SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Servidores públicos de Biritinga protestam pelo recorrente atraso de salários; motoristas de ambulância cruzam os braços

Da mesma forma como chamou atenção do CN ao ser o primeiro prefeito empossado na Bahia no dia 1º de janeiro de 2017 e no dia seguinte um dos primeiros atos foi assinar as portarias 002/02-01-2017 nomeando seu genro, José Aécio Pereira Lobo, secretário de Finanças e Fazenda e de nº 004, nomeando sua filha Lívia Santos de Queiroz (esposa de José Aécio), secretária de Saúde e através da portaria 007, Lillian Santos de Queiroz, sua outra filha nomeada Procuradora Jurídica do Município (relembre), além de articular os então novos vereadores para eleger sua esposa Margarida Santos de Queiroz (PDT), presidente da Câmara de Vereadores com nove votos a favor e dois contra, o prefeito de Biritinga, município localizado no território do sisal, Antonio Celso Avelino de Queiroz (PDT), mais conhecido por Celso da Sucam, está fechando a gestão acusado pelos servidores de serem tratados com descaso e desrespeito por agir, há mais de um ano com atraso nos pagamentos.

No último sábado, 12, um grupo de funcionários enviou ao CN mensagens pelo WhastsApp relatando que os profissionais da educação, saúde e a administração ainda não haviam recebido os seus vencimentos referentes ao mês de novembro e denunciam o prefeito pelo fato de não conseguir se reeleger na última eleição, passou a escolher pagar algumas pessoas ligadas a ele, ou seja, menos de 10% dos funcionários efetivos.

A servidora municipal Arlete Brito questiona o que foi feito com esses os recursos que entraram nos cofres do município, que segundo o Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil, o município de Biritinga recebeu 5,8 milhões entre 01/11/2020 a 10/12/2020, o suficiente para pagar todos os funcionários municipais. O pagamento dos servidores deveria ter sido efetuado no máximo em 08 de dezembro, 5° dia útil, mas não houve até o momento este pagamento.

Arlete lembra também que no dia 26 de novembro houve uma reunião no Ministério Público por conta do atraso do pagamento referente mês de outubro de alguns professores, porém o prefeito se comprometeu em pagar o salário de outubro em 30 de novembro e começar a pagar os salários referentes a novembro, mas isso não aconteceu. “Hoje dia 12, os servidores estão sem seus salários e muitos passando sérias necessidades”, falou a servidora.



“Gestão perseguidora, autoritária e irresponsável. Estamos à mercê nesse momento. Várias denúncias já foram protocoladas no MP (promotoria de Serrinha) e MPF (ministério público federal). Houve pedido de explicações, mas a gestão mantém irredutível. Estamos pedindo socorro a todos os órgãos de fiscalização. Estamos buscando chamar a atenção dos órgãos de fiscalização dos recursos públicos federais. Como pode uma gestão pública tratar como propriedade recursos federais? Os recursos pertencem à sociedade e a gestão tem que agir com legalidade e transparência”, afirmou a servidora municipal Arlete Brito.

Consignados – A servidora de pré-nome Leina, cujo final do telefone é 5671, relatou em mensagem que manteve contato com os três bancos que a Prefeitura tem contratos de consignados e ficou sabendo que a Caixa Econômica ajuizou a prefeitura e depois disso efetuaram uma parte do pagamento, mas ainda devem três meses. “Banco do Brasil a ultima vez que pagaram foi em maio de 2019, ou seja, devem 19 meses”, contou Leina.

Ele disse também que o Sicoob está atrasado desde novembro de 2019 e em setembro pagou um mês e restam 12 meses.

Motoristas de ambulância cruzam os braços

Os motoristas de ambulância iniciaram uma paralisação neste domingo e prometem manter os serviços suspensos até que a Prefeitura regularize todos vencimentos. A categoria combinou com o médico e o porteiro que só iriam para um chamado de extrema urgência.

Reunião com o Ministério Publico

O professor Edylmar, telefone final 6365, relatou ao CN que desde 2019 o pagamento dos salários vem sofrendo atrasos consideráveis e isto provocou diversas manifestações a exemplo de passeata, utilização das redes sociais, mas nada surtiu efeito.

“Nós estamos pra receber o mês de novembro que apesar de todos nossos esforços não recebemos. Entramos em contato com o ministério público que durante uma reunião com ambas as partes e foi feito um acordo para recebermos os salários, décimo terceiro e terço de férias e nada do que foi negociado não foi cumprido”, lembrou Edylmar.

Segundo o professor, o ministério público foi avisado do descumprimento do acordo e até hoje nada foi feito e diante disto resolveu pedir ajuda ao CN.

Veja Ata da reunião no dia 26 de novembro

Atraso salarial servidores Biritinga

Além do atraso dos salários, professores denunciam o abandono da frota. Veja na reportagem de Débora Santana na TV CALILA               

           

Nas eleições do último dia 15 de novembro, Celso da Sucam ficou em terceiro lugar concorrendo a reeleição com 1336 votos, ficando atrás de Jorge Sérgio do PCdoB que teve 3.316 votos e Gil de Gode eleito com 4.640.

Do Portal Calila Notícias

Um comentário:

José disse...

Esse cara n tem nenhum amor ao próximo ele n tá nem aí o dinheiro já deve está no bolso dele quem quiser q se vire