SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 28 de abril de 2018

Líderes de quadrilha baiana presos em São Paulo ficarão no presídio de Serrinha


Os dois suspeitos de liderar uma quadrilha com atuações em Salvador, na região metropolitana e interior da Bahia, foram levados para o Presídio de Segurança Máxima de Serrinha. 

A informação foi divulgada no final da manhã deste sábado, 28, pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Eles ficarão em regimes diferenciados. 

Cléber Santos da Silva, conhecido como 'Keu', e Edson Silva de Santana, o 'Jegue', foram apresentados nesta sexta-feira, 27, depois de serem localizados em um condomínio de luxo, no bairro do Morumbi, em São Paulo. A dupla é apontada pela polícia como responsável pela distribuição de drogas e armas para outros suspeitos que atuavam na Bahia.

Na tentativa de não ser localizado, Kel usava documentos falsos com o nome de Tiago e estava de casamento marcado para o dia 5 de maio. Durante o cumprimento dos mandados de prisão, busca e apreensão, os policiais encontraram no apartamento dele convites e a lista de convidados do evento.

A dupla e mais 11 pessoas foram presas durante a megaoperação Cangalha, realizada pela Polícia Civil da Bahia, que abrangeu as cidades de Salvador, Simões Filho, São Sebastião do Passé, além de São Paulo e Aracaju. Com o grupo, foram apreendidos uma submetralhadora calibre 9mm, uma pistola calibre 9mm, documentos falsos, quatro veículos (BMW, Elantra, HB20 e um Vitara).

Entenda a operação - A megaoperação Cangalha, deflagrada pela Polícia Civil e Superintendência de Inteligência da SSP, desmontou uma quadrilha de tráfico de drogas que agia em Salvador, Região Metropolitana e interior do estado. Líderes da organização criminosa foram capturados em São Paulo, em um bairro de luxo e apresentados, no final da manhã desta sexta-feira (27), na Coordenação de Operações Especiais (COE), no Aeroporto Internacional de Salvador.



Cerca de 100 policiais cumpriram, nos últimos dois dias, mandados de prisão e busca e apreensão nas cidades de baianas de Salvador, Simões Filho e São Sebastião do Passé, além de São Paulo e Aracaju. Na capital paulista foram presos, em um prédio, no bairro do Morumbi, Edson de Santana, o 'Jegue', e Cléber da Silva, o 'Kel'. Os criminosos, que possuíam mandados de prisões, já tinham sido presos duas vezes e fugiram do sistema prisional em 2012.

Jegue e Kel eram os responsáveis pela distribuição de drogas e armas para os comparsas que agiam na Bahia. Em SP a dupla ostentava com veículos de luxo, um deles uma motocicleta da marca BMW. “Há 1 ano estávamos monitorando esta organização criminosa e com êxito conseguimos prender os líderes. Eles mantinham também uma parceria com Fofão, alvo nosso, preso em SP, no ano passado. Ele foi autuado, novamente, dentro do presídio”, explicou a delegada Andrea Ribeiro, integrante do Draco e responsável pela operação.

Contou ainda que Kel estava usando documentos falsos com nome de Tiago e de casamento marcado. "Encontramos no apartamento dele convites do evento, que estava marcado para o dia 5 de maio", informou. Acrescentou que essas ações vão refletir nas diminuições de mortes violentas nas áreas de atuações do grupo.

Outras prisões - Em Aracaju Edmilson Rosas Lima foi flagrado com drogas e documentos falsos, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. Na Bahia foram também capturados Marílio dos Santos, o 'Gordo Marílio' (Presídio), Hamilton dos Santos, o 'Miltão', Jeffeson de Almeida dos Santos, o 'Geo', Rondineli de Jesus Silva, o 'Coroinha', Ana Paula Macedo da Silva, a 'Paulinha', Edmar de Santana Silva, o 'Mar', Gênesis Moabe da Glória, o 'Moabe' (Presídio), Leandro da Conceição Santos Fonseca, o 'Gringo' (Presídio), Venício Bacellar Costa, o 'Fofão' (Presídio), e Vinícius Lima Marques. No total foram 13 prisões, somando mandados e flagrantes.


Criminosos foram presos no bairro do Morumbi, em São Paulo

Armas apreendidas com o grupo criminoso

Do Portal Clériston Silva

Com golaço de Rayllan, Juazeirense vence o Remo pela Série C

Finalmente a Juazeirense venceu no Campeonato Brasileiro da Série C depois de uma seqüência de dois jogos fracassando. Hoje à noite não. 
Fazendo uma boa partida no segundo tempo, o time baiano derrotou pelo placar de 1 x 0, o Clube do Remo do técnico do Givanildo Oliveira, em jogo realizado no Estádio Adauto Morais, em Juazeiro, com destaque para o golaço Rayllan assinalado aos 4 minutos do 2ª tempo.
Com o resultado, a Juazeirense agora contabiliza três pontos e assume a sétima posição do Grupo A liderado pelo Confiança de Sergipe. Além disso, o triunfo quebrou uma seqüência negativa de cinco jogos sem comemorar uma vitória. 
O último triunfo da Juazeirense aconteceu ainda no Campeonato Baiano, quando derrotou o Atlântico pela sexta e última rodada da fase de classificação do torneio promovido pela Federação Bahiana de Futebol pelo placar de 3 x 1.
O time que hoje à noite estreou o técnico Ailton Silva, fez um primeiro apagado, tímido e pouco ameaçou o time paraense, exceto em um chute de longa distancia de Juninho Tardelli, que se chocou na trave. Os primeiros 45 minutos foi um jogo de poucas oportunidades e sonolento.
No segundo tempo melhorou, a Juazeirense precisando do triunfo foi cima, dominou a partida e acabou sendo premiado pelo belíssimo voleio de Rayllan aproveitando rebote da zaga do Remo. 
Depois disso, o Remo até que incomodou com atacante Isac sempre levando perigo, mas ao final dos 90 minutos acabou prevalecendo o melhor futebol do time baiano que conquista sua primeira vitória na competição.
Na próxima rodada, ainda atuando no Estádio Adauto Morais, a Juazeirense enfrenta o Globo no sábado às 18h30. Já o Clube do Remo fará o clássico contra o Santa Cruz, em jogo agendado para o Estádio Mangueirão em Belém do Pará às 19h do próximo Domingo.
Lembrando que a Série C comporta dois grupos com dez clubes (Grupo A e Grupo B). A Juazeirense aparece no primeiro, ao lado de Confiança, Santa Cruz, Náutico, ABC, Botafogo-PB, Atlético-AC, Salgueiro, Remo e Globo. 
Todos os clubes se enfrentam em turno e returno e os quatro melhores de cada chave avançam às quartas de final da competição. Os dois piores de cada grupo serão rebaixados à Série D de 2019. As quatro equipes semifinalistas garantem o acesso à Série B.
Do Portal Futebol Bahiano

Sem Marco Antônio e Tiago, Bahia relaciona 22 jogadores para o duelo contra o Atlético-PR

O Bahia relacionou 22 jogadores para o duelo contra o Atlético-PR, neste domingo (29), às 16h, na Fonte Nova, válido pela 3ª rodada do Brasileirão. 
As novidades são os retornos dos laterais Léo e Nino, os zagueiros Everson e Lucas Fonseca, além do meia Zé Rafael.
Por outro lado, Marco Antônio que sofreu uma entorse no tornozelo no jogo contra o Botafogo-PB, na última quinta-feira (26), pela Copa do Nordeste, desfalca o time. Além do atacante, os zagueiros Tiago, com dores na coxa, e Douglas Grolli também não poderão ser utilizados pelo técnico Guto Ferreira.
 Confira os relacionados:
Goleiros: Anderson e Douglas;
Zagueiros: Everson, Lucas Fonseca e Rodrigo Becão;
Laterais: João Pedro, Léo, Mena e Nino;
Meio-campistas: Allione, Edson, Elton, Felipe, Flávio, Gregore, Nilton, Régis, Vinicius e Zé Rafael;
Atacantes: Edigar Junio, Elber e Júnior Brumado.
Do Portal Galáticos Online/Foto: Felipe Oliveira/ECB

Humorista Agildo Ribeiro morre aos 86 anos no Rio de Janeiro

O humorista Agildo Ribeiro morreu neste sábado (28), aos 86 anos. Ele estava em casa, no Rio de Janeiro, e aguardava para fazer cirurgia para tratar problema vascular.
 
Conhecido como Capitão do Riso entre os colegas, Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho teve longa carreira no teatro e na televisão, na qual passou pelas principais emissoras do país e participou de inúmeros programas humorísticos.
 
Entre as atrações que integrou, estão Mister Show, no qual contracenava com o ratinho de pano Topo Gigio, nos anos 1970; Balança, mas não cai; Planeta dos Homens, que durou de 1976 a 1982; e mais recentemente, Escolinha do Professor Raimundo.

Agildo criou diversos bordões que marcaram época. Um dos mais lembrados é "coisa honrosa", dito pelo personagem Aquiles Arquelau, especialista em mitologia grega que era sempre interrompido pelo assistente com uma companhia quando começava a divagar demais sobre sua musa, a atriz Bruna Lombardi, que era apenas citada não quadro. Irritado com o assistente, disparava: "Múmia paralítica!". 
 
O trabalho mais recente foi uma participação no Tá no Ar: a TV na TV, comandado por Marcelo Adnet. Ele estava longe da televisão desde 2016, quando deixou o Zorra Total. 

Ainda não há informações sobre o velório do ator.

Do Portal Diário de Pernambuco

Tarde com Deus dia 1º de maio em Serrinha


Serrinha: Sertanejo vence Capela e dá passo importante para classificação

Na tarde deste sábado (28), jogando no Campo da Sucam, o Sertanejo Desportivo Social de Serrinha venceu o Esporte Clube Boa Semente de Capela do Alto Alegre por 3x1 e deu um passo importante para garantir a classificação.

Esta foi a partida de ida da fase semifinal da 2ª Copa Sisal Sub-15. O jogo de volta acontece no próximo domingo, a partir das 15:30, no distrito de Conceição, em Capela do Alto Alegre, para definir quem chegará a final.

Esta competição é organizada pela Liga Sisal, que tem como presidente, o radialista Ednei Mota, de Conceição do Coité. Ele está muito feliz com o desemprenho do campeonato, juntamente, com Lucas Pinto e toda a comissão organizadora.

