SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 30 de janeiro de 2016

Meia atacante Kayve promete ser destaque no Vitória da Conquista

O campeonato baiano Sub 20 não tem recebido muita atenção dos clubes nos últimos anos. Muitas vezes visto pelos dirigentes como gasto e não como investimento para um futuro bem próximo. Mas com o Vitória da Conquista tem sido diferente, tanto que o Bodinho disputou esse ano a Copa São Paulo de Futebol Junior. 

O presidente Ederlane Amorim tem investido também na sua base, ao contrário de alguns que só se preocupam em se livrar do Sub 20. Uma das grandes promessas do clube no sub 20 do Conquista esse ano é o jovem meia atacante Kayve, natural de Camaçari e jogador do Projeto Fênix de Futebol. 

Kayve tem 19 anos e já acumula dois Intermunicipal no seu currículo por Simões Filho em 2014 e Ibirapitanga em 2015. O jovem atleta também foi campeão da Taça Internacional de São João da Boa Vista em São Paulo em 2015 pela seleção de Simões Filho na categoria 97/98. 

Kayve garante que vai ajudar o Bodinho a chegar na final do Baianinho deste ano. "Nosso time é qualificado. Temos um bom elenco e um bom treinador, tenho certeza que vamos chegar na final este ano", declarou Kayve. 

O garoto sonha alto e apesar de ainda ter dois anos para disputar o sub 20, o objetivo dele é chegar ao profissional. "Tive mais dois convites este ano, do Colo-Colo e do Atlético de Alagoinhas, mas optei pelo Conquista que vai disputar três competições e as chances de chegar ao profissional são maiores", disse o jogador. 

Por Paulo Roberto Argollo

ECAD 2015: Sai a lista dos cantores que mais ganharam com direitos autorais

Acaba de ser divulgada a lista dos artistas que mais ganharam dinheiro com direitos autorais no Brasil no ano passado segundo o Ecad, Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, na categoria Rádio.

Em primeiro lugar está Bruno Caliman, compositor baiano que já teve canções gravadas por nomes como Bruno e Marrone, Luan Santana e Gusttavo Lima. O segundo lugar ficou Anderson Freire, o terceiro com Roberto Carlos, o quarto com Sorocaba, da dupla com Fernando, e a quinta colocação coube a Nando Reis(confira abaixo a lista completa).

E apesar da crise, o setor de direitos autorais de execução pública de música comemora os ótimos resultados do ano passado. No total, o Ecad distribuiu R$ 771.702 milhões a 155.399 titulares de música (compositores, intérpretes, músicos, editores e produtores fonográficos) e associações. Um valor quase 10% acima da meta estipulada pela instituição para o ano. Do total distribuído, 68% foram repassados para o repertório nacional. Além dos valores distribuídos, a entidade divulgou também rankings inéditos das músicas mais tocadas em 2015.

Confira os 20 primeiros:
Acaba de ser divulgada a lista dos artistas que mais ganharam dinheiro com direitos autorais no Brasil no ano passado segundo o Ecad, Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, na categoria Rádio. Em primeiro lugar está Bruno Caliman, compositor baiano que já teve canções gravadas por nomes como Bruno e