjos 

Prefeitura de Santaluz distribui 30 toneladas de peixe e alimentos na Semana Santa

Foto: Divulgação/Kaká Snatos/PMS
Foto: Divulgação/Kaká Snatos/PMS
Três mil famílias carentes de Santaluz foram beneficiadas com a distribuição de cerca de 30 toneladas de alimentos na véspera da Sexta-feira Santa. 

A Prefeitura Municipal, por meio da secretaria da Assistência Social, distribuiu produtos como feijão, arroz, açúcar, farinha, extrato de tomate, macarrão, biscoito, óleo e leite de coco, além do peixe, alimento tradicional durante a Semana Santa. Moradores da sede e zona rural do município foram beneficiados. 

De acordo com a secretaria da Assistência Social, a ação continuada, já realizada em anos anteriores, visa garantir uma comida de qualidade para as pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade nesse período onde é tradição o consumo de peixes.
Notícias de Santaluz
Foto: Divulgação/Kaká Snatos/PMS
Foto: Divulgação/Kaká Snatos/PMS

Jovem é morto a golpes de faca na zona rural de Santaluz

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Weliton de Araújo Lima, de 27 anos, residente no povoado Barreirinho, em Santaluz, na região sisaleira da Bahia, foi assassinado com golpes de faca, na noite deste sábado (11), no povoado Lajedinho. Ele foi atingido no pulso e no pescoço e morreu no local. 

De acordo com relatos de populares, a vítima e o autor do crime, identificado como ‘Lon’, haviam discutido anteriormente, por motivo desconhecido. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e fez buscas pelo acusado, que fugiu após cometer o assassinato, mas ele não foi encontrado. 

O corpo de Weliton vai ser encaminhado para necropsia no Departamento de Polícia Técnica em Serrinha. O caso será investigado pela Polícia Civil.
Notícias de Santaluz

Cai de 12 para 4 o número de casos suspeitos de coronavírus em Serrinha-Ba; três casos foram confirmados positivos e 1 já está curado


No boletim deste sábado, 11/04, a Prefeitura de Serrinha informa que a cidade registra três casos confirmados de Coronavírus, sendo que um já está curado.

Mais um caso suspeito foi registrado hoje, totalizando 4 o número de casos que estão aguardando o resultado do exame feito pelo LACEN.

Nove exames deram negativos e com isso subiu para 45 o número de casos descartados.

Para que esses números se mantenham sob controle é fundamental a colaboração da população mantendo o isolamento social e seguindo as orientações das medidas preventivas, como lavar sempre as mãos com água e sabão, e evitar aglomerações.

Da Ascom/PMS

Novo sorteio da Mega-Sena pode pagar R$ 13 milhões neste sábado

Novo sorteio da Mega-Sena pode pagar R$ 13 milhões neste sábado
Foto: Marcelo Brandt / G1
Como ninguém acertou as dezenas da Mega-Sena no concurso da última quarta-feira (8), o prêmio acumulou para R$ 13 milhões. O próximo sorteio será realizado às 8h deste sábado (11). 

Para participar, basta registrar uma aposta mínima no portal Loterias Online, no aplicativo da Caixa Econômica Federal ou em qualquer casa lotérica credenciada pelo banco no país. A aposta custa R$ 4,50.

No sorteio passado, as dezenas sorteadas foram 27, 33, 39, 52, 57 e 58. Um total de 27 apostas acertaram a Quina, com prêmio de R$ 53.018,19 para cada, e outras 2.385 garantiram a Quadra, com prêmio de R$ 857,46 para cada registro.

Do Portal Bahia Notícias

China reclassifica cães como animais de estimação e sinaliza fim de consumo

China reclassifica cães como animais de estimação e sinaliza fim de consumo
Foto: Humane Society International/ AP
Em uma ação histórica, o governo chinês elaborou novas diretrizes para reclassificar cães como animais de estimação e sinalizou que eles não serão mais considerados animais para consumo.

A medida, como parte de uma resposta pós-pandemia de coronavírus, foi comemorada por entidades de defesa animal. “Esta proposta pode sinalizar um divisor de águas para a proteção dos animais na China”, disse Wendy Higgins, porta-voz da Humane Society International.

Ao informar sobre a mudança, o Ministério da Agricultura citou o progresso da civilização humana, a preocupação pública e o amor pela proteção dos animais. “Os cães foram ‘especializados’ para se tornarem animais de companhia, e internacionalmente não são considerados animais para consumo, e não serão regulamentados como animais para consumo na China”, disse a pasta, segundo Reuters.

O projeto foi aberto na última quarta (8) para consulta pública e listou 18 espécies tradicionais de animais para consumo, incluindo gado, porcos, aves e camelos. Também adicionou 13 espécies “especiais” que também estariam isentas de restrições ao comércio de animais selvagens, como renas, faisões, avestruzes e raposas, de acordo com a agência de notícias. A população pode opinar até 8 de maio. Depois, se aprovado, pode virar lei em todo o país.

A carne de cachorro é uma tradicional iguaria em diversas regiões da Ásia, embora grande parte da população não tenha esse hábito, que tem perdido força também entre os mais jovens.

Ainda assim, a Humane Society International estima que cerca de 10 milhões de cães ainda são mortos todos os anos na China para que sua carne seja consumida. A cidade de Yulin, na região de Guangxi, realiza anualmente um festival com essa finalidade.

Cientistas suspeitam que o novo coronavírus tenha passado para seres humanos a partir de animais. Algumas das primeiras infecções foram descobertas em pessoas expostas a um mercado de animais silvestres na cidade de Wuhan.

Após a epidemia, autoridades chinesas proibiram a criação, o comércio e o consumo de animais selvagens. Recentemente, cidade de Shenzhen, no sul, foi a primeira a proibir o consumo de cães e gatos.


Do Portal Bahia Notícias/por Lívia Marra | Folhapress

Parlamentares e dirigentes partidários estimam adiar 1º turno das eleições para 15 de novembro

Parlamentares e dirigentes partidários estimam adiar 1º turno das eleições para 15 de novembro
Foto: Reprodução / Migalhas
Parlamentares com trânsito no Palácio do Planalto e dirigentes partidários estimam adiar para o dia 15 de novembro (feriado da Proclamação da República) a realização do primeiro turno das eleições municipais, caso a pandemia do coronavírus não arrefeça até junho, data final para decisão.

Pela proposta em debate, o primeiro turno seria adiado em 42 dias. Já o segundo turno aconteceria em 6 de dezembro ou, no máximo, no domingo seguinte (13). Nesse caso, as convenções partidárias, programadas para julho, ocorreriam em agosto.

O adiamento tem sido tema de uma série de reuniões virtuais entre os presidentes de nove partidos de centro-direita.

Presidentes de MDB, PSDB, DEM, PSD, Republicamos, PL, PP, Solidariedade e Avante, que participaram dos encontros, admitem o adiamento das eleições para novembro. E, à exceção do presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), descartam a possibilidade de prorrogação de mandatos até 2022 para que coincidam com a disputa nacional.

Nesta semana, os líderes dessas siglas concordaram em retomar essa discussão em junho, apenas se a crise perdurar pelos próximos dois meses. Até lá, está mantido o calendário oficial com primeiro e segundo turnos nos dias 4 e 25 de outubro, respectivamente, o primeiro e o último domingos do mês, como prevê a Constituição.

Embora a definição de nova data dependa de aprovação do Congresso, a ideia de só voltar ao debate em junho está em consonância com o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, que, em maio, assumirá a presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Segundo o deputado Marcos Pereira (SP), presidente do Republicanos, partido ao qual estão filiados dois filhos do presidente Jair Bolsonaro, "a priori, a maioria quer manter a data”. “É claro que dependendo da situação da crise”, acrescenta.

Segundo o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo (PE), o tema começa a surgir no horizonte, sobretudo entre dirigentes partidários. Ele afirma que, sem ambiente para realização da campanha em agosto, a eleição poderá ser adiada. "O que vai definir isso não é a percepção, nem a vontade de a mais. São os fatos que vão se impor”, diz.

Líder do PSD, Gilberto Kassab (SP) também admite a possibilidade de adiamento para novembro e ressalta a necessidade de financiamento público de campanha. “Sem financiamento público, seria a volta do financiamento empresarial. Ou alguém acha que o espírito santo vai destinar recursos para as campanhas?”

O adiamento não é pauta exclusiva do centrão. Está na agenda da esquerda. Presidente nacional do PDT, Calos Lupi conta que a ideia já foi objeto de debate interno. "E pensamos que, conforme o desenrolar desta pandemia, é provável que tenhamos que adiar as eleições. Provavelmente até dezembro”, afirma.

Segundo ele, o PDT é completamente contrário à prorrogação. “É um precedente perigoso que fere a democracia e gera consequências graves.”

O presidente do PSB, Carlinhos Siqueira, diz que ainda é cedo para adotar essa medida. “Mas podemos ser levados pelas circunstâncias a admitir esta hipótese de adiar o pleito de outubro. Admitimos discutir o adiamento, e não a prorrogação. Entretanto, essa decisão deve ser adotada, se for o caso, em julho ou início de agosto”, diz.

Embora no passado as eleições já tenham ocorrido no dia 15 de novembro, um feriado nacional, não é essa a razão para que a data esteja hoje em pauta. Mas, sim, sua aplicabilidade. Dirigentes partidários afirmam que esse novo calendário permitiria que o segundo turno e a montagem dos futuros governos ocorressem sem o risco de paralisia em meio aos preparativos do Natal e fim de ano.


PRINCIPAIS DATAS ELEITORAIS

Eleições municipais de 2020 só ocorrerão em outubro, mas até o dia de votação há uma série de datas importantes no calendário eleitoral

?

5 de março a 3 de abril

A chamada janela eleitoral, período em que vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição (majoritária ou proporcional) de outubro sem incorrer em infidelidade partidária

4 de abril

É o último dia para que novas legendas sejam registradas na Justiça Eleitoral a tempo de lançarem candidatos próprios às eleições. Além disso, até esta data, aqueles que desejam concorrer na eleição devem ter domicílio eleitoral na cidade em que vai concorrer. A data marca o fim do prazo para que detentores de mandatos no Executivo renunciem aos seus cargos para se lançarem candidatos

6 de maio

É o último dia para que regularizem a sua situação junto à Justiça Eleitoral para poderem votar em outubro

15 de maio

É permitido iniciar a arrecadação facultativa de doações por pré-candidatos aos cargos de prefeito e vereador, por meio de plataformas de financiamento coletivo credenciadas na Justiça Eleitoral

30 de junho

Pré-candidatos que apresentem programas de rádio ou televisão ficam proibidos de continuar a fazê-lo

20 de julho a 5 de agosto

Início das convenções partidárias para a escolha dos candidatos. Também a partir de 20 de julho, os candidatos passam a ter direito de resposta à divulgação de conteúdo difamatório, calunioso ou injurioso por qualquer veículo de comunicação

15 de agosto

Última dia para os partidos registrarem as candidaturas

20 de agosto

Caso o partido não tenha feita o registro, o candidato pode unilateralmente fazer o seu pleito até esta data

16 de agosto

Passa a ser permitida a propaganda eleitoral, inclusive na internet. Os comícios poderão acontecer até o dia 1º de outubro

28 de agosto

O horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão passa a ser veiculado de 28 de agosto a 1º de outubro

19 de setembro

A partir desta data, os candidatos não poderão ser presos, salvo no caso de flagrante delito. Eleitores, por sua vez, não poderão, em regra, ser presos a partir do dia 29 do mesmo mês

4 de outubro

O primeiro turno de votação para vereadores e prefeitos

25 de outubro

Segundo turno para municípios com mais de 200 mil eleitores

18 de dezembro

Diplomação dos eleitos


Do Portal Bahia Notícias/por Catia Seabra | Folhapress

Sesab registra a 21ª morte por coronavírus na Bahia; vítima tinha 35 anos

Sesab registra a 21ª morte por coronavírus na Bahia; vítima tinha 35 anos
Foto: Jade Coelho/ Bahia Notícias
A Secretaria de Saúde da Bahia confirmou neste sábado (11) a 21ª morte por coronavírus no estado. Segundo o comunicado do órgão, trata-se de um homem de 35 anos de idade, residente no Rio de Janeiro (RJ). O caso foi notificado em Lauro de Freitas. 

O paciente estava internado em um hospital particular de Lauro de Freitas desde o dia 26 de março. Ele faleceu às 6h45 deste sábado (11).

A Sesab irá divulgar um novo boletim logo mais, a partir de 12h. Até o momento, a Bahia tem 616 casos registrados da Covid-19.