Coité perde a primeira

Jogando em Retirolândia, Conceição do Coité perdeu para a seleção local por 1x0. Esta foi a primeira derrota coiteense na competição. Coité estava com 100% (cem por cento) de aproveitamento na fase de classificação. Domingo, peça manhã tem o jogo de volta no Estádio Diovando Carneiro "Vandão", em Conceição do Coité.


Por Cival Anjos


Jobson, ex-Bahia, deixa a cadeia e pode voltar a jogar futebol

O atacante Jobson, ex-Botafogo, deixou a cadeia nesta sexta-feira (27). Ele estava preso desde setembro de 2017, quando descumpriu determinação da Justiça e saiu do limite permitido para a tornozeleira eletrônica. O atleta responde por estupro de vulneráveis e foi liberado depois de uma decisão do juiz Ricardo Gagliardi, da comarca de Colméia.
O juiz determinou que Jobson cumpra medidas cautelares como permanecer em casa por determinados horários, não frequentar bares ou sair da comarca sem autorização. O jogador já deixou a cadeia.
Em fevereiro deste ano, Jobson pediu a transferência da Cadeia Pública de Colméia para Paranã, alegando que estava sendo ameaçado por outros presos. Ele foi transferido no dia 27 de fevereiro para a cadeia pública de Paranã.
A suspensão de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol, imposta pela Fifa ao jogador Jobson terminou no último 31 de março de 2018. Agora, o atleta pode voltar a jogar profissionalmente.
Outras prisões
O ex-jogador do Botafogo foi preso três vezes desde o crime. Em junho de 2016 levado em cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça de Conceição do Araguaia. O caso começou a ser investigado quando uma das adolescentes, que diz ter sido abusada pelo jogador, procurou a polícia depois que uma foto dela foi parar em um grupo de troca de mensagens na internet. Jobson nega todas as acusações.
Em junho 2017, ele foi preso novamente após se envolver em um acidente de trânsito que causou a morte de um homem. Naquela ocasião, ele estava em liberdade condicional e voltou para a cadeia por ter saído da comarca sem autorização. Após mais de dois meses, ele pagou fiança e foi liberado.Para comemorar, Jobson gravou um vídeo cantando o tema de Frozen: ‘livre estou’.
Ele voltou a ser preso no dia 29 de setembro. Desta vez, conforme o Tribunal de Justiça, ele voltou a sair do limite estabelecido, viajando para o Pará. A informação chegou à Justiça porque ele estava usando tornozeleira eletrônica.
Suspensão
Jobson estava suspenso pela Fifa de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol até 31 de março de 2018. Ele foi acusado pelo clube Al Ittihad, da Arábia Saudita, de se recusar a fazer exame antidoping. Posteriormente, a Fifa deu validade mundial à pena que, de início, foi imposta pela Federação Saudita de Futebol.
A suspensão aconteceu em abril de 2015. Em março, o atleta teve o seu recurso rejeitado pela Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês). Também em março, o atacante foi proibido de atuar em competições amadoras da sua cidade natal. (Por GloboEsporte.com, Palmas, TO).
Do Portal Interior da Bahia

Aliado de Lídice, ex-secretário critica Rui: ‘Quer tolher liberdade’

Ex-secretário estadual de Ciência e Tecnologia na cota do PSB, Vivaldo Mendonça criticou publicamente o governador Rui Costa diante da iminência da senadora Lídice da Mata (PSB) ficar de fora da chapa majoritária em detrimento do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel (PSD), aliado do senador Otto Alencar (PSD).
Em publicação no Instagram, Vivaldo defende a candidatura de Lídice, independentemente de estar ou não na chapa encabeçada por Rui. “Que pragmatismo político é este que é capaz de romper com um projeto de sociedade que fez dele ser o que é? Impedir a candidatura de Lídice na chapa dele não quer dizer que ela não possa ser candidata, ou a Bahia tem dono? Não tem”, afirmou o ex-secretário, pré-candidato a deputado estadual.
No texto, Vivaldo também contrapôs supostas características de Rui, ao questionar onde está “o governador que encantou e encanta a Bahia”.
“Um homem justo, amigo, decidido, que sei que mora no Palácio de Ondina! E este do bastidor que é duro, que não atende, que não dialoga, que não fala com as pessoas, que não atende em audiência, que barra em comitiva, que não dá bom dia, que não cumprimenta nos eventos, que manda recado e não fala direto, que trava, que deixa sabotar, que fica cercado de quem não diz o que precisa ser dito e que acha que sabe tudo quando ainda precisa aprender muito”, disse.
Ainda ao falar sobre o petista, o ex-secretário relembrou as origens de Rui, mas para criticá-lo. “E por mais surpreendente que seja é este homem de luta e que desceu da Liberdade que quer tolher a liberdade do pensar e do fazer, que poder é este de alguém que veio da luta querer impedir a luta de quem é da luta?”, questionou.
Ao final do texto, Vivaldo garantiu que o PSB não ficará “do jeito que querem” e elucubrou sobre uma possível mudança de lado: “Assim como o governador pensa no que fazer, eu estou pensando; se foi assim num primeiro governo, o que será da Bahia num segundo sem oposição? Que posição devo adotar? Lembrei de meu avô Itamar cantando; e agora José? A luz apagou, a festa acabou e agora José? Me ajudem a pensar!”. (Fonte: Bahia.Ba).
Do Portal Interior da Bahia

