SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Dirigentes da Aliança pelo Brasil planejam criar partido até janeiro de 2021

Dirigentes da Aliança pelo Brasil planejam criar partido até janeiro de 2021
Foto: Reprodução/ Twitter @danielPMERJ

Embora o plano de criar a Aliança pelo Brasil tenha sido postergado — o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) chegou a dizer que a legenda sairia do papel até o fim de 2019 —, dirigentes ainda acreditam que o partido pode se concretizar. Em breve.

 

Segundo o blog de Bela Megale, no jornal O Globo, eles querem entregar todas as assinaturas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o dia 31 de janeiro. Com isso, a Corte poderia aprovar a criação da legenda após o recesso do Judiciário, em fevereiro. O partido tem apenas 42 mil fichas de apoio, o equivalente a 9% do necessário, o que torna a meta da legenda audaciosa.

 

"Temos mais de 180 mil fichas de apoiamento que aguardam análise no TSE, vamos apresentar cerca de 50 mil nos próximos dias, e fizemos um mutirão onde conseguimos outras 40 mil assinaturas", disse o vice-presidente da legenda em formação, Luís Felipe Belmonte.

 

De acordo com a publicação, há uma contradição entre os números da Aliança e os do TSE. A Corte Eleitoral diz que a sigla não tem 180 mil assinaturas, mas sim 11.558, já incluindo as que chegaram e estão paradas no tribunal. Além disso, o TSE relatou que há 103.482 assinaturas entregues, porém sem a apresentação da documentação comprobatória necessária, 38 rejeitadas e outras 55 em fase de análise de impugnação.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: