SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 13 de outubro de 2018

Bahia 2 x 0 Paraná - Melhores Momentos - Brasileirão

          

Vinicius entra no segundo tempo, resolve o jogo para o Bahia, que vence o Paraná no Pituaçu

O Bahia recebeu o Paraná na noite deste sábado (13) e fez bonito vencendo por 2 a 0, após a entrada do meio-campista Vinícius, que saiu do banco de reservas e resolveu a vida do Esquadrão marcando os dois gols do duelo. 
Agora o Tricolor ocupa a 12ª colocação do Campeonato Brasileiro e espera o término da 29ª rodada. Mas o triunfo faz com que o time do técnico Enderson Moreira se afaste ainda mais da zona de rebaixamento.
1º TEMPO
O duelo iniciou com poucas movimentações, mas aos 15 minutos, foi o Paraná que quase abriu o placar após uma excelente troca de passes entre os atacantes, até Deivid sair de cara para o goleiro Douglas e chutar a bola em cima do arqueiro do Esquadrão. 
O Bahia respondeu aos 22 minutos em uma jogada pela esquerda onde Léo Pelé cruzou na área e o meio-campista Ramires chegou cabeceando e a bola raspou a trave adversária. O outro lance de perigo só veio acontecer aos 43 minutos. Ramires cruzou na medida para Zé Rafael, mas o meia chutou pra fora e o primeiro tempo terminou no 0 a 0.
2º TEMPO
O Bahia começou a segunda etapa a todo vapor e com bastante volume de jogo, mal deixou o Tricolor paranaense tocar na bola. Logo aos dois minutos, Bruno cruza para Zé Rafael que dentro da pequena área cabeceia bem, mas o goleiro Richard faz bela defesa, evitando o primeiro gol do Bahia. Aos 13 minutos, novamente Zé Rafael teve a oportunidade de abrir o placar, mas dentro da pequena área em disputa com o zagueiro Renê Santos, o meia do Bahia chutou fraco e Richard defendeu novamente. O jogo já começava a ficar nervoso, a torcida impaciente, mas o meio-campista Vinicius entrou e resolveu. Aos 39 minutos ele cobra uma falta com maestria e abre o placar, com direito a dancinha de cowboy na comemoração. O jogador fechou o caixão quando aproveitou o cruzamento de Léo Pelé, a bola passou por todo mundo e ele chegava em velocidade, mandando uma bomba sem chances para o goleiro do Paraná.
FICHA TÉCNICA
Bahia 2x0 Paraná - 29ª rodada do Campeonato Brasileiro


Local: Pituaçu
Data: 13 de outubro de 2018
Horário: 21h00
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor (ambos do RS)
Adicionais: Vinicius Gomes do Amaral (RS) e Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)
Gols: Vinicius 2x (Bahia)
Cartões amarelos: Zé Rafael (Bahia); Juninho, Andrey e Jhony (Paraná)
Bahia: Douglas; Bruno (Vinicius), Douglas Grolli, Lucas Fonseca e Léo; Gregore e Flávio; Élber (Nilton), Ramires e Zé Rafael (Edigar Junio); Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.
Paraná: Richard; Júnior (Jhony), René Santos, Rayan e Igor; Alex Santana, Leandro Vilela, Deivid (Andrey) e Juninho; Silvinho (Nadson) e Rafael Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira.
Do Portal Galáticos Online

Mãe de assaltante processa policial que usou cena de morte em campanha

Mãe de assaltante processa policial que usou cena de morte em campanha
Foto: Reprodução
A cozinheira Regiane Neves da Silva Ferrari perdeu o filho Elivelton no dia 12 de maio, momentos depois de o rapaz de 20 anos anunciar um assalto em frente ao colégio Ferreira Master, em Suzano, na Grande São Paulo.

Uma policial militar, que estava de folga e acompanhava a filha de sete anos na escola, reagiu ao crime e matou o assaltante com três disparos.

O caso trouxe súbita notoriedade à policial Katia da Silva Sastre que, explorando o episódio na campanha, elegeu-se deputada federal pelo PR com 264.013 votos. Foi a sétima mais votada no Estado.

"Ela estava fazendo o serviço dela, não questionei e não questiono", afirma a cozinheira de 48 anos, que tem outros 4 filhos e 7 netos.

"Como policial, ela podia matar, eu também ia tentar proteger os pequenos numa situação como aquela", afirma, embora diga ter certeza de que o filho não pretendia atacar os estudantes. "Ele sempre foi muito carinhoso com crianças", diz.

Ainda que não a culpe pela morte do filho, Regina entrou nas vésperas da eleição com um pedido de indenização na Justiça de São Paulo por danos morais contra a policial e o seu partido.

"Ao exibir a cena na propaganda eleitoral, dia após dia, ela me torturou e à minha família de um modo terrível", afirma a cozinheira, que cobra R$ 477 mil na ação (o equivalente a 500 salários mínimos).

Na propaganda, após divulgar as imagens gravadas por uma câmera de vigilância instalada na escola, a então candidata dizia que atirou e que atiraria de novo. "Tenho coragem", afirmava.

"Quando dizia que matou e que mataria de novo, eu pensava que era a mim que ela estava querendo matar", afirma a cozinheira. "Afinal, meu filho já está morto, eu que estava sofrendo na frente da TV."

Regina diz que foi diagnosticada com depressão e que vive à base de remédios. "O que ela fez foi um absurdo", declara. "Toda vez que a cena aparecia na TV, meus netos gritavam: 'vó, estão matando o Zoca de novo, venha ver'".

No processo, a advogada Victória Eiras Monteiro, do escritório J. Beraldo, diz que a honra e a imagem do filho da cozinheira foi denegrida e que a situação causou constrangimento e sofrimento à família. "Exibiram de maneira cruel e espúria a imagem do falecido", diz, no texto.

A cozinheira reclama também do governador Márcio França (PSB), que homenageou a policial no dia seguinte.

Na ocasião, França entregou-lhe flores e disse que o evento era para "cumprimentar a destreza, a técnica e a coragem" da cabo e que realizava a cerimônia porque era o dia das mães. "E ela é mãe."

"Como pôde o governador elogiar aquele episódio no dia das mães?", questiona. "O morto também tem mãe, mas é claro que ele precisava plantar para colher os votos na eleição, não é?"

A cozinheira, que não revela em quem votou na disputa, afirma que o filho foi um adolescente maravilhoso, mas que passou a cometer crimes em razão das más companhias.

"Tentei de tudo, fiz tudo o que uma boa mãe faz pelo filho", afirma. "Mas não consegui tirá-lo da criminalidade."   Elivelton era um bom filho, respeitador, diz. "Sei que ele estava errado, nunca disse nada em contrário", afirma. "Quem aponta uma arma para alguém está sempre errado."

A cozinheira afirma, porém, que isso não muda o fato de que o amará para sempre.

Procurada pela reportagem, a deputada eleita Kátia Sastre diz que não foi notificada da ação e que, por isso, não poderia fazer nenhum comentário.


Do Portal Bahia Notícias/por Rogério Gentile | Folhapress

‘Diretores ficaram soltos para promover corrupção’, afirma Haddad sobre o PT

‘Diretores ficaram soltos para promover corrupção’, afirma Haddad sobre o PT
Foto: Cláudio Kbene/ Instituto Lula
O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, admitiu neste sábado (13) falta de instrumentos de controle interno nas estatais para combater a corrupção durante os governos petistas. Para resolver a questão, ele prometeu criar órgãos de controle, com o objetivo de evitar que a repetição desses casos. 

Perguntado por jornalistas sobre falta de autocrítica sobre "erros" de seu partido, o candidato afirmou que pretende levar soluções para que equívocos sejam corrigidos.

"Todo dia eu faço uma crítica a algo que foi feito de forma equivocada, mostrando um caminho para superar. O ministério que eu comandei por 6 anos [da Educação] tinha uma controladoria muito forte. Então não tivemos casos de corrupção no ministério que tinha R$100 milhões de orçamento, um dos maiores da República. Esse mesmo tipo de controle eu vou levar para as estatais. São formas de dizer como vamos evitar erros que foram cometidos no passado. Uma das formas é fortalecer os órgãos de controle das estatais", disse.

Indagado se fazia também uma crítica mais dura ao partido, assim como o senador Jorge Viana, que afirmou ao jornal "Folha de São Paulo" que o PT errou ao não assumir que cometeu corrupção, Haddad disse que sim.

"Faltou controle interno das estatais. Os diretores ficaram soltos para promover corrupção e enriquecer", disse Haddad, frisando ser um enriquecimento individual desses diretores.

Do Portal Bahia Notícias

Bolsonaro promete manter Minha Casa Minha Vida e reduzir juros do programa

Bolsonaro promete manter Minha Casa Minha Vida e reduzir juros do programa
Promessa foi feita em vídeo | Foto: Reprodução/ Instagram
O candidato Jair Bolsonaro (PSL) afirmou em vídeo gravado com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, que vai manter o programa Minha Casa, Minha Vida e ainda considerou reduzir as taxas de juros um “tanto quanto exageradas” cobradas pela Caixa Econômica Federal. 

Bolsonaro também concorda em tentar acabar com fraudes e diminuir a burocracia para o acesso das famílias ao benefício. Ministro do governo Temer, Baldy pediu para Bolsonaro combater as fraudes, os desvios e as burocracias do programa. O Ministério das Cidades enfrenta irregularidades no cadastramento, que é feito pelas prefeituras.

Do Portal Bahia Notícias

Ator José de Abreu critica Regina Duarte por apoio a Bolsonaro

Ator José de Abreu critica Regina Duarte por apoio a Bolsonaro
Foto: Cauiá Franco / TV Globo
Apoiador histórico do PT, o ator José de Abreu disparou uma série de críticas neste sábado (13) à atriz Regina Duarte por fazer campanha para o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), a quem ele chamou de fascista.

Regina visitou o deputado nesta semana e tem pedido votos para ele em suas redes sociais, ao mesmo tempo em que critica o PT de Fernando Haddad. Ela rebateu os ataques minutos depois.

"Respeitei a posição de @reginaduarte enquanto ela apoiava a direita democrática com Serra, Alckmin, FHC, Doria. Quando apoiou o impeachment. Mas não respeito artista que apoia fascista. O fascismo odeia nossa profissão e nossa classe. Elimina quem discorda e quem é 'diferente'", escreveu Abreu no Twitter, pela manhã.

Ainda na rede social, o ator, que está no ar na novela "Segundo Sol", da TV Globo, afirmou: "Nossos colegas, @reginaduarte, sejam artistas, técnicos, gays, lésbicas ou heteros, estamos apavorados com o advento do fascismo. Ninguém mais trabalha sossegado com essa ameaça de trevas sobre nossas almas sensíveis. Não é admissível um colega de tantos anos não respeitar isso!".

Em outra mensagem, mais dura, ele acusou a colega de profissão de espalhar notícias falsas: "Bolsa-presidiário existe desde 1991. Sei que você é meio esquecida, não consegue decorar texto há muitos anos (inaugurou o uso de ponto eletrônico para atores na Globo), mas 'dar um Google' evitaria de você passar fake news do fascista que você apoia".

Em resposta, também na manhã deste sábado, Regina postou duas imagens em seu perfil no Instagram com comparações, segundo ela, do regime fascista de Benito Mussolini com propostas dos programas de governo de Haddad e de Bolsonaro.

As informações postadas pela artista sugerem compatibilidade de projetos do político italiano com planos do candidato petista.

"Quem é o fascista...?", escreveu ela na legenda de uma das fotos.


Do Portal Bahia Notícias/por Joelmir Tavares | Folhapress

Bolsonaro diz que debaterá com Haddad se não houver 'terceiros'

Bolsonaro diz que debaterá com Haddad se não houver 'terceiros'
Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil
O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, afirmou neste sábado (13) que pode ir a debates se tiver garantias de que não haverá interferência de terceiros sob Fernando Haddad (PT), seu adversário no segundo turno.

"Se for um debate, eu e ele, sem interferência externa, eu to pronto para comparecer", afirmou, sem explicar a quem se referia ao falar em interferência externa. A declaração foi feita em meio às gravações do programa de TV, no Rio de Janeiro.

Bolsonaro deixou sua casa na manhã deste sábado, na Barra da Tijuca, e foi ao Jardim Botânico, onde grava vídeos para horário eleitoral, na casa de Paulo Marinho, seu aliado.

Desde que sofreu uma facada, no início de setembro, ele não participou mais dos debates e foi criticado por seus adversários. Bolsonaro aguarda liberação médica para fazer atos de campanha e deve passar por nova avaliação na quinta-feira (18).

Esta semana ele havia indicado que não iria aos programas mesmo se fosse liberado. "Se for eu e ele estou pronto para debater sim. Eu não quero ir a debate se houver a participação de terceiros. Quem está disputando a eleição sou ele e eu."

Ele voltou a criticar o PT e disse que, se for eleito, vai acabar com o toma lá dá cá na política. "Não adianta você ter boas propostas, mas após uma possível eleição quem vai colocar em prática vai ser um time de ministros que quem vai escalar não vai ser o Haddad, vai ser o Lula."

Bolsonaro voltou a negar que proporia uma Constituinte se for eleito, ao contrário do que defendeu seu vice, o general Hamilton Mourão. Ele disse que seu norte é a Constituição, da qual afirmou ser "escravo", mas reconheceu discordar de alguns pontos da Carta, sem dizer quais.

"Tem uns artigos que eu discordo. Vamos propor emendas e se o parlamento concordar, tudo bem. Uma nova constituinte, não."


Do Portal Bahia Notícias/por Talita Fernandes | Folhapress

PSL negocia filiação de novos deputados e pode ter maior bancada da Câmara

PSL negocia filiação de novos deputados e pode ter maior bancada da Câmara
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
O PSL, de Jair Bolsonaro, já negocia a filiação de cerca de 10 parlamentares que se elegeram por partidos que não atingiram a cláusula de barreira, conforme informações da coluna BR18, do Estadão. Caso a legenda consiga mais cinco deputados federais, ela terá a maior bancada da Câmara na próxima legislatura.

As regras eleitorais permitem que os parlamentares troquem de partido caso eles estejam filiados a legendas que não atingiram a cláusula de barreira. Atualmente, a maior bancada da Câmara é do PT, com 56 integrantes. O PSL aparece na segunda posição, com 52 parlamentares.

Do Portal Bahia Notícias

Com maioria baiana, bancada sindical sofre nova redução na Câmara

Com maioria baiana, bancada sindical sofre nova redução na Câmara
Foto: José Cruz / Agência Brasil
A bancada sindical na Câmara vai sofrer uma queda como resultado da eleição do último domingo (7). Segundo levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), foram eleitos 33 parlamentares ligados a sindicatos, contra 51 com mandato atualmente. A partir de 2019, a Bahia será o estado mais representado.

Alice Portugal (PCdoB), Daniel Almeida (PCdoB), Lídice da Mata (PSB), Afonso Florence (PT), Pellegrino (PT), Valmir Assunção (PT), Waldenor Pereira (PT) são os baianos na bancada sindical, segundo o estudo do Diap. A título de comparação, o estado de São Paulo, que elege o maior número de deputados no país, tem cinco representantes nesse grupo.

A redução na bancada sindical já vinha sendo notada desde a eleição de 2014, quando houve uma queda de 83 para 51 membros. Dos 33 que ganharam um mandato no último domingo, 29 foram reeleitos e quatro são novos. Com 18 integrantes, o PT é o partido com mais representantes no grupo.

Do Portal Bahia Notícias

Igreja Universal rebate críticas de Fernando Haddad e lembra que Edir Macedo já apoiou Lula

A Igreja Universal do Reino de Deus  rebateu em nota divulgada nesta sexta-feira (12), as críticas do candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad ao líder da igreja, Edir Macedo. 
Em entrevista ao participar de uma missa católica na zona sul de São Paulo, por ocasião do feriado de Nossa Senhora Aparecida, Haddad criticou o apoio do bispo à candidatura de Jair Bolsonaro, do PSL.
“Bolsonaro é o casamento do neoliberalismo desalmado representado pelo Paulo Guedes, que corta diretos trabalhistas e sociais, com o fundamentalismo charlatão do Edir Macedo”, afirmou Haddad. No evento, o petista também chegou a discutir com uma fiel que o chamou de “abortista”.
DESRESPEITO – “Com sua fala criminosa, o ex-prefeito de São Paulo desrespeita não apenas os mais de 7 milhões de adeptos da Universal apenas no Brasil, mas todos os brasileiros católicos e evangélicos que não querem a volta ao poder de um partido político que tem como projeto a destruição dos valores cristãos”, disse a Igreja em nota.
“Quando o Bispo Edir Macedo apoiou o Partido dos Trabalhadores (PT) e o ex-presidente Lula, o apoio era muito bem-vindo. Agora, quando o líder espiritual da Universal declara que seu candidato é Jair Bolsonaro, o Bispo Macedo deve ser ofendido de forma leviana?”
Empenhado em fazer um aceno ao eleitorado religioso, Haddad  já havia participado na quinta-feira, 11, de um encontro com a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Durante a missa da manhã desta sexta-feira, discutiu com uma fiel que disse que o petista não poderia ter participado da comunhão por ser “um abortista”. “Eu sou neto de um líder religioso”, respondeu o candidato e emendou: “Você deve ser ateia.”
SACRILÉGIO – Ao conversar com jornalistas, a mulher não quis se identificar e disse que a presença de Haddad no local era um sacrilégio. “A Igreja Católica não permite. Ele é um abortista, não tinha que estar aqui dentro”, afirmou. Durante a missa e após a cerimônia, a mulher fez filmagens, transmissões ao vivo pelo celular para uma rede social e disse que iria “denunciar” o ato.
Após a cerimônia, Haddad fez um discurso em frente à igreja pedindo apoio dos fiéis. “Nunca deixei de olhar todo mundo. Todo mundo é igual, ninguém é melhor do que ninguém”, disse.
Questionado sobre os ataques de Bolsonaro acusando a criação de um “kit gay” para ser distribuído nas escolas, Haddad retrucou: “É um grandessíssimo mentiroso. Porque ele não me enfrenta e pergunta isso num debate?”. “É uma mentira deslavada de quem não tem projeto para o País, a não ser armar as pessoas para que elas se matem.”
Do Portal Interior da Bahia/Por Daniel Weterman / Estadão

Polícia prende cantor e recupera moto roubada e clonada em Santaluz

Foto: Divulgação/PM
Foto: Divulgação/PM
Um homem que estava com uma motocicleta roubada e clonada foi preso na última quinta-feira (11) em Santaluz, na região sisaleira da Bahia. O caso foi divulgado na tarde desta sexta-feira (12) pela Polícia Militar. 

Segundo a corporação, o cantor Fabrício de Santana Lima foi abordado por uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste no bairro São Pedro. 


Conforme a PM, ao verificarem a documentação do veículo, uma Yamaha YBR 125K, de cor vermelha, e consultarem a Polícia Rodoviária Federal, os militares descobriram que a placa pertencia a outra moto que possui as mesmas características. Ainda segundo a polícia, o veículo possui restrição de furto ou roubo. 

O homem que, segundo a PM, se apresentou como proprietário da moto, foi encaminhado junto com o veículo ao plantão da Polícia Civil na cidade de Serrinha, onde o caso foi registrado. Fabrício prestou depoimento e foi liberado. De acordo com a polícia, ele deve responder pelo crime de receptação. 
Notícias de Santaluz

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Serrinha: Berg da Aragom visita comunidades no dia das crianças e entrega brinquedos para associações

Nesta sexta-feira (12), dia das crianças, o vice-prefeito de Serrinha Berg da Aragom esteve no povoado da Bela Vista e outras localidades onde teve entrega de brinquedos para a garotada.

Na Bela Vista, ele esteve ao lado do Palhaço Furão, que divertiu os meninos e meninas da comunidade.

Berg, além de estar presente nas localidades, também deu apoio com brinquedos para várias associações do município de Serrinha.

"As eleições passaram, mas o meu trabalho como vice-prefeito continua a todo vapor até 31 de dezembro de 2020, porque foi para isso que o povo me concedeu este cargo. Vou continuar lutando por esta população", disse o vice-prefeito Berg da Aragom.





Por Cival Anjos

Justiça suspende adoção de placas de veículos do Mercosul

Justiça suspende adoção de placas de veículos do Mercosul
Foto: Divulgação
A desembargadora Daniele Maranhão da Costa, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, suspendeu, em decisão liminar, a adoção das novas placas de identificação dos veículos brasileiros no padrão dos países do Mercosul. As novas placas seriam implementadas no Brasil até 1º de dezembro. 

A decisão atende a pedido da Associação das Empresas Fabricantes e Lacradoras de Placas Automotivas do Estado de Santa Catarina.

Na decisão, a desembargadora argumenta que as resoluções nº 729/18 e 733/18 do Conatran (Conselho Nacional de Trânsito) atribuem competência ao Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) para fazer o credenciamento de empresas fabricantes e estampadoras de placas. Entretanto, diz a desembargadora, a atribuição é conferida aos Detrans (Departamentos de Trânsito) dos estados.

Para a desembargadora, a União não traz nenhum argumento que legitime a transferência de atribuição quanto ao credenciamento, embora traga como justificativa a necessidade de solucionar problema relacionado ao monopólio no setor. “Entretanto, sem adentrar na pertinência dessas afirmações, o fato é que não pode, a despeito de solucionar um problema, criar outro, abstraindo da previsão expressa em lei que diz ser dos Detrans a competência para a atividade de credenciamento”, diz na decisão.

Além disso, a desembargadora ressalta que a União não criou o sistema de consultas e de intercâmbio de informações de veículos em circulação no Mercosul. Na decisão, a desembargadora diz que a União reconhece que o sistema não foi implementado no Brasil e “sua defesa se restringe a reduzir a importância da providência”.

A desembargadora cita a argumentação da União de que informação da área técnica do Denatran considera não ser um impeditivo para adoção das novas placas a criação do sistema. Isso porque seriam necessárias apenas adaptações ao Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), sistema já existente e em pleno funcionamento.

“Ora, não é o Denatran ou o Judiciário ou a agravante [quem entrou com a ação na Justiça] que definem a importância da criação do sistema integrador, mas é uma condicionante que vem expressa no próprio tratado [do Mercosul]”, destaca a desembargadora. Ela acrescenta que é “impensável a adoção de um novo modelo de placas automotivas, que com certeza vai gerar gastos ao usuário, sem a contrapartida da implementação do sistema de informação integrado, sob pena de inverter indevidamente a ordem das coisas, pois a mudança do modelo visa a viabilizar a integração das informações com vistas à maior segurança e integração entre os países signatários do tratado”.

Em maio deste ano, a resolução do Conselho Nacional de Trânsito que regulamenta a produção das placas foi publicada no "Diário Oficial da União". Por essa resolução, as novas placas deverão ser implementadas no Brasil até 1º de dezembro deste ano em veículos a serem registrados, que estejam em processo de transferência de município ou propriedade ou quando houver a necessidade de substituição das placas.


Do Portal Bahia Notícias/por Folhapress

Boletos vencidos com valores a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco

Boletos vencidos com valores a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco
Foto: Divulgação
Os boletos vencidos com valor a partir de R$ 100 poderão ser pagos em qualquer banco a partir deste sábado (13). A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que começou a ser implementada em julho de 2017.

Segundo a Agência Brasil, o novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

As mudanças estão sendo feitas de forma escalonada, tendo sido iniciada com a permissão para quitação de boletos acima de R$ 50 mil. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

Do Portal Bahia Notícias

Supergasbras é condenada a pagar R$ 30 mil a ex-funcionário vítima de bullying na Bahia

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A empresa Supergasbras Energia foi condenada a pagar o valor de R$ 30 mil reais por danos morais a um dos seus consultores ofendido e obrigado a cumprir metas inalcançáveis, que tinham por objetivo reduzir seu salário. A condenação foi imposta pela 10ª Vara do Trabalho de Salvador e confirmada pela 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA). 

De acordo com o TRT, o trabalhador, que  é defendido pelo advogado e consultor jurídico Henre Evangelista Hermelino, afirmou que era submetido a constantes humilhações e insinuações do chefe, que o chamava de funcionário “imprestável e desprezível e, que na empresa dele não cabia tê-lo como funcionário”. O consultor também relata ter sido chamado de incompetente, de banana e de fraco. 

A Supergasbras negou a existência das ofensas, mas durante o decorrer do processo as alegações foram comprovadas por uma testemunha: “O relacionamento do gerente com os subordinados era austero. Nas reuniões o gerente ameaçava os subordinados de demissão para que os objetivos fossem cumpridos, sendo o gerente o responsável por estabelecer as metas, e ele botava metas inalcançáveis para provocar a redução do salário até a metade”, afirmou a testemunha em depoimento, segundo o TRT. 

O desembargador-relator Marcos Gurgel apontou que a sentença comportava reparos quanto ao valor arbitrado, mas reconheceu que o trabalhador sofreu assédio: “Ficou sobejamente comprovado que houve exposição do autor a constrangimentos por ofensas, tratamento hostil e jocoso em frente aos colegas (bullying), e de igual sorte, a perseguição do superior hierárquico (mobbing), o que se configura em patente abuso ao poder diretivo do empregado”, disse.

A decisão cabe recurso, que já foi ajuizado pela empresa. 
Notícias de Santaluz

Brasil possui o sexto maior mercado de trabalho informal do mundo

Imagem: Fotolia/lazyllama
Imagem: Fotolia/lazyllama
Um levantamento da consultoria A.T. Kearney apontou que o Brasil é o sexto país com nível mais alto de economia informal. Segundo Sachin Mehta, sócio da empresa, em entrevista à Folha, pelos menos US$ 655 bilhões (R$ 2,48 trilhões no câmbio atual) são movimentados sem declaração adequada, o equivalente a 36,5% do PIB. O

 país ocupa uma posição pior que a de todos os outros que compõem o Brics e está à frente de vizinhos como a Venezuela (que ocupa a 8ª posição), a Argentina (23ª) e o Uruguai (25ª). Os melhores colocados são os Estados Unidos e o Japão, de acordo com a Folha de S. Paulo. 

“Conforme as condições econômicas melhoram, o nível de informalidade tende a cair. Isso se soma ao advento, nos últimos anos, dos meios de pagamento digitais, que aceleram o processo de formalização”, afirmou Sachin Mehta. 

O empresário disse ainda que um aumento de 10% ao ano do uso de pagamentos eletrônicos, que permitem um maior controle das receitas geradas, reduziria o percentual de informalidade no Brasil para 29,9% nos próximos cinco anos.

Do Portal NS

Vice-prefeito de Serrinha-Ba Berg da Aragom declara apoio a Jair Bolsonaro

           
O vice-prefeito de Serrinha, no estado da Bahia, Adalberto Dutra Rocha, popularmente conhecido como  "Berg da Aragom" (DEM) gravou um vídeo e usou as redes sociais para declarar seu apoio ao candidato a presidente Jair Messias Bolsonaro, do PSL.

No vídeo ele deixou claro que todos que estiveram com ele na campanha para deputado federal, inclusive os eleitores, podem ficar a vontade para escolher seu candidato a presidente.

No entanto, Berg finaliza o vídeo afirmando que vai votar em Bolsonaro, mas repudia certas atitudes de sulistas que estão usando as redes para fazerem duras críticas aos baianos e nordestinos que votam no PT.

Por Cival Anjos

‘É maluquice’, diz Lula sobre apelos para Haddad renunciar para Ciro concorrer

Ciro e Haddad durante o debate da TV Globo, no primeiro turno (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Ciro e Haddad durante o debate da TV Globo, no primeiro turno Foto: Reprodução/ TV Globo
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva rechaçou os apelos da ex-candidata a vice de Ciro Gomes (PDT), a senadora Kátia Abreu (PDT), para que Fernando Haddad (PT) renunciasse, deixando o pedetista disputar o segundo turno com Jair Bolsonaro (PSL). 

De acordo com visitantes recebidos por Lula na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente disse que “isso é uma maluquice”, ao responder se tinha visto a tese defendida pela senadora. 

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o tom da mensagem sepulta a chance de uma conversa séria sobre a hipótese, que, dizem interlocutores petistas, nunca existiu. Ainda de acordo com a publicação, Lula se mostrou tranquilo em relação a uma possível vitória de Bolsonaro. 

Ele disse aos visitantes que a vitória não é impossível e que, caso Haddad seja derrotado, o importante seria o PT “qualificar a derrota”, apontando “a tragédia que virá”. “O tsunami vai e volta”, e a disputa política não se encerra em uma eleição, teria dito ele aos visitantes.

Do Portal NS

Trio é preso e menores são apreendidos com mais de 30 dolões de maconha em Tucano

Foto: Divulgação/PM
Foto: Divulgação/PM
Guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste prenderam, na quarta-feira (10), três jovens e apreenderam dois adolescentes com mais de 30 trouxas de maconha, no bairro do Cruzeiro, em Tucano, região sisaleira da Bahia. 

De acordo com a PM, Luiz Guilherme da Cruz de Jesus, 18 anos, o ‘Bundinha’ – suspeito de participação em um homicídio ocorrido neste mês -, Caio de Jesus Santana, 19, também conhecido como ‘Chocalho’ e Sidney dos Santos, 23, o ‘Pescoço’, e os dois menores foram encontrados após uma denúncia anônima informando sobre a venda de drogas em uma casa na Rua Hamilton Oliveira. 

Com eles foram localizados um revólver calibre 32, cinco munições, 33 dolões de maconha e R$ 406. Apresentados na Delegacia Territorial de Euclides da Cunha, o trio foi  autuado por associação ao tráfico, tráfico de drogas, porte ilegal de armas e corrupção de menor. Já os adolescentes, após serem ouvidos, foram liberados.
Notícias de Santaluz

Quatro homens são presos com armas, munições e motos roubadas em Araci


Quatro homens foram presos e um adolescente foi apreendido por porte ilegal de arma de fogo, roubo e receptação em Araci, nesta quinta-feira (11), por volta das 12h30. 

Com eles, foram apreendidos 13 aparelhos celulares, quatro motos roubadas, seis capacetes, duas facas, uma touca tipo brucutu, R$ 240 em espécie, duas espingardas - uma de fabricação artesanal e outra de calibre 32 - um revólver calibre 38 e 25 munições de vários calibres. Também foram apreendidas oito latas de tinta que seriam usadas para descaracterizar as motos.

A polícia chegou até os suspeitos após receber informações de que eles estavam praticando crimes no bairro da Bombinha. Ao chegar no local, os homens tentaram se esconder dentro de imóveis vizinhos à casa onde estavam, mas foram detidos por policiais da 3ª Companhia do 16º Batalhão. Durante a ação, houve troca de tiros entre suspeitos e policiais, mas ninguém ficou ferido.

Os suspeitos presos foram identificados como Clezio Alexandre Ferreira Leite, Adailton Conceição de Jesus, José Denilson Alves de Carvalho e Josevaldo Camilo da Silva. De acordo com informações colhidas pelo Portal Cleriston Silva, os três primeiros são naturais da cidade de Jeremoabo (BA), a 177 km de Araci, e o último é natural do Rio de Janeiro (RJ). Ainda de acordo com informações colhidas pela reportagem, Clezio Ferreira Leite é foragido da Justiça do estado de Pernambuco.

Eles foram encaminhados à delegacia de Araci com o material apreendido. O menor E. J. O., natural de Antas (BA), foi encaminhado ao Juizado de Proteção à Criança e ao Adolescente.


Material apreendido pela polícia no bairro da Bombinha em Araci

Polícia recuperou quatro motos roubadas

Do Portal Clériston Silva

Vamos ajudar esta mãe povo serrinhense

"Boa tarde gente! Estou aqui para compartilhar algo que aconteceu comigo hj às 13:10. 

Com muito esforço consegui comprar o presente do dia das crianças que a minha filha tanto me pedia, digo muito esforço pq estou sem trabalhar e me esforcei bastante p comprar esta boneca. 

Na vinda para casa passei no banco da Caixa Econômica com o meu irmão, pois ele iria fazer um depósito. Enquanto fazíamos o depósito deixamos o presente em cima da bancada e acabei saindo do banco e esquecendo ele lá. Alguns  minutos depois voltei correndo e não mas encontrei. Na quarta-feira ela viajou com o pai e retornará no domingo. Gostaria muito de surpreendê-la e presenteá-la com essa boneca. 

Estou compartilhando com  vcs, pois sei que hoje em dia nos encontramos bastante  desacreditados, no entanto ainda existem muitas pessoas honestas e de bom coração e é nessa esperança que compartilho com vcs esse acontecimento, na espera de que alguém entre em contato. Grata!"

Contato: (71)991232519 ou (75)991071118

Faculdade Pitágoras chega a Serrinha; Vestibular dia 21/10

A Faculdade Pitágoras chegou a Serrinha trazendo toda a tradição e inovação do grupo Kroton Educacional, o maior grupo educacional do mundo. 

A unidade está localizada na Avenida Getúlio Vargas, 1525, Quadra Estação, Serrinha, ofertando cursos presenciais e semipresenciais, com ferramentas inovadoras de ensino e aprendizagem. 

Cursos como: Direito, Gestão de segurança privada, administração, agronegócio, ciências contábeis, serviço social, teologia, pedagogia, engenharias (civil, elétrica, produção, computação e mecânica). 

Vestibular gratuito no dia 21/10, domingo. Maiores informações pelo WhatsApp 75-98123-5106 e 75-98111-2201.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Pesquisa XP Investimento: Bolsonaro tem 59% e Haddad tem 41% dos votos válidos

Pesquisa XP Investimento: Bolsonaro tem 59% e Haddad tem 41% dos votos válidos
Foto: Lula Marques/PT | Miguel Schincariol/AFP
A primeira pesquisa XP Investimento do segundo turno, divulgada nesta quinta-feira (11) pelo Instituto de pesquisas sociais, políticas e econômicas (Ipespe), mostra que o candidato a presidente pelo PSL, Jair Bolsonaro, tem 59% das intenções de voto válido, contra 41% de Fernando Haddad, postulante pelo PT.

Na relação de votos totais, Bolsonaro aparece com 51% contra 36% de Haddad.

A pesquisa foi registrada com o número BR-02361/2018, ouviu 2000 eleitores em todo o Brasil. A margem de erro é de 2,2% para mais ou para menos.


Do Portal Bahia Notícias/por João Brandão

Paraná Pesquisa: Bolsonaro tem 74,5% dos votos válidos no Distrito Federal

Paraná Pesquisa: Bolsonaro tem 74,5% dos votos válidos no Distrito Federal
Foto: Agência Brasil
O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, tem 74,5% dos votos válidos no Distrito Federal, segundo pesquisa feita pelo Instituto Paraná, divulgada nesta quinta-feira (11). Fernando Haddad (PT) aparece com 25,5%. Na capital federal, haverá segundo turno na eleição distrital entre os candidatos Ibaneis (MDB) e Rodrigo Rollemberg (PSB). 

Os votos válidos descartam brancos e nulos, e é dessa forma que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contabiliza para declarar os vencedores de uma eleição. Nos votos totais, que incluem os dois, Bolsonaro lidera no DF, com 62,9%, enquanto Haddad (PT) tem apenas 21,6%. 

O Instituto Paraná ouviu 1.540 eleitores, entre os dias 8 e 10 de outubro, no Distrito Federal e em 31 regiões administrativas. A pesquisa tem intervalo de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob o nº BR-06352/2018.

Do Portal Bahia Notícias

Derrotado, Benito Gama gastou R$ 81,44 por cada voto conquistado na Bahia

Derrotado, Benito Gama gastou R$ 81,44 por cada voto conquistado na Bahia
Foto: Câmara dos Deputados
O deputado federal Benito Gama (PTB) foi o parlamentar derrotado que mais gastou para tentar a reeleição. Conforme levantamento feito pelo Bahia Notícias – dividindo o custo da campanha com os votos conquistados –, com uma campanha de R$ 2.440.400,00, Gama teve que desembolsar R$ 81,44 por cada voto conquistado no Estado. Ele teve 29.964 votos. Bem logo atrás, Lúcio Vieira Lima (MDB), que recebeu 55.743 votos, teve um custo de R$ 31,39 por eleitor.

A presidente do PRB na Bahia, Tia Eron, usou R$ 23,19 para cada sufrágio; o ex-ministro Antonio Imbassahy (PSDB) gastou R$ 23,14 por voto; seguido por José Carlos Araújo (PR), R$ 23,08; Aleluia (DEM), R$ 17,04; Paulo Magalhães (PSD), R$ 13,80; e Erivelton Santana (Patriota), R$ 5,34.

Os suplentes Marcos Medrado (PP) e Pastor Luciano Braga (PRTB), que assumiram em algum momento o mandato dos seus titulares, tiveram gastos de R$ 26,26 e R$ 0,85, respectivamente.

Além deles, o BN levantou dados dos deputados reeleitos que mais gastaram por eleitor (veja aqui). João Bacelar (PR) investiu R$ 19,34 para cada eleitor que o escolheu nas urnas. Nenhum outro deputado eleito chegou sequer a R$ 10 por voto.


Do Portal Bahia Notícias/por João Brandão

Distribuição do horário eleitoral gratuito no segundo turno é formalizada pelo TSE

Distribuição do horário eleitoral gratuito no segundo turno é formalizada pelo TSE
Foto: Reprodução / TV Globo
A distribuição do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão para a campanha do segundo turno da eleição presidencial foi formalizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (11).

De acordo com o jornal O Globo, cada um dos candidatos à presidência da República, Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), terão direito a 22 minutos e meio de propaganda por dia, a partir desta sexta-feira (12) até o dia 26 de outubro, divididos em dois blocos, de dez minutos cada, a serem divididos igualmente pelos dois presidenciáveis de segunda a sábado.

No rádio, a propaganda eleitoral serão exibidos pela no período da manhã e no começo da tarde. Na televisão, à tarde e à noite. Além disso, as emissoras devem reservar 25 minutos para as inserções, todos os dias, inclusive domingos, também distribuídos de forma igual.

Como Bolsonaro foi o candidato mais votado no primeiro turno, com 46% dos votos, sua inserção será a primeira a ser exibida. Depois haverá alternância: a segunda será de Haddad, a terceira de Bolsonaro, e assim por diante.

Do Portal Bahia Notícias

Bolsonaro avança no Nordeste, conquista aliados e mira interior

Bolsonaro avança no Nordeste, conquista aliados e mira interior
Foto: Reprodução / Divulgação
O carro do microempresário Fábio Apolinário, 39, percorre as ruas da periferia do Recife com uma bandeira do Brasil estendida na parte traseira. Eleitor de Lula em 2002 e 2006, ele faz parte de um contingente de 7,7 milhões de nordestinos que votou em Jair Bolsonaro (PSL) neste primeiro turno desta eleição.

O candidato do PSL, que acabou o primeiro turno com 26% dos votos válidos no Nordeste contra 51% de Fernando Haddad (PT), avançou nos grandes centros urbanos da região e venceu em 42 cidades nordestinas, incluindo cinco capitais: Recife, Maceió, Natal, João Pessoa e Aracaju.

Para este segundo turno, a palavra de ordem do candidato do PSL é mirar o interior dos estados do Nordeste, conquistar aliados e tentar ampliar a votação na região. Por outro lado, a equipe de Fernando Haddad atua para fazer um trabalho de contenção e impedir que tradicionais eleitores petistas migrem para o capitão da reserva.

Em quatro anos, houve um aumento do eleitorado antipetista no Nordeste. Em 2014, Aécio Neves (PSDB), principal opositor da candidatura de Dilma Rousseff (PT), teve 4,2 milhões de votos na região e venceu em apenas duas cidades -Campina Grande (PB) e Buerarema (BA).

Pernambuco, terra do ex-presidente Lula, que sempre consagrou nacionalmente os candidatos do PT nas urnas, é um bom exemplo para medir a diferença entre 2018 e as eleições anteriores.

Bolsonaro, apesar de ter perdido para Haddad (48,87% x 30,57%) no estado, conseguiu vencer a disputa nos cinco maiores colégios eleitorais: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista e Caruaru.

O resultado mostra que, dos 1,14 milhão de votos que o candidato do PSL obteve em Pernambuco, a grande maioria, 884.828 mil votos, veio justamente dos 10 municípios pernambucanos com maior número de votantes.

Por outro lado, nas dez maiores cidades pernambucanas, Haddad conseguiu apenas 773.794 mil dos 2.309.104 votos obtidos no estado. Em Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife, o ambulante Fábio Sebastião de Almeida, 41 , é eleitor de Lula e não sabe explicar direito por que vai votar em Bolsonaro.

"Não conheço direito, mas vou votar nele mesmo porque é diferente. Se ele não prestar, a gente tira depois", resume. Ele não votou no primeiro turno porque, no sábado, um dia antes das eleições, o filho de 17 anos foi assassinado.

"Mataram a tiros aqui mesmo no bairro. Violência está muito grande. Tem que mudar", conta, sem saber explicar o que o seu candidato propõe para diminuir o número de homicídios.

Vizinho à casa do ambulante, Fábio Apolinário, 39, dono de um mercadinho, colocou uma bandeira do Brasil na Kombi que usa para fazer entregas. "Aqui é Bolsonaro. Eu não acredito nessas mentiras que contam sobre ele. Não acredito na televisão. A verdade está aqui", diz, apontando para o seu celular.

Fábio faz questão de dizer que sempre votou no ex-presidente petista: "Eu confesso que se Lula fosse o candidato hoje, eu pensaria em votar nele. Mas o que é certo é que ele não é candidato e, por isso, vou votar em Bolsonaro para tentar mudar as coisas que estão aí".

A empregada doméstica Maria José Gomes, 62, que foi ao mercadinho de Fábio comprar verduras, escuta a conversa e retruca. "Eu votei em Lula no primeiro turno. No candidato dele, digo. Vejo muita gente aqui dizendo que vai votar nesse Bolsonaro. Esse povo tem memória curta. Só prosperaram por causa de Lula. Como se vota em um maluco, meu deus?", questiona.

Depois de avançar nas capitais nordestinas, Bolsonaro modulou o discurso para tentar chegar aos grotões. As duras críticas do passado ao Bolsa-Família foram guardadas. 

Nesta quarta-feira (10), gravou um vídeo no qual promete que vai conceder um 13º salário aos beneficiários do programa. A promessa é a mesma do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), apoiador de Haddad, reeleito no primeiro turno.

Para o deputado federal eleito Heitor Freire (PSL-CE), as inserções e o horário eleitoral na televisão vão ajudar Bolsonaro a levar seus discursos aos eleitores da zona rural das cidades nordestinas. "Infelizmente, no interior, o acesso a internet ainda é difícil. Sou de Juazeiro do Norte e conheço bem essa realidade. Sei que é muito mais difícil a nossa mensagem chegar pelas mídias sociais", afirma.

Outro trunfo é o apoio de prefeitos que estão na oposição ao PT, já que os todos os governadores eleitos da região apoiam Haddad. Só na Bahia, estão com Bolsonaro prefeitos de cidades importantes como Camaçari, Barreiras, além do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Em Pernambuco, o prefeito de Garanhuns, cidade natal do ex-presidente Lula, também anunciou apoio ao candidato do PSL: "Ele é o único que está dizendo o que o Brasil precisa ouvir", disse Isaías Régis (PTB), durante um comício pouco antes do primeiro turno.

Túlio Velho Barreto, cientista político e pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco, aponta alguns fatores que podem explicar a crescida de Bolsonaro nos grandes centros urbanos nordestinos.

"Nestes locais, há uma dependência menor de políticas sociais implantadas pelo Estado. A renda maior está nas capitais. Há ainda maior acesso às redes sociais, ferramenta bastante usada por Bolsonaro", ressalta.

Ele alega também que o discurso aparente de endurecimento contra criminosos tem maior aderência em cidades maiores. "Os centros urbanos são mais suscetíveis a esse discurso. A fala mais dura em relação à violência, mesmo que não tenha conteúdo, sensibiliza mais as cidades que têm uma maior vulnerabilidade", diz.

Para Julian Lemos (PSL), que coordena a campanha de Bolsonaro no Nordeste e elegeu-se deputado federal, a votação do capitão da reserva na região não foi uma surpresa.

Ele replica o discurso de que o eleitor está em busca de novidade e o coloca como exemplo: "É a primeira vez que me candidatei a deputado e fui eleito com 71 mil votos. Sou apenas um cidadão comum que pegou ar [ficou nervoso], como a gente diz aqui, com tudo isso que está aí." 


Do Portal Bahia Notícias/por João Valadares e João Pedro Pitombo | Folhapress