Ciro convida filho de José Alencar para ser vice em sua chapa

O ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência pelo PDT, disse que convidou Josué Gomes, presidente da Coteminas e filho de José Alencar (vice-presidente no governo Lula), para ser vice em sua chapa. Josué é considerado também o vice ideal pelo PT. Para Ciro, uma aliança com o PT é “possível e até desejável”, mas “improvável”.
Ciro ainda falou sobre o trio de formuladores econômicos de seu programa de governo – Mauro Benevides Filho, Nelson Marconi e Mangabeira Unger -, defendeu a revogação da reforma trabalhista e se comprometeu com a da Previdência. A seguir, os principais trechos da entrevista:
Quem o sr. imagina para vice?
Eu gostaria de escolher alguém da produção ligado ao Sudeste brasileiro, Minas Gerais, São Paulo.
Já tem nomes?
Tem nomes.
Josué Gomes da Silva, da Coteminas, é um deles?
É sim, com certeza. Somos amigos há anos. Fui amigo do pai dele, José Alencar. Eu já disse a ele: se quiser, é dele.
O sr. tem conversado com o ex-prefeito Fernando Haddad. Há chance de aliança com o PT?

É possível e até desejável, mas muito improvável. Nesse momento existem variáveis pendentes de definição. Do ponto de vista do PT, a mais grave, e eu tenho que respeitar isso com toda dignidade, é o momento que eles estão vivendo. Seu principal líder preso e eles constrangidos a uma solidariedade que ainda afirma a candidatura do Lula, mesmo preso e inelegível. Olho com respeito o tempo do PT, mas toco minha bandinha.
Até onde vai essa solidariedade? A bandeira ‘lula Livre’ vai fazer parte da sua campanha?
Minha solidariedade pessoal deriva de um fato histórico. Não conheci Lula pela televisão. É um velho camarada de mais de 30 anos, com quem já tive discordâncias, mas trabalho junto há mais de 16 anos. Fui ministro dele. Dói no meu coração ver um ex-presidente que fez tanto bem ao País preso. A política, entretanto, tem uma crueldade. Nossa responsabilidade é com o futuro de 206 milhões de pessoas. Minha solidariedade não me tira a disciplina de produzir uma alternativa para o Brasil, independentemente do destino do Lula e do PT.
Mas o sr. vai levar a bandeira do ‘Lula Livre’ para a campanha?
Eu gostaria de ver o Lula livre dentro dos mecanismos da democracia e do estado de direito. Não me parece ser a providência mais razoável fazer um acampamento com palavras de ordem insultando o Judiciário às vésperas do julgamento. Das duas uma: ou você confia nas instituições e recorre a elas para corrigir injustiças ou não confia.
É a favor da revisão da possibilidade de prisão em 2ª instância?
O mundo civilizado inteiro garante apenas dois graus de jurisdição para crimes comuns. É muito raro que se dê a um julgamento de crime comum quatro graus de jurisdição. O correto era corrigir a distorção institucional que, hoje, garante quatro graus de jurisdição.
Como avalia decisão do PT de manter a candidatura do Lula, mesmo como ele preso?
Há limite para isso. É preciso respeitar o tempo do PT. Acredito que o PT vai ter candidato próprio e não vai convergir em uma unidade no primeiro turno.
Como avalia o fator Joaquim Barbosa?
É a novidade do momento. Ele entra com a biografia do juiz do mensalão. Esteve por um ano no horário nobre da Globo esgrimindo decência e moralidade, que é uma grande demanda. A mim me parece que não basta ser decente e dar exemplo de combate à corrupção. É preciso responder à questão da saúde, da educação e da violência.
Teme que Barbosa ocupe espaço na centro-esquerda?
Não posso temer isso, pelo contrário. Tem um ditado no Ceará que diz: quanto mais cabra, mais cabrito. Não me sinto incomodado com a presença de um homem como Joaquim Barbosa ou de uma mulher como a Marina (Silva), mas não vou me omitir de denunciar o fascismo de uma candidatura ‘bolsaloide’. Tenho o dever de proteger nossa nação dessa coisas que na Alemanha deram no Hitler.
Que reformas o sr. defende, quem será o ministro da Fazenda?
Antes que meu patrão, o povo brasileiro, me dê a tarefa, não posso adiantar ministro. Mas tenho alguns nomes que estão me ajudando. Três nomes que estão coordenando o programa. Mauro Benevides Filho, ex-secretário de Fazenda do Ceará. Trabalha comigo há muitos anos. O outro é o professor Nelson Marconi, da FGV de São Paulo. Ele coordena o programa como um todo. E há uma figura polêmica para quem não o conhece profundamente, Mangabeira Unger.
O que pretende fazer sobre a reforma trabalhista?
Não vou para cima do muro. A reforma trabalhista tem que ser revogada pura e simplesmente. Esta representa uma aberração selvagem.
E a reforma da Previdência?
O Brasil não pode ter medo de se reformar.
O sr. defende algum tipo de privatização?
O Brasil precisa um projeto nacional de desenvolvimento. A privatização deve ser uma ferramenta. Mas como pode o Brasil imaginar privatizar a Eletrobrás? Para mim é um crime.
Há quem se preocupe com o temperamento do sr. durante a campanha.
Sou o que sou, um indignado. Fui criado a maior parte da minha vida em escola pública no interior do Ceará. Tem colegas meus que morreram em uma prisão. Se expresso com um pouco mais de calor a minha indignação, ok, são essas as manchas do meu paletó. (Fonte: Agência Estado).
Do Portal Interior da Bahia

Tripulação sabia de irregularidades no voo da Chape, diz relatório

A Aeronáutica Civil da Colômbia apresentou hoje (27) relatório final sobre o acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense, time de futebol brasileiro que ia de Santa Cruz de La Sierra (Bolívia) para Medellín (Colômbia), onde disputaria a final da Copa Sulamericana contra o Atlético Nacional. O acidente ocorreu no dia 29 de novembro de 2016 e resultou na morte de 71 das 77 pessoas a bordo – a maioria, integrantes da equipe brasileira.
De acordo com o documento, a tripulação sabia que a aeronave da empresa boliviana LaMia viajava com pouca quantidade de combustível, fator determinante para a tragédia. Informes preliminares da Aeronáutica Civil colombiana já apontavam que o avião estava com excesso de peso quando caiu, mas que a causa do acidente foi a falta de combustível.
O relatório apresentado hoje contou com a participação de investigadores, autoridades e instituições de cinco países: Brasil, Bolívia, Estados Unidos e Inglaterra, além da Colômbia. Entre as conclusões apontadas como “determinantes para a apresentação deste infeliz acontecimento”, o relatório afirma que a empresa LaMia, “planeou sem escalas este voo charter (transporte não regular de passageiros) entre Santa Cruz (Bolívia) e Rionegro (Colômbia); não cumpriu os requisitos de quantidade mínima de combustível exigidos nas normas internacionais, uma vez que não teve em conta o combustível necessário para voar para um aeroporto alternativo”.
Ainda segundo o relatório, a aeronave tinha um déficit de 2,3 mil kg de combustível, cálculo feito levando em conta que havia 9,3 mil kg, quando seriam necessários 11,6 mil kg de combustível para percorrer a rota Santa Cruz – Rionegro. “Nem a empresa nem a tripulação, apesar de conscientes da pouca quantidade de gasolina, tomaram a decisão de pousar em outro aeroporto”, diz o relatório ao afirmar que a tripulação descartou o pouso em Bogotá, ou outro aeroporto, para reabastecimento.
O relatório conclui que a empresa boliviana LaMia tinha deficiências organizacionais, uma difícil situação econômica, além de problemas no sistema de gestão de segurança operacional e para o cumprimento das políticas de combustível. As tomadas de decisões inadequadas foram, segundo a Aeronáutica Civil colombiana, “em consequência da falta de gestão da segurança operacional nos seus processos, da perda da consciência situacional, e da tomada errada de decisões por parte da tripulação”.
Do Portal CN/Fonte:Agência Brasil

Governo estuda liberar saques do PIS/Pasep para qualquer idade

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, confirmou ontem (26) que o governo estuda liberar, temporariamente, os saques do PIS/Pasep para os trabalhadores, independentemente de idade. O objetivo é dar uma injeção de estímulo à economia em torno de R$ 10 bilhões a R$ 15 bilhões. Pela proposta, poderão sacar os recursos os trabalhadores cadastrados no fundo até 4 de outubro de 1988 e que ainda não retiraram o saldo total de cotas nas contas individuais.
Após participar da 2ª Conferência do Banco de Desenvolvimento da América Latina Infraestrutura para o Desenvolvimento da América Latina, em Buenos Aires, Colnago disse que está em estudo a hipótese de abrir uma “janela temporal de um ou dois meses” para que os trabalhadores façam os saques dos recursos retidos. Porém, a medida ainda depende de aprovação no Congresso Nacional.
O texto em tramitação no Congresso é relatado pelo senador Lasier Martins (PSD-RS) e aguarda votação. Atualmente, o fundo só pode ser sacado por aposentados ou pessoas com mais de 70 anos. A proposta do governo era reduzir a idade para 60 anos. O relator propôs a “janela temporal”.
Servidores
Colnago sinalizou ainda que o governo ainda examina a possibilidade de reajustar os salários dos servidores federais, em 2019. Segundo ele, o Executivo analisa “janelas” para ter “mais liberdade” sobre o que deve ser colocado em prática.

De acordo com o ministro, no momento o que há é uma proposta para adiar concessões de reajustes e, não suspendê-los de forma definitiva. Ele disse que a proposta é para dar uma margem de manobra maior ao próximo governo, que tomara posse em 2019 tendo apenas R$ 100 bilhões para despesas de custeio. “É um valor baixo. Para se ter uma ideia, este ano nós temos R$ 128 bilhões”, disse.
Dólar
Questionado sobre a alta do dólar, que chegou ontem a R$ 3,48, o valor mais alto em quase dois anos, Colnago admitiu que a continuidade do valor alto não contribui para a economia. Segundo ele, esta volatilidade é ruim. Porém, o ministro se disse convencido que deve uma estagnação em torno de R$ 3,50.

Colnago reiterou que a alta do dólar impacta diretamente na inflação, mas não demonstrou preocupação: “Temos uma certa gordura, nível de inflação abaixo da meta [por exemplo]”. De acordo com ele, o volume de reservas em torno de US$ 380 bilhões e a balança comercial em superávit de US$ 65 bilhões colaboram para um clima de equilíbrio, mesmo com a volatilidade da moeda norte-americana.
Crescimento
Segundo ministro, o governo trabalha com uma estimativa de 3% de crescimento para este ano, alinhada com o mercado. “Não tem uma posição oficial. O mercado está caminhando para 2,7% a 2,8%, seria um bom crescimento”, disse. “Nosso produto potencial seria de 2,5%.”

Colnago lembrou que a perspectiva de crescimento econômico está diretamente associada à utilização do que hoje é uma capacidade ociosa na indústria nacional, o que pode mudar a estrutura atual, e também considerar as possibilidades de reformas em curso, como a da Previdência.
Para o ministro, o processo como um todo deve levar de três a quatro anos. De acordo com ele, em 2022, o Brasil deve “estar no mesmo patamar” de 2014. Ele ressaltou que a inflação está “muito bem comportada”, assim como os juros nominal e real estão mais baixos. “O importante é que a gente consiga manter baixos a inflação e os juros”, afirmou.
Reforma da Previdência
O ministro defendeu ainda a retomada das discussões sobre a reforma da Previdência. De acordo com ele, a despesa em torno de R$ 40 a R$ 50 bilhões por ano. “O novo presidente terá um conjunto de desafios pela frente”, observou.

Do Portal Calila Notícias

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Serrinha: Ex-Diretor de Indústrias da atual gestão desmascara prefeito ao vivo na rádio Regional AM

Na noite desta quarta-feira (25), o vice-prefeito de Serrinha, Adalberto Dutra Rocha "Berg da Aragom", atualmente no DEM foi entrevistado pelo radialista José Ferraz, na rádio Regional AM.

Berg fez algumas revelações e explicou tudo que foi perguntado pelo condutor do programa a cerca da sua relação com o atual gestor, Adriano Lima (MDB), porém o mais impactante, e que a população serrinhense ainda não tinha conhecimento foi revelado pelo ex-diretor de indústrias, Luis Fernando, exonerado na última sexta-feira, dia 20 de abril.

Fernando também participou da entrevista, ao vivo, nos estúdios da emissora do Grupo Lomes e veiculou dois áudios nos quais um empresário gaúcho lamentava o fato de o prefeito, Adriano, não ter feito o mínimo de esforço para a implantação da sua empresa no município de Serrinha, que geraria cerca de 200 empregos diretos e indiretos no ramo calçadista.

Segundo o empresário, chegou a abrir o CNPJ, que levou cerca de 6 meses e o prefeito lhe tratou com o maior descaso, sem se importar com a geração de emprego na cidade.

Após esta revelação, é comum ouvir os comentários nas rodas de bate-papo, que em uma cidade que emprega pouco, o administrador foi capaz de deixar uma empresa ir para outro município e o povo continuar desempregado. O clima de revolta com o prefeito é grande.

Por Cival Anjos

Justiça determina interdição parcial do Conjunto Penal de Feira de Santana; unidade não pode receber novos presos

Presídio de Feira de Santana | Foto: Reprodução/TV Subaé)
Presídio de Feira de Santana | Foto: Reprodução/TV Subaé
A Justiça determinou, nesta quinta-feira (26) a interdição parcial do Conjunto Penal de Feira de Santana. A unidade não poderá receber novos presos até que haja uma nova decisão judicia. A interdição é consequência de uma ação movida pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) e a Ordem dos Advogados da Bahia (OAB), desde 2015. 

Na sentença, dada pelo  juiz de execuções Waldir Viana, é pedido o cumprimento do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), feito com o governo do estado, principalmente quanto a separação de presos do regime fechado e semiaberto, assim como dos presos provisórios dos definitivos.  

Segundo o site G1,  a direção do presídio recebeu a notificação da Justiça na tarde desta quinta-feira (26) e informou à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e à Superintendência de Gestão Prisional sobre a decisão judicial. O diretor do conjunto penal, capitão Allan Silva, informou que não foi possível cumprir alguns termos da TAC por contingenciamento de despesas. Até que seja feita uma nova determinação, os presos da unidade de Feira de Santana irão ficar custodiados nas delegacias do município. 

A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap) informou que cerca de 70% do TAC já foi cumprido e que vai atender à decisão judicial enquanto soluciona as causas pendentes do acordo. 

O Conjunto Penal de Feira de Santana tem capacidade para 1.356 presos e atualmente conta com mais 600 detentos em excesso. Dos 1.981 presos, 1.100 são provisórios e outros 881 já foram condenados e cumprem pena de regime semiaberto e aberto.

Do Portal NS

José Ronaldo diz que vencerá eleição no primeiro turno: ‘Vamos derrotar Rui Costa’


Durante o lançamento da sua pré-candidatura ao governo do estado pelo Democratas, em Camaçari, José Ronaldo cravou que irá vencer a eleição de outubro no primeiro turno. “Vamos derrotar Rui Costa”, bradou. "Se ele [Rui] está pensando que a eleição está ganha, vamos mostrar que não.

O povo não está satisfeito com esse governo", completou o pré-candidato. O ex-prefeito de Feira de Santana ainda reforçou a ideia de que deseja o apoio do PMDB na sua chapa. “O partido tem uma grande história e eu desejo apoio do meu prefeito e do PMDB na minha coligação”, comentou José Ronaldo sobre o seu ex-vice, Colbert Martins (PMDB).

Contrariando o desejo de Ronaldo, o secretário Carlos Marun (PMDB), articulador do governo de Michel Temer (PMDB), defendeu a candidatura própria da legenda com João Santana (PMDB) no estado nesta tarde em Salvador. 

O lançamento da pré-candidatura de José Ronaldo contou com a presença do pré-candidato à presidência da República do DEM, Rodrigo Maia, e do presidente nacional da sigla, ACM Neto.


Do Portal Clériston Silva

Jogos do grupo B movimentam o Campeonato dos Enferrujados de Serrinha

Na manhã deste domingo (29), na Arena Pedrão no Alto da Bandeira, em Serrinha será realizada a 4ª rodada do Grupo B do 11º Campeonato dos Enferrujados 2018, categoria Sênior (de 48 anos acima).

A partir das 8h tem Chapecoense x Bahia de Feira e às 9h Catuense x Vitória.

Classificação do Grupo B:

1º - Chapecoense - 6 pontos, marcou 8 e sofreu 9 - Saldo: -1
2º - Vitória - 5 ponto, marcou 10 e sofreu 8 - Saldo:  2
3º - Bahia de Feira - 4 ponto, marcou 11 e sofreu 7 - Saldo: 4
4º - Catuense - 3 pontos, marcou 10 e sofreu 15 - Saldo: -5

Classificação do Grupo A

1º - Palmeiras - 10 pontos ganhos, com três vitórias e 1 empate
2º - Botafogo-Ba - 7 pontos, com duas vitória e 1 empate
3º - Bahia - 7 pontos, com uma vitória e ganhou duas nos pênaltis
4º - Ypiranga - 0 ponto

Próximos jogos do Grupo A

Dia 6 de maio, às 8h - Ypiranga x Bahia e às 9h -  Palmeiras x Botafogo

Por Cival Anjos

Menores de 16 anos não podem mais usar o WhatsApp na Europa

Na Europa, menores de 16 anos não podem mais ir de zap. O aplicativo de mensagens instantâneas aumentou de 13 para 16 a idade mínima de seus usuários. A medida faz parte do novo regulamento sobre privacidade de dados (GPDR), que entra em vigor no dia 25 de maio.
“No próximo mês, a União Europeia atualiza suas leis de privacidade para exigir mais transparência sobre como os dados da internet são usados online”, diz o comunicado do WhatsApp. De acordo com o aplicativo, será pedida confirmação de idade na hora que os usuários cliquem para aceitar os novos termos de serviço.
Depois dos escândalos de dados com o Facebook (que também é dono do WhatsApp), a empresa conta que “criou uma entidade dentro da União Europeia para oferecer seus serviços e atender aos novos e estritos padrões de transparência quanto à maneira de proteger a confidencialidade dos seus usuários”.
A rede social criou até uma empresa para continuar operando no continente. Foi criada a WhatsApp Ireland Limited, com sede na Irlanda. A GPDR entrou em vigor na Europa recentemente e é vista como a maior reforma na privacidade online. A norma obriga as empresas a serem transparentes quantos aos dados que coletam dos usuários.
Do Portal CN/Fonte:Correio

Ruas sem pavimentação é prejuízo para moradores


Ruas sem calçamento e sem rede de esgoto causam doenças, transtornos e prejuízos financeiros a moradores de Serrinha. Além de sofrer com complicações respiratórias por causa da poeira em época de estiagem, na época da chuva os transtornos são provocados pela lama. 

Além disso, segundo os corretores de imóveis, a ausência de infraestrutura derruba em até 35% o valor de venda do imóvel. Apesar de pagar o IPTU, a população das áreas atingidas reclamam da falta de políticas públicas.

"Quando chove, ninguém aguenta tanto lamaçal. Aqui tem muita barata e muriçoca por causa dessa lama e do acúmulo da água da chuva." Disse um morador da Rua Péricles Nogueira (Foto), no Bairro da Santa. 

O problema da falta de pavimentação em Serrinha é antigo e parece que não será resolvido em curto prazo. Entra Prefeito e sai Prefeito e nenhuma medida é tomada em grande escala. 

Para tentar resolver esse problema, o atual Prefeito, Adriano Lima vem buscando recursos para a pavimentação e melhoramento das ruas e avenidas mais problemáticas, como é o caso dos Treze e de algumas ruas do bairro da Santa, inclusive a Péricles Nogueira. 

A população está ansiosa para o início dessas obras que com certeza dará mais dignidade aos moradores e visitantes.