Do Portal Bahia Notícias/por Glauber Guerra

Em lockdown total há duas semanas, Espanha registra menor número de mortes

Em lockdown total há duas semanas, Espanha registra menor número de mortes
Foto: Reprodução/ O Tempo
Após duas semanas de quarentena total, que incluiu o fechamento de fábricas e empresas, a Espanha registrou o menor número de mortes em três semanas: 510 entre sexta e este sábado (11).

De quinta para sexta, o número de mortos havia sido de 605. A Espanha registra até agora 16.353 mortos pelo coronavírus, terceiro maior número do mundo (atrás de Itália e EUA). O país tem, porém, a maior taxa de mortes por habitantes entre as maiores nações: 350 por 100 mil habitantes.

Os dados de mortalidade na Espanha incluem apenas casos confirmados de Covid-19 (a doença provocada pelo coronavírus).

A taxa de novas infecções também se estabilizou, segundo os números divulgados pelo governo. A Espanha começou a implantar medidas de distanciamento há quatro semanas e, no dia 28 de março, proibiu a saída de casa sem necessidade, sob multa de 600 euros (cerca de R$ 3.400).

O país tem neste sábado 161.852 casos confirmados, número que contabiliza os internados em hospitais (não estão incluídos casos mais leves). Em relação a sexta, o aumento foi de 3%, mesma taxa registrada nos dias anteriores.

Recuperaram-se da Covid-19 até agora 59.019 pessoas na Espanha.

Na sexta, o governo espanhol anunciou a retomada do funcionamento de fábricas e construções a partir de segunda-feira. Para evitar um aumento de contágio com a volta parcial à atividade, o governo vai distribuir máscaras de proteção nas estações de metrô e trem.

As lojas não essenciais e escritórios continuarão fechados, e a orientação para que todos trabalhem de casa quando possível será mantida pelo menos até o dia 26 de abril. O governo deve pedir uma renovação do estado de emergência depois dessa data, mas sinalizou que pode adotar novos relaxamentos, se a tendência de redução nas transmissões de confirmar.

Neste sábado, a Espanha também anunciou que vai prolongar até 26 de abril a proibição de entrada no país de não residentes e não cidadãos.


Do Portal Bahia Notícias/por Ana Estela de Sousa Pinto | Folhapress

Número de casos de coronavírus na Bahia chega a 635; 60 pessoas estão internadas

Número de casos de coronavírus na Bahia chega a 635; 60 pessoas estão internadas
Foto: Josué Damacena / IOC / Fiocruz
A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) contabiliza 635 casos do novo coronavírus na Bahia, 19 a mais do que o número do último registro (veja aqui). Até às 12 horas deste sábado (11), 21 óbitos foram registrados, 11 em Salvador e outros 10 nos municípios de  Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1).

Do total de casos confirmados, 66 se tratam de profissionais da saúde, 17 deles médicos. Outros dados indicam ainda que 146 pessoas estão recuperadas, 60 estão internadas, sendo 29 em UTI.

Estes dados representam as notificações oficiais, compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais. Mais tarde, a partir das 17h, um novo boletim será publicado,  com a descrição detalhada do local de ocorrência dos casos.

Do Portal Bahia Notícias

Com restrições, Câmara Municipal de Feira de Santana voltará a realizar sessões ordinárias

Com restrições, Câmara Municipal de Feira de Santana voltará a realizar sessões ordinárias
Foto: Divulgação
Na contramão das principais casas legislativas do Brasil, a Câmara Municipal de Feira de Santana vai retomar as sessões ordinárias de forma presencial em meio à pandemia de coronavírus.

As câmaras municipais pelo Brasil têm adotado sessões por videoconferência. O mesmo já acontece na Assembleia Legislativa da Bahia, Senado Federal e Câmara dos Deputados. 

De acordo com vereador José Carneiro Rocha, presidente do Legislativo, algumas medidas de prevenção ao contágio estão mantidas. Os edis, servidores, estagiários e terceirizados, a partir dos 60 (sessenta) anos; portadores de doença crônica e/ou gestantes permanecerão exercendo as atividades em home office, sem prejuízo a sua remuneração. 

A interdição do elevador do prédio anexo permanece por tempo indeterminado, tendo o uso liberado apenas para o transporte de portadores de necessidades especiais. O atendimento. O atendimento ao público segue interrompido.

Do Portal Bahia Notícias

Estados Unidos superam a Itália em número de óbitos por Covid-19, diz universidade

Estados Unidos superam a Itália em número de óbitos por Covid-19, diz universidade
Foto: Reprodução / TV Globo
Com mais de 500 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus, os Estados Unidos se tornaram, neste sábado (11), o país com mais registros de óbitos causados pela doença. De acordo com o G1, segundo informações da Universidade Johns Hopkins, 18.860 pessoas já morreram no território americano. 

O número de óbitos nos Estados Unidos supera, inclusive, a Itália. O país europeu mais afetado pelo novo vírus contabilizou, segundo a instituição americana 18.849 mortes. Os números são diferentes dos divulgados pela Defesa Civil italiana, que contabilizou, neste sábado (11), 19.468 óbitos. 

Apesar do aumento e possível retomada da primeira posição, a Itália foi ultrapassada pelos Estados Unidos, segundo apuração da Reuters. De acordo com a agência de notícias, há mais de 19,6 mil mortos por complicações da doença no território americano. O estado mais afetado é Nova York, que tem buscado novos locais para realizar o sepultamento dos corpos. 

Do Portal Bahia Notícias

Rui deixará governo federal pagar contas de energia após publicação de MP

Rui deixará governo federal pagar contas de energia após publicação de MP
Foto: Ag. Haack / Bahia Notícias
O governo da Bahia sinalizou que pode repassar o pagamento das contas de energia de consumidores de baixa renda do estado para o governo federal. 

Após o governador Rui Costa decretar a isenção das contas de luz de até 100 kw para baianos carentes durante o surto da Covid-19 (veja aqui), o governo federal editou uma medida provisória que garante a isenção das contas de contas de luz de até 220 kw em todo Brasil. 

Em nota, a gestão afirmou que todos os recursos disponíveis estão sendo direcionados para o combate a Covid-19 e seus efeitos econômicos: “Não havendo necessidade de pagar as contas de luz, em virtude da medida provisória, o recurso será usado em outras ações de combate”. 

Do Portal Bahia Notícias/por Lucas Arraz

Covid-19: Brasil registra novos 68 óbitos e 1.089 casos em 24 horas, diz ministério

Covid-19: Brasil registra novos 68 óbitos e 1.089 casos em 24 horas, diz ministério
Foto: Pete Linforth / Pixabay
No mais novo balanço do novo coronavírus no Brasil feito pelo Ministério da Saúde, neste sábado (11), foram registrados mais 68 óbitos por complicações da Covid-19, chegando a um número total de 1.124 mortes desde o início do surto da doença no país. 

De acordo com o G1, os dados referentes às últimas 24 horas também dão conta de mais 1.089 testes positivos para o vírus. Até então há 20.727 casos confirmados contabilizados pela pasta. Tanto o número de óbitos, quanto o número de casos aumentou cada um deles 6% em relação ao balanço anterior. 

São Paulo continua como o estado com maior número de casos e de óbitos, 8.419 e 560 respectivamente. Dos 26 estados e o Distrito Federal, apenas o Tocantins não registrou, até então, morte pelo novo vírus. Na unidade da federação da região Norte há 23 casos do novo coronavírus confirmados.

Do Portal Bahia Notícias

Vândalos ateiam fogo em micro-ônibus escolar que bloqueava via de acesso do município de Biritinga

Foto: Reprodução Ascom Polícia Militar
Segundo informações da Polícia Militar (16ºBPM), por volta das 00:30 hrs, da quinta-feira (10), a guarnição foi acionado via telefone funcional por prepostos da Guarda Civil Municipal, para averiguar um incêndio a um micro-ônibus escolar que bloqueava uma via de acesso da cidade, como medida para evitar a proliferação do coronavírus (Covid-19). 

"De pronto deslocamos até o local do fato, e constatamos a sua veracidade, onde segundo populares, indivíduos não identificados, a bordo de um veículo corsa de cor prata, e demais dados ignorados, chegaram e atearam fogo no micro-ônibus causando vários danos", informou a PM.

Ao perceberam a movimentação estranha os moradores saíram de suas casas e conseguiram conter as chamas evitando que o veículo fosse completamente consumido pelo fogo.

 "vale salientar, que este micro-ônibus de placa policial OUP-1154, se encontra naquela rua as margens da Rodovia BA-233 servindo de bloqueio no acesso à cidade, medida adotada pela prefeitura para coibir a proliferação do coronavirus / covid - 19 nesta cidade", informou a ASCOM.

@ Nossa Voz - Da Redação / Com informações da ASCOM 16º Batalhão