SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 2 de abril de 2016

Cesta de Povo de Coité fecha as portas em definitivo

Loja de Coité neste sábado só tinha produtos de limpeza.
Loja de Coité neste sábado só tinha produtos de limpeza.
A partir de segunda-feira, 04, a população de Conceição do Coité, Valente e Santaluz no Território do Sisal não mais contarão com os serviços da Cesta do Povo, que é gerida pela Empresa Baiana de Alimentos – EBAL vinculada a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado da Bahia.

A Cesta surgiu em Coité no inicio da década de 1980 do século passado, nos fundos da Igreja Matriz, servindo como alternativa de consumo principalmente dos produtos básicos, em 1993 sofreu saque em plena luz do dia, populares invadiram, depredaram e levaram toda mercadoria inclusive do estoque, fato que ganhou grande repercussão.
Saque na Cesta do Povo em 1993 ganhou repercussão. Foto: Raimundo Mascarenhas enviada para o Jornal A Tarde.
Saque na Cesta do Povo em 1993 ganhou repercussão. Foto: Raimundo Mascarenhas enviada para o Jornal A Tarde.
No momento do saque o então prefeito municipal Diovando Carneiro Cunha (falecido) disse que atendia cerca de 100 pessoas em sua casa implorando por comida, pois o período era de muita seca e não tinha recebido nenhuma frente de serviço. Após o saque o Cesta ficou por um longo período fechada, mas foi reaberta, fechando novamente já por problemas estruturais e econômico do Governo.
Em cinco anos e meio em noco endereço foi assaltada uma vez
Em cinco anos e meio em noco endereço foi assaltada uma vez
No Governo Jaques Wagner foi reinaugurada em agosto de 2010, na Rua Afonso Pena, praça dos postos de combustíveis, e em 2011 foi assaltada. 

Este ano a loja foi abastecida apenas uma vez, no mês de fevereiro e de lá para cá o que se viu foi o esvaziamento das prateleiras.

A Cesta do Povo foi criada em 1979, pelo então governador da Bahia, Antonio Carlos Magalhães, em sua segunda gestão, começou atendendo a população de Salvador, depois Feira de Santana até que se expandiu por quase toda Bahia.

Há alguns ouve-se comentários da privatização, mas ao que parece a proposta não avançou.

Redação CN

Impeachment deve ir a plenário em até 15 dias


O presidente da comissão do impeachment na Câmara, Rogério Rosso (PSD-DF), previu nessa sexta-feira (1) que o pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff vá ao plenário até o dia 15. Antes, pelo cronograma do parlamentar, o parecer sobre a admissibilidade do processo seria votado pelo colegiado no dia 11, em sessão que pode durar até 23 horas.

Se não houver questionamentos dos trabalhos da comissão na Justiça, o relator do impeachment, Jovair Arantes (PTB-GO), terá cinco sessões para apresentar seu parecer, contadas a partir da próxima segunda-feira. Esse dia é o prazo final para a apresentação da defesa de Dilma. O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, vai protocolar às 16h30 a defesa da presidente e, na sequência, deve fazer a sustentação oral aos parlamentares.

O relator pretende antecipar a entrega do parecer. Se o fizer na quarta-feira, e houver pedido de vista - como esperado - são contados mais dois dias de sessão para o relatório ser votado na comissão. Nessa sessão, cada um dos 65 membros da comissão, além de suplentes e líderes, poderá falar por até 15 minutos cada. "Seguramente é uma reunião que pode adentrar a madrugada ou começar pela madrugada", disse Rosso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Do Portal CS

56% são contra impeachment e 83% não querem Temer na Presidência, diz pesquisa


Apesar da polarização entre grupos politicamente antagônicos e dos números negativos sobre a aprovação do governo federal em amostras recentes, levantamento do instituto de pesquisa Digzoo feito entre os leitores do portal iG mostra que o impeachment da presidente Dilma Rousseff não é uma medida vista de forma tão positiva pela população brasileira.

De acordo com 56% dos leitores do iG que participaram do levantamento, Dilma não deve deixar a Presidência da República. O cenário fica ainda mais dramático para os opositores ao governo federal quando a análise é em cima da possibilidade de o vice-presidente, o peemedebista Michel Temer, assumir o cargo caso o impeachment seja aprovado.

O levantamento mostra que 83% dos internautas não ficariam felizes com Temer, principal patrocinador do rompimento do PMDB com o governo federal, ocupando a Presidência. Além disso, 81% deles não acreditam que um eventual mandato do peemedebista solucionará a atual crise política do País. 

Ao mesmo tempo, 75% dos entrevistados não confiam que Temer conseguirá fazer a economia melhorar em curto prazo na Presidência e um total de 80% não acredita que a corrupção diminuirá em um governo peemedebista. 

Em relação aos pontos abordados, as vozes mais dissonantes são as dos leitores com mais de 65 anos. Entre eles, 63% são favoráveis ao impeachment, 70% acreditam que a economia melhora com Temer, 73% acham que a crise política acaba com o peemedebista, 66% apontam que a corrupção diminui com o vice assumindo o cargo de Dilma e 73% ficariam felizes com ele na Presidência. 

Realizada entre 30 e 31 de março, após o desembarque do PMDB do governo e os protestos dos apoiadores de Dilma realizados em todo o Brasil, a amostra do instituto de pesquisas Digzzo em parceria com o iG contou com a participação de 3.985 internautas.


Do portal CS

Termina neste sábado prazo para filiação partidária


O prazo para a filiação partidária daqueles que pretendem participar das eleições municipais deste ano termina hoje (2). Por isso, quem pretende concorrer aos cargos de prefeito, vice-prefeito ou vereador nas eleições de outubro, precisa ter a filiação aprovada pelo partido político até este sábado. 

Segundo o TSE, ao se filiar a um partido, a pessoa aceita e adota o programa da legenda e passa a integrá-la. A filiação é também, segundo a Constituição Federal, uma das condições de elegibilidade.

O prazo final para que a filiação ocorra está estabelecido na legislação do país. “A Lei das Eleições determina que, para concorrer às eleições, o candidato deverá estar com a filiação deferida pelo partido no mínimo seis meses antes da data do pleito”, explica o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga.

Segundo o magistrado, quem não respeitar a data limite não poderá participar da disputa. O tempo mínimo de seis meses para a filiação foi uma das mudanças feitas pela reforma eleitoral de 2015 e que já vale para as eleições deste ano. “Houve alteração na data limite de filiação. Para participar da disputa eleitoral em 2016, o candidato deve estar filiado a um partido político até o dia 2 de abril, ou seja, seis meses antes da data do primeiro turno das eleições, que será realizado no dia 2 de outubro.

Pela regra anterior, para disputar uma eleição, o cidadão precisava estar filiado a um partido político um ano antes do pleito”, explica o ministro. Além do prazo para filiação, a Lei das Eleições estabelece outras regras, como a que prevê que o candidato deve possuir domicílio eleitoral na localidade para a qual vai concorrer, pelo menos um ano antes das eleições.

Do Portal Clériston Silva

Em Lisboa, senador José Serra afirma que Dilma Rousseff 'terá impeachment'

Com a experiência de ter vivido dois golpes militares: o de 1964, no Brasil; e o de 1973, no Chile, o senador José Serra (PSDB-SP) faz um alerta: “Se os militares tivessem poder como antes, já teria havido uma militarização no país”.

A análise foi feita durante palestra no seminário luso-brasileiro de direito na Universidade de Lisboa, onde Serra fez uma reflexão sobre os 30 anos de democracia ininterrupta no Brasil, colocando como ponto merecedor de destaque do período justamente a ausência do que chamou de “fator militar”: “Nos últimos 30 anos, esteve ausente e, se Deus quiser, vai continuar ausente”, disse Serra.

“Acredito que a presidente Dilma não se sustentará. Terá o impeachment, ela não vai permanecer”, disse o senador tucano, que prevê um período de transição “complicada e complexa”, sob o ponto de vista político e econômico. Em relação à economia, Serra acredita que um novo governo terá um cenário de expectativa positiva num primeiro momento, com queda do dólar e redução do risco Brasil.

Na plateia, o vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC), se remexeu na cadeira. O petista participou do painel de encerramento, ao lado do presidente do PSDB, Aécio Neves, e tratou de responder ao que considerou um ataque ao governo da presidente Dilma Rousseff. “O Serra, ao falar da forma que o Brasil reage às crises, mencionou suicídio, renúncia, impeachment ou deposição. Pois eu coloco aqui uma quinta: cumprir a Constituição e fortalecer a democracia, acho que é melhor”, afirmou o senador petista, sendo aplaudido pela seleta plateia de professores doutores, advogados, juristas e alunos.

O aplauso a Viana poderia parecer aos desavisados que ele estava diante de uma plateia majoritariamente favorável à permanência da presidente Dilma Rousseff no poder. Mas bastou o senador Aécio Neves dizer que não era possível “o país dar um salvo-conduto aos crimes de responsabilidade cometidos pela presidente da Republica”, o auditório veio abaixo. Ao responder a Viana, o presidente do PSDB afirmou ainda que “um tempo na oposição fará bem ao PT para renovar seus valores”.

Ele concluiu sua fala dizendo que, no dia da eleição, em 2014, conhecido o resultado, telefonou para a presidente Dilma Rousseff para lhe dar o parabéns pela vitória e se colocar à disposição para o dialogo. “Disse a ela que, numa eleição tão radicalizada, ela teria a missão de unir o país. A resposta não foi a que eu esperava, foi a arrogância e a falsa impressão de um sentimento de que tinha vencido com um amplo apoio da sociedade. Hoje, o resultado é uma presidente sitiada no Planalto”, disse Aécio, ovacionado pelo auditório.

Do lado de fora, um grupo de 40 pessoas, entre estudantes, militantes do PT e da confederação geral dos trabalhadores portugueses, fez uma manifestação em favor da presidente Dilma Rousseff com cartazes e um megafone. 

Do Portal Interior da Bahia/Fonte: Veja

Vingança: Cid Gomes protocola pedido de impeachment do vice Michel Temer

O ex-ministro da Educação e ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), protocolou na tarde desta sexta-feira, na Câmara dos Deputados, um novo pedido de investigação e impeachment do vice-presidente da República, Michel Temer. O pedetista se baseia em citações explícitas nas investigações da Operação Lava Jato que envolvem suposto pagamento de propina e favorecimento ao PMDB e a Temer, presidente da sigla.

Este é o quarto pedido de impeachment protocolado contra o peemedebista. Os pedidos começaram a ser apresentados no final de 2015. Dois já foram indeferidos pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e um - do deputado Cabo Daciolo - aguarda apreciação. O ex-governador pede para que o pedido seja analisado pelo vice-presidente da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), porque Cunha também é investigado na Lava Jato e ambos integram o mesmo partido.

Cid Gomes disse que veio como cidadão comum pedir a apuração das denúncias envolvendo Temer, ao qual acusa de crime de responsabilidade. No documento, o ex-ministro inclui o termo de colaboração premiada do doleiro Alberto Youssef e do senador Delcídio do Amaral (sem partido) e informações sobre suposto repasse de 5 milhões de reais da empreiteira OAS para Temer. Cid não aborda denúncia de crime de responsabilidade fiscal por considerar que as chamadas "pedaladas fiscais" são "artifícios contábeis válidos". "Não há nenhum dolo, nenhum crime de responsabilidade nisso", justificou.

Sobre as declarações do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, em que comenta uma eventual ascensão do PMDB ao poder, Cid demonstra concordância. "Quem melhor descreve isso é o ministro Barroso. São essas as alternativas que o Brasil tem? Certamente não podemos esperar de uma gestão que tem à frente Michel Temer, presidente de um partido que é o precursor, o aperfeiçoador de uma prática de achaque do serviço público nacional, não podemos esperar do comando de um partido desse uma boa gestão", afirmou. Na avaliação do ex-governador, o PMDB foi responsável por instaurar a prática do fisiologismo no país, o que vem sendo copiado por outros partidos.

Na última vez que esteve na Câmara, no ano passado como ministro, Cid apontou em plenário supostos "achacadores" do governo, entre eles Cunha. Segundo ele, havia na Casa pessoas que se aproveitam da dificuldade do governo para cobrar mais. "De lá para cá, o que tem sido apurado é que eu estava absolutamente correto. Há aqui uma prática de achaque. Eu penso que o Executivo acaba sendo muito mais vítima do que protagonista do balcão de negócios", declarou o ex-ministro ao comentar as negociações de cargos no governo no momento em que a presidente Dilma Rousseff está em vias de ser afastada pelo Congresso. Cid defendeu mudanças na relação entre Executivo e Legislativo "sob pena do país se tornar ingovernável".

Cid escolheu este momento para apresentar um pedido de afastamento de Temer por considerar que o processo contra a petista está tramitando rapidamente e por se preocupar "com o dia seguinte" do impeachment de Dilma. "Sou crítico a muitas coisas que acontecem no governo. Agora, não vai ser substituindo a Dilma por Michel Temer e por sua turma que a gente vai ter a possibilidade de melhora no país. Não há esperança, sinceramente", completou.

Do Portal Interior da Bahia/Fonte:Estadão Conteúdo

sexta-feira, 1 de abril de 2016

PP terá dois ministérios e a Caixa Econômica; deputado baiano Cacá Leão será ministro da Integração Nacional

Em reuniões com ministros que cuidam da articulação política e com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governo e o PP avançaram nesta quinta-feira, 31, nas negociações para transferir o Ministério da Saúde do PMDB para o PP. Antes mesmo da confirmação da saída de Marcelo Castro (PMDB-PI), o PP já definiu o deputado Ricardo Barros (PP-PR) como nome para ocupar o comando da pasta.

Barros relatou o Orçamento de 2016. De acordo com um integrante do núcleo político do governo, é preciso sacrificar o deputado peemedebista que assumiu a pasta da Saúde em outubro de 2015 para contemplar o PP, quarta maior bancada da Câmara, com 51 deputados.

O PP havia avisado ao Planalto que só fecharia acordo para se manter na base se ganhasse um ministério "com orçamento", como Saúde ou Educação. Negociadores do partido dizem que só uma pasta dessas, com recursos para irrigar as bases, seria capaz de convencer a maioria da bancada a manter apoio a Dilma. A legenda também negocia com interlocutores do vice-presidente, Michel Temer.

O partido já controla o Ministério da Integração Nacional, cujo comando será trocado. Sai o atual ministro, Gilberto Occhi, e assumi o deputado Cacá Leão (PP), que é filho de João Leão (PP-BA), vice-governador da Bahia. Occhi deve ser o presidente da Caixa Econômica Federal, banco do qual é funcionário de carreira desde os anos 1980 e já foi vice-presidente. Hoje, a Caixa é dirigida pelo PT.


O governo espera ainda fechar as negociações com o PR e o PSD. Ele ofereceu ao PR, que hoje comanda Transportes, o Ministério de Minas e Energia. A pasta do PSD ainda está em negociação. (As informações são do jornal O Estado de S. Paulo).

Do Portal Interior da Bahia

Policia Federal prende Silvio Pereira e leva o ex-tesoureiro do PT para depor

O ex-tesoureiro mensaleiro Delúbio Soares e Silvio Pereira, o Silvinho Land Rover, ex-tesoureiro e secretário do PT, respectivamente, e o empresário Ronan Maria Pinto estão entre os alvos da 27ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta sexta-feira (1) pela Polícia Federal. Silvinho e Ronan foram presos e Delúbio conduzido sob vara para depor.

Cerca de 50 policiais cumprem 12 mandados judiciais, sendo dois são de prisão temporária, oito de busca e apreensão, além de dois de condução coercitiva. A operação foi batizada de Carbono 14. Outro preso nesta fase é também denunciado no mensalão.

Entre os crimes investigados neta 27ª fase estão extorsão, falsidade ideológica, fraude, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. Ronan Maria Pinto  era o controlador do jornal Diário do Grande ABC, um dos mais importantes de São Paulo. Os presos serão levados para a Superintendência da PF, em Curitiba.

A força-tarefa da Lava Jato investiga negócios envolvendo o Banco Schain, suspeito de realizar empréstimos ao PT, pagos de forma fraudulenta, com ajuda do empresário José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Lula que se encontra em prisão domiciliar, com tornozeleira eletrônica, para tratamento de um câncer.

Delúbio está de novo às voltas com a polícia.
Os mandados são cumpridos em São Paulo, Carapicuíba, Osasco e Santo André. De acordo com os policiais, a ação ocorre "em referência a procedimentos utilizados pela ciência para a datação de itens e a investigação de fatos antigos".

Em nota, a força-tarefa da Lava Jato afirmou que a Carbono 14 investiga esquema de lavagem de capitais de cerca de R$ 6 milhões ‘provenientes do crime de gestão fraudulenta do Banco Schahin, cujo prejuízo foi posteriormente suportado pela Petrobrás’. Segundo a Procuradoria da República, durante as investigações da Lava Jato, constatou-se que o pecuarista Josá Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, contraiu um empréstimo fraudulento junto ao Banco Schahin em outubro de 2004 no montante de R$ 12 milhões.

“O mútuo, na realidade, tinha por finalidade a “quitação” de dívidas do Partido dos Trabalhadores (PT) e foi pago por intermédio da contratação fraudulenta da Schahin como operadora do navio-sonda Vitória 10.000, pela Petrobrás, em 2009, ao custo de US$ 1,6 bilhão. Esses fatos já haviam sido objeto de acusação formal, sendo agora foco de uma nova frente investigatória”, sustenta a força-tarefa em nota.

“A partir de diligências, descobriu-se que, do valor total emprestado de R$ 12 milhões a Bumlai, pelo menos R$ 6 milhões tiveram como destino o empresário do município de Santo André (SP), Ronan Maria Pinto. Como ressaltou a decisão que decretou as medidas cautelares, “a fiar-se no depoimento dos colaboradores e do confesso José Carlos Bumlai, os valores foram pagos a Ronan Maria Pinto por solicitação do Partido dos Trabalhadores”. Para fazer os recursos chegarem ao destinatário final, foi arquitetado um esquema de lavagem de capitais, envolvendo Ronan, pessoas ligadas ao Partido dos Trabalhadores e terceiros envolvidos na operacionalização da lavagem do dinheiro proveniente do crime contra o sistema financeiro nacional”, aponta a força-tarefa da Lava Jato.

Segundo a Procuradoria, há evidências que apontam que o PT influiu diretamente junto ao Banco Schahin na liberação do empréstimo fraudulento. Para chegar ao destinatário final Ronan Maria Pinto, os investigados teriam se utilizado de diversos estratagemas para ocultar a proveniência ilícita dos valores e a identidade do destinatário final do dinheiro obtido na instituição financeira.

“Em suma, há provas que apontam para o fato de que a operacionalização do esquema se deu, inicialmente, por intermédio da transferência dos valores de Bumlai para o Frigorifico Bertin, que, por sua vez, repassou a quantia de aproximadamente R$ 6 milhões a um empresário do Rio de Janeiro envolvido no esquema”.

“Há evidências de que este empresário carioca realizou transferências diretas para a Expresso Nova Santo André, empresa de ônibus controlada por Ronan Maria Pinto, além de outras pessoas físicas e jurídicas indicadas pelo empresário para recebimento de valores. Dentre as pessoas indicadas para recebimento dos valores por Ronan, estava o então acionista controlador do Jornal Diário do Grande ABC, que recebeu R$ 210.000 em 9/11/2004. Na época, o controle acionário do periódico estava sendo vendido a Ronan Maria Pinto em parcelas de R$ 210.000. Suspeita-se que uma parte das ações foi adquirida com o dinheiro proveniente do Banco Schahin. Uma das estratégias usadas para conferir aparência legítima às transferências espúrias dos valores foi a realização de um contrato de mútuo simulado, o qual havia sido apreendido em fase anterior da Operação Lava Jato.”

A força-tarefa sustenta que outras pessoas possivelmente envolvidas na negociação para a concessão do empréstimo fraudulento pelo Banco Schahin também são alvo da operação realizada hoje. Segundo os investigadores, identificou-se que um dos envolvidos recebeu recursos de pessoas e empresas que mantinham contratos com a Petrobrás e que já foram condenadas no âmbito da Operação Lava Jato.

“Esses pagamentos ocorreram ao menos até o ano de 2012. As pessoas cuja prisão foi determinada já tiveram prévio envolvimento com crimes de corrupção”, aponta a Procuradoria.

Carbono 14, segundo a PF, faz referência a procedimentos ‘utilizados pela ciência para a datação de itens e a investigação de fatos antigos’. Os presos serão levados para Curitiba, sede da Lava Jato. 

Do Portal Interior da Bahia/Fonte:Fonte: Diario do Poder

Pedido de impeachment contra vice-presidente Temer chega ao STF

Vice presidente Michel Temer.
Vice presidente Michel Temer.
O Supremo Tribunal Federal (STF) designou o ministro Marco Aurélio Mello como relator do pedido de abertura de impeachment contra o atual vice-presidente da República, Michel Temer(PMDB-SP). O processo chegou à corte nesta sexta-feira (1º).

O pedido foi protocolado na Câmara dos Deputados em dezembro de 2015 pelo advogado Mariel Márley Marra. Segundo Marra, Temer cometeu os mesmos crimes de responsabilidade supostamente atribuídos à presidente Dilma Rousseff.

Temer teria atentado contra a lei orçamentária ao assinar decretos autorizando a abertura de crédito suplementar sem a autorização do Congresso, as chamadas pedaladas fiscais.
Segundo a colunista do jornal Folha de S.Paulo Mônica Bergamo, ao chegar às mãos de Cunha, o pedido de impeachment contra Temer foi arquivado pelo presidente da Câmara dos Deputados, de quem o vice-presidente é aliado.

Ainda de acordo com Mônica, no pedido protocolado por Marra está escrito que Cunha não poderia ter feito sozinho o julgamento do caso e sim instaurado uma comissão para avaliar se o pedido tem, ou não, fundamento.

Do Portal CN/Fonte:Correio24H

Monte Santo é a primeira cidade a disponibilizar internet Wi-Fi grátis à toda população

Monte Santo - Ba - foto- Raimundo Mascarenhas
Cerca de 24 municípios do interior baiano foram escolhidos para fazer parte do projeto Cidades Digitais. A informação foi divulgada nesta manhã pelo secretário de Ciências e Tecnologia, Élvis Gonçalves, que informou a lista das cidades que estão contempladas com o programa e dentre elas está Monte Santo – Ba. 

Todo o projeto envolve o investimento inicial de R$ 3 milhões que inclui a implantação da infraestrutura de banda larga e antenas nas cidades escolhidas. Além de Monte Santo, integram a lista cidades da região como Senhor do Bonfim, Uauá, Euclides da Cunha e Cansanção.
Estrutura montada na Serra da Santa Cruz favorecerá inclusive a zona rural.
Estrutura montada na Serra da Santa Cruz favorecerá inclusive a zona rural.
O projeto prevê a cobertura em toda a extensão do Município inclusive nos povoados que poderão contar com pontos de acesso a Internet Grátis Wi-Fi (conexão sem fio) de ótima qualidade podendo chegar até a velocidade de 10MB, para isso os engenheiros instalaram o equipamento na antena localizada no alto da Santa Cruz podendo assim alcançar uma maior extensão territorial do município.

Os moradores também poderão baixar o aplicativo “bodefone”, que funcionará como um WhatsApp fazendo ligação via Tecnologia Voip para qualquer lugar do Brasil totalmente gratuitas. De acordo com o secretário de Ciências e Tecnologia, o “bodefone” foi batizado em referência ao Bode animal símbolo da região. 

O programa também contempla a construção de três Info-centros localizados na sede e nos povoados de Pedra Vermelha e Lagoa das Pedras onde serão ofertados cursos de “alfabetização digital”, para pessoas que estão aprendendo os primeiros passos no uso de computador e internet; e mini-cursos avançados em toda rede pública de ensino, o projeto também vai construir laboratórios de informática chamados de “quiosques digitais”, que são uma espécie de pequena lan house com quatro computadores conectados a internet de uso gratuito. Cada pessoa tem direito a um acesso de 40 minutos por vez. “Os 40 minutos são para pessoas que acessam e-mails e redes sociais. Para pesquisas e estudo, é só apresentar o perfil da pesquisa que a pessoa terá mais tempo”.

O projeto está em fase experimental e já foi implantado na cidade de Monte Santo na manhã desta sexta-feira, o serviço de WI-FI grátis já pode ser utilizado por moradores da cidade e povoados, você só precisa localizar a rede chamada NETMONTE e digitar a senha encontrada no desafio abaixo:
rede wi-fi gratis em monte santo
Do Portal CN/Informações Monte Santo.Net

Estudantes de medicina farão avaliação nacional para receber o diploma

98004-3
Foto: Divulgação
A partir deste ano, alunos de medicina de todo o país farão avaliações nacionais a cada dois anos durante o curso. As avaliações, aplicadas no segundo, quarto e sexto ano serão obrigatórias. Aqueles que não obtiverem a nota mínima definida pelo Ministério da Educação (MEC) na última avaliação não poderão obter o diploma e também não poderão ingressar na residência médica. 
A chamada Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem) está prevista no Programa Mais Médicos (Lei 12.871/2013) e em resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE). Pelas normas, o prazo para que a avaliação começasse a ser aplicada termina este ano. 
A aplicação começará pelos alunos do 2º ano de medicina em agosto. A medida em que os alunos avançam nos estudos, as demais avaliações serão implementadas. A do 6º ano passará a ser aplicada em 2020. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (1º) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante. 
Segundo o Ministério da Educação (MEC), cerca de 20 mil estudantes farão a prova em 2016. Aqueles que não obtiverem a nota necessária poderão refazer a prova. Serão feitas várias provas em um mesmo ano, assim, o estudante que não obtiver a nota mínima ou aquele que deseja antecipar a prova antes mesmo do fim do curso, poderá fazê-lo. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) será responsável pela avaliação.
Do Portal NS/Agência Brasil

Valente: motociclista fica gravemente ferido após colisão com carro

3f8c53e0-0d2c-4b59-9128-194fe0404694
Acidente ocorreu na BA-120, próximo ao Ginásio de Esportes de Valente, na noite desta sexta-feira (1º) | Foto: Reprodução/WhatsApp
Um motociclista ficou gravemente ferido após colisão com um carro em Valente, na noite desta sexta-feira (1º). O acidente aconteceu na BA-120, próximo ao Ginásio de Esportes do município. 
De acordo com informações do repórter Wilson Carneiro, o motociclista, identificado como Marcos Vinicius, foi levado ao hospital da cidade com escoriações pelo corpo, além de suspeita de fratura no braço direito e fratura exposta na perna esquerda. 
Em seguida, ele foi transferido para outra unidade em Salvador. O estado de saúde dele é considerado estável. Não há informações sobre o condutor do carro.  A Polícia Militar foi acionada e esteve no local.
Redação Notícias de Santaluz

Ex-secretário petista recebeu R$ 500 mil de empreiteiras da Lava Jato

1609240
O ex-secretário-nacional do Partido dos Trabalhadores Silvio Pereira é alvo de prisão temporária | Foto: Luiz Carlos Murauskas – 08.jun.2005/Folhapress
O ex-secretário petista Silvio Pereira, alvo da 27ª fase da Operação Lava Jatonesta sexta-feira (1º), recebeu pagamentos das empreiteiras OAS e UTC, que somam R$ 500 mil, na conta bancária de uma de suas empresas. 
Silvio Pereira foi um dos mais importantes quadros da direção nacional do PT, tendo deixado o comando da legenda após o escândalo do mensalão, em 2005. Ficou famoso na ocasião por ter recebido uma Land Rover de presente de uma empreiteira, a GDK. 
Segundo a Lava Jato, há suspeitas que o presente era propina relacionada à Petrobras. As informações foram obtidas pelo Ministério Público Federal na quebra de sigilo das empresas e apresentadas ao juiz federal Sergio Moro para pedir a prisão preventiva de Silvinho – Moro só deferiu a temporária. 
Segundo a Procuradoria, os pagamentos eram uma “mesada” para Silvinho não delatar possíveis fatos ilícitos que tivesse conhecimento envolvendo o PT. “É provável que tais pagamentos se refiram à ‘mesada’ que o PT destinou a Silvio Pereira por intermédio de desvios em contratos que a UTC e a OAS mantinham com a Petrobras”, escreveram os procuradores da força-tarefa da Lava Jato. Para eles, “ao que tudo indica”, os pagamentos ocorreram sem a correspondente prestação de serviço.
Do Portal NS/Folha de S. Paulo

Petrobras lança programa de incentivo à demissão voluntária

97965-3
Foto: Arquivo/Agência Brasil
A Petrobras informou nesta sexta-feira (1º) que lançou um Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário (PIDV). A medida é destinada aos empregados da empresa controladora (não vale para subsidiárias), independentemente da idade e do tempo de empresa. 
O custo previsto é de R$ 4,4 bilhões, mas a empresa espera economizar R$ 33 bilhões nos próximos quatro anos. De acordo com a estatal, o objetivo é reduzir o número de empregados para adaptar a força de trabalho às necessidades do Plano de Negócios e Gestão. 
Hoje, a empresa controladora tem 57.046 empregados, dos quais 12 mil estão em condições de se aposentar. O período de inscrições vai de 11 de abril a 31 de agosto de 2016. 
A primeira edição do programa foi lançada em janeiro de 2014 e já teve 6.254 desligamentos. Outros 1.055 empregados inscritos em 2014 têm previsão de saída até maio de 2017.
Do Portal NS/Agência Brasil

Sem cobrança de taxa, conta de luz fica mais barata a partir desta sexta

97964-3
Foto: Divulgação
O valor da conta de luz fica mais barata a partir desta sexta-feira (1º). A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) programou para o início do mês de abril a mudança da cor da bandeira tarifária de amarelo para verde. 
Com isso, a taxa adicional cobrada pelo custo da produção de energia elétrica fica extinta. Até março, era cobrado um valor extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos. 
Desde a criação do sistema de bandeiras, em janeiro de 2015, esta é a primeira vez que ela passa para a cor verde. Segundo a Aneel, a cor da bandeira tarifária varia de acordo com o custo de geração da energia elétrica. 
A taxa está em seu valor mais alto quando ela é vermelha. A cor amarela provoca uma cobrança mais baixa, enquanto a bandeira verde extingue a cobrança adicional. Em 2015, os consumidores pagaram R$ 14,7 bilhões a mais nas contas de luz por conta da bandeira tarifária.
Do Portal NS/Bahia Notícias

Juazeirense contrata atacante que se destacou no Baianão pelo Jacobina


A Juazeirense anunciou a contratação do atacante Toni Galego, que disputou o Campeonato Baiano pelo Jacobina. O jogador, no entanto, não vai poder atuar nas finais do Baianão, já que o prazo de inscrições para a competição estadual já se encerraram.

Sendo assim, Toni Galego será aproveitado pelo Cancão de Fogo na disputa da Copa do Brasil. A Juazeirense estreia no torneio nacional diante do Cuiabá-MT, na próxima quarta-feira (6).

"Fui muito bem recebido. Uma equipe bem unida. Joguei contra no domingo, já sabia que era um time de muita qualidade, bem composta. Isso dá confiança que podemos fazer um bom trabalho aqui também", comenta o jogador.

Aos 28 anos, Toni Galego teve a sua primeira experiência como jogador profissional nesta temporada, no Jacobina. Como amador, disputou onze edições do Intermunicipal, onde sagrou-se campeão em 2008 pela seleção de Conceição de Coité e vice-campeão, em 2009, por São Francisco do Conde.

Do Portal Galáticos Online

Gika Lopes participa de mobilização em Brasília a favor da democracia

“Uma mobilização histórica em que o Brasil diz não ao golpe e mostra a sua vontade em continuar crescendo por meio de uma gestão voltada para continuar transformando o país em um ambiente mais justo e igualitário. Uma experiência sem igual, que só me estimula a continuar na luta, a continuar buscando a melhoria para meu povo, que me dá orgulho em fazer parte desse projeto,” afirmou o deputado Gika Lopes durante ato em defesa da democracia, em Brasília.
A mobilização foi realizada nesta quinta-feira (31) e contou com a população, movimentos sociais e representantes do Partido dos Trabalhadores (PT), entre eles, suas principais lideranças Dilma Rousseff e Lula, além de governadores, senadores, deputados, prefeitos e vereadores do PT e base aliada. No total, foram mais de 800 mil pessoas em 75 cidades brasileiras.
Serrinha
No ato de mobilização também realizado em Serrinha, o auditório da Uneb ficou lotado e o mandato do deputado Gika Lopes, representado pelo assessor Euzimar Carneiro, marcou presença. Durante seu depoimento, Euzimar convocou a população para defender a democracia e esclareceu sobre o cenário atual: "Nós temos que estar com o discurso preparado e alinhado contra o impeachment , pois pedalada fiscal não é crime e, por isso, não se tem embasamento jurídico para impugnação do mandato da presidenta Dilma. O que está em curso é sim um GOLPE," disse.

Da Assessoria de Comunicação do Deputado estadual Gika Lopes (PT)

Polícia Federal deflagra 27ª fase da Operação Lava Jato em SP

polícia-Federal
Foto: Divulgação
A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (1) a 27ª fase da Operação Lava Jato para investigar a prática dos crimes de extorsão, falsidade ideológica, fraude, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. 
Nesta fase, denominada Operação Carbono 14, estão sendo cumpridas 12 ordens judiciais: três mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva em São Paulo (SP), um mandado de busca e apreensão e um de prisão temporária em Carapicuíba (SP), um mandado de busca e apreensão em Osasco (SP) e três mandados de busca e apreensão, além de um de prisão temporária em Santo André (SP). 
Cinquenta policiais estão envolvidos nesta operação. Os presos serão encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, enquanto aqueles conduzidos para depoimentos serão ouvidos na cidade de São Paulo. 
Esta fase foi chamada de Operação Carbono 14 em referência a procedimentos usados pela ciência para a datação de itens e a investigação de fatos antigos. Às 10h, a PF dará entrevista coletiva em Curitiba para dar detalhes da operação.
Do Portal NS/Fonte:Agência Brasil