Do Portal Ailton Pimentel

Delação bomba: Segredos de Palocci assombram o PT e são novo revés aos planos de Lula

Se a delação do ex-ministro Antônio Palocci seguir a mesma linha da carta de desfiliação enviada ao Partido dos Trabalhadores, o antigo “grão petista” causará efeito suficiente para atrapalhar a estratégia dos petistas. 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua preso e inelegível, mas a legenda mantém o nome dele como o principal candidato de 2018. Se Palocci delatar esquemas que respinguem em Lula, poderá tumultuar ainda mais a situação do antigo aliado — ou até mesmo dos indicados —, condenado a 12 anos e um mês de cadeia no caso do tríplex do Guarujá (SP).
O acordo de colaboração premiada foi concluído ontem pela Polícia Federal do Paraná e pela defesa de Palocci. Trata-se de um desejo antigo do ex-ministro, que nunca escondeu a vontade de sair da prisão a qualquer custo — mesmo se fosse necessário passar por cima de sua história com o PT, o que ele fez ao enviar uma carta se desfiliando do partido e atacando antigos aliados, como Lula e a senadora Gleisi Hoffmann (PR). Na ocasião, disse que o ex-presidente é “o pior da política”.
A Polícia Federal diz que Palocci tem como fornecer provas e que avaliará documentos e fatos apresentados. Por isso entendeu que a colaboração é fundamental para recuperar o dinheiro desviado na Lava-Jato e provar a participação de políticos, empresários e funcionários públicos em esquemas sofisticados de corrupção. Palocci disse ter documentos que comprovam como era a logística dos pagamentos de propina e informações sobre o mecanismo dos repasses.
Preso preventivamente em Curitiba desde setembro de 2016, Antonio Palocci tenta fechar acordo com o Ministério Público desde outubro, mas nunca teve sucesso. A defesa resolveu, então, negociar com a PF. Advogados afirmam que o ex-ministro trouxe à tona novos fatos e, quase dois anos depois da prisão, enfim, o acordo foi concluído, mas ainda não tem validade.
O Partido dos Trabalhadores preferiu não se manifestar sobre o assunto, alegando que Palocci não faz mais parte da sigla. Ele foi um dos criadores do PT, teve enorme influência entre os companheiros e chegou a ser cotado como substituto de Lula no Planalto, em 2011 — quando Dilma Rousseff foi eleita. 
Ainda que não tenha chegado à Presidência, Palocci foi homem de confiança dos petistas. Atuou como ministro nas áreas econômica e política das gestões de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e Dilma Rousseff (2011-2016), sendo ministro da Fazenda e da Casa Civil da Presidência da República, respectivamente. Desfiliou-se do PT em setembro do ano passado. Para valer, a delação tem que ser homologada pela Justiça. (Fonte: Correio Braziliense).
Do Portal Interior da Bahia

Cibercriminosos usam promoção falsa d’O Boticário de Dia das Mães para roubar dados

Golpe usa marca falsa promoção d'O Boticário de Dia das Mães para roubar dados de vítimas | Foto: Divulgação
Golpe usa marca falsa promoção d’O Boticário de Dia das Mães para roubar dados de vítimas | Foto: Divulgação
Cibercriminosos começaram a usar a marca O Boticário e o Dia das Mães para aplicar um golpe espalhando pelo WhatsApp, com o objetivo de roubar informações das vítimas além de invadir seus smartphones. 

De acordo com o G1, o ataque foi identificado pela Arcon Labs, laboratório da firma de segurança cibernética Arcon, nesta quinta-feira (26). O golpe divulga uma falsa promoção em que empresa de cosméticos daria produtos. O texto do enunciado é: “Ganhe um KIT Dia das Mães na O Boticário! Entre no link abaixo e siga o passo a passo para ganhar o seu.” 

Só que, ao clicar no link, o usuário é enviado para sites que roubam suas informações pessoais ou instalam programas maliciosos em seu celular. Os dados do indivíduo podem ser empregados em fraudes financeiras posteriores. 

Segundo a Arcon Labs, datas esperadas pelo comércio são um atrativo para criminosos, que criam armadilhas em forma de anúncios para promoções inexistentes para atrair consumidores.

Do Portal NS

Fifa anuncia banimento de Marco Polo Del Nero para sempre do futebol

Foto: Ricardo Stuckert/ CBF
Foto: Ricardo Stuckert/ CBF
O ex-presidente da CBF Marco Polo del Nero foi banido de forma definitiva de atividades relacionadas ao futebol. A Fifa anunciou nesta sexta-feira que o Comitê de Ética da entidade decidiu impedir para sempre que o dirigente possa exercer qualquer função no esporte – justamente após o fim de duas suspensões, uma de 90 e outra de 45 dias ao brasileiro. “A câmara de decisão concordou com as recomendações da câmara de investigação e considerou o senhor Del Nero culpado de violar os artigos 21 (suborno e corrupção), 20 (oferecer ou aceitar presentes ou outros benefícios), 19 (conflitos de interesse), 15 (lealdade) e 13 (regras gerais de conduta) do Código de Ética da Fifa”, diz a nota oficial divulgada pela entidade. 

O banimento é exatamente a mesma punição recebida pelo antecessor de Del Nero, José Maria Marín. Além de estar impedido de desenvolver qualquer função ligada ao futebol, Marco Polo terá que pagar uma multa de 1 milhão de francos suíços (R$ 3,5 milhões). A defesa de Del Nero informou que vai recorrer da decisão. O primeiro recurso será apresentado ao Comitê de Apelação da Fifa. 

Caso este recurso seja negado, o passo seguinte será recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte, em Lausanne, na Suíça – que é a última instância em casos de justiça desportiva.

Do Portal NS/Fonte:GloboEsporte.com