SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Arsenal de pistolas e fuzis achado em ônibus que saiu de SP para Serrinha valia mais de R$ 500 mil

Os dois fuzis de fabricação estadunidense e as 23 pistolas croatas encontradas pela polícia num ônibus clandestino que saiu de São Paulo e seguia para Serrinha são avaliados em torno de R$ 500 mil, total que não inclui o valor das munições. 

O arsenal foi descoberto nesta segunda-feira (23) durante uma vistoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-116, em Vitória da Conquista, no Sul da Bahia, e dois suspeitos — o homem que transportava e o motorista — foram presos.

Todo o armamento achado é de uso restrito das Forças Armadas Brasileiras e os nomes dos envolvidos não foram divulgados. Chefe em exercício da seção de Operações Especializadas da PRF na Bahia, o inspetor Jader Ribeiro explica que os fuzis possuem restrição por causa do modo automático, que permite os chamados tiros de rajada.

Motorista envolvido - A delegada plantonista da 10ª Delegacia (Vitória da Conquista) Alessandra Márcia Pereira contou que o passageiro acusa o motorista do ônibus de ser o dono da bagagem e afirma que estava transportando as mochilas sem saber o conteúdo. Já o condutor diz que não tem envolvimento com o crime e que as armas são de responsabilidade do passageiro.

“Nós acreditamos que eles estavam agindo juntos por conta da logística do crime. O ônibus saiu de São Paulo. O passageiro estava em São Paulo, mas deixou para embarcar em Vitória da Conquista. Ele veio de carona até Conquista, acredito que para evitar as abordagens policiais no caminho, pernoitou em uma pousada e aguardou para embarcar exatamente nesse ônibus. Além disso, os dois se conhecem e já fizeram outras viagens juntos”, contou a delegada.

O passageiro não embarcou na rodoviária de Vitória da Conquista. Ele aguardou pelo coletivo em um posto de combustível, no meio do caminho, e foi o único passageiro que não tinha o canhoto da compra da passagem. Ele e o motorista moram em São Paulo, e a última vez em que viajaram juntos foi há cerca de um mês, quando saíram de Feira de Santana para São Paulo.

O ônibus pertence ao motorista, que é dono de uma empresa terceirizada e que não teve o nome revelado. Ele tem 39 anos, e não possui antecedentes criminais. O passageiro tem 32 anos e também não responde por crimes, mas estava sendo procurado pela justiça por não pagar pensão alimentícia. Outros passageiros do ônibus foram ouvidos pela polícia e uma mulher confirmou que a mala com as armas estava com o passageiro de 32 anos.

Prisão - Em nota, a PRF contou que a fiscalização começou pelo bagageiro do veículo. Depois, os agentes verificaram a bagagem de mão dos passageiros, e foi nesse momento que encontraram as armas. Todo o material estava em duas mochilas. Os dois fuzis desmontados foram embrulhados junto com seis carregadores, cada um com capacidade para 30 munições 556. A PRF afirmou que o armamento é de fabricação norte americana.

Já as 23 pistolas estavam envoltas em sacos de lixo e fitas adesivas, acompanhadas de 27 carregadores com prolongador, cada um com capacidade para pelo menos 21 munições. Os policiais encontraram também outros 43 carregadores convencionais, com capacidade para 19 munições. As armas foram produzidas na Croácia. Motorista e passageiro vão responder por comércio ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Do Portal Clériston Silva

Nenhum comentário: