SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

Jaqueline da Rádio agradece os 623 votos

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 12 de setembro de 2020

Casal é preso por matar vizinha a facadas na Bahia; filhos de 12 e 10 anos dos suspeitos atuaram no crime

 Caso foi investigado pela 18ª delegacia | Foto: Reprodução/TV Bahia

Caso foi investigado pela 18ª delegacia | Foto: Reprodução/TV Bahia

Um casal foi preso suspeito de atacar e matar uma vizinha de 50 anos, a facadas, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador. Conforme a Polícia Civil, os filhos do casal, de 12 e 10 anos, também participaram do ataque.

Segundo informações da polícia, o casal foi preso na quinta-feira (10), por equipes da 18ª Delegacia Territorial (DT). A vítima, identificada como Sônia dos Santos, foi atingida por diversos golpes de faca e estava internada no Hospital Geral de Camaçari desde o dia 24 de agosto. Sônia morreu na quarta-feira (9).

De acordo com a titular da 18ª DT/Camaçari, delegada Thais Siqueira, o crime foi cometido porque a vítima reclamou da forma com que o homem, que não teve a identidade revelada, tratava a mãe dele.

“Sônia recriminou o autor pela forma com que ele tratava a própria mãe, causando um atrito entre eles. O homem, sua mulher e os dois filhos do casal, de 10 e 12 anos, atacaram a vítima à golpes de facão e faca”, detalhou a delegada.

A polícia informou que o casal teve os mandados de prisão preventiva cumpridos por equipes da 18ª DT/Camaçari, no bairro de Nova Vitória. Eles passaram por exames de lesões corporais e serão encaminhados para o sistema prisional.

Já a adolescente de 12 anos teve um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) lavrado e encaminhado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), por ato infracional análogo ao crime de homicídio. A criança de 10 anos não assinou o documento, como determina a lei do Estatuto da Criança e Adolescente.

Do Portal NS/G1 BA

Nenhum comentário: