SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

Jaqueline da Rádio agradece os 623 votos

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Caetité: Eleitores são multados em mais de R$ 100 mil por divulgar pesquisa eleitoral falsa

 

Caetité: Eleitores são multados em mais de R$ 100 mil por divulgar pesquisa eleitoral falsa
Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

A Justiça Eleitoral de Caetité multou, nesta terça-feira (10), dois eleitores no valor de R$ 106.410,00, cada um, pela divulgação de uma pesquisa falsa acerca das eleições locais para prefeito. A denúncia foi realizada pela coligação “Novas Ideias Para Mudar Caetité”, liderada pelo candidato Éder David (DEM).

 

O magistrado eleitoral José Eduardo das Neves Brito verificou que a pesquisa divulgada pelos eleitores José Carlos Duca e Márcio Araújo Lopes, nos grupos de WhatsApp  “Chicote Estrala” e “Caetité Debate Político”, não estava registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), uma exigência legal.

 

“Dentre as exigências dispostas em mencionados diplomas legais, insta ressaltar a necessidade de que a pesquisa a ser divulgada esteja devidamente registrada na Justiça Eleitoral, conforme ensinamento do artigo 33 da Lei 9.504/1997”, explicou o juiz.

 

“Desse modo, considerando que a pesquisa divulgada pelos representados não está registrada perante esta Justiça, evidente que a conduta daqueles configura-se como grave violação a legislação eleitoral, decorrente da propagação de pesquisa sem a mínima idoneidade jurídica, podendo, deste modo, incorrer nas sanções cabíveis”, continuou o magistrado.

 

“Assim sendo, não restam dúvidas de que deve tal pesquisa ser reputada falsa, como o fiz, exatamente por constituir crime, residindo a falsidade nesse aspecto”, concluiu o raciocínio, antes de decidir pela multa no valor máximo estabelecido no artigo 17 da Resolução TSE 23.600/2019.


Do Portal Bahia Notícias/por Lula Bonfim

Nenhum comentário: