SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

Jaqueline da Rádio agradece os 623 votos

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Livraria Saraiva encerra atividades das lojas em Salvador a partir desta segunda

 

Livraria Saraiva encerra atividades das lojas em Salvador a partir desta segunda
Foto: Reprodução

A partir desta segunda (21), as quatro lojas físicas da Livraria Saraiva existentes em Salvador deixarão de funcionar. A confirmação de encerramento das atividades foi feita pelo Jornal Correio. Segundo a publicação, a empresa não deu detalhes sobre a descontinuidade das lojas ou informações sobre demissões.


A rede chegou em Salvador em 2007 e as unidades mega store foram instaladas no Shopping da Bahia, Barra, Salvador e Paralela. Com o fechamento, os descontos nas unidades chegam a até 90%. De acordo com a apuração, as lojas da capital baiana já não aparecem no conteúdo digital da rede.


No mês de maio, devido as ações de isolamento social que provocou o fechamento das lojas, a Saraiva chegou a anunciar o fechamento de diversas lojas em São Paulo, no Distrito federal, Minas Gerais e no Rio Grande do Sul. 


Um comunicado da empresa citou os prejuízos acumulados com o fechamento das unidades físicas, afirmando que no segundo trimestre de 2020 o prejuízo da Saraiva cresceu 64% com perda de R$ 118,2 milhões, no período. A receita entre os meses de abril a junho caiu 82%.

 

Há dois anos, a Saraiva entrou com um pedido de recuperação judicial, após acumular uma dívida de R$ 675 milhões. Na época, eram 85 lojas em 17 estados. No ano passado, a rede centenária de varejo líder de vendas de livros no país, apresentou plano de recuperação dos seus negócios aos credores, em que a companhia propôs pagar apenas 5% da sua dívida em 15 anos em parcelas anuais por 14 anos, após 12 meses de carência, destaca a reportagem do jornal baiano.


Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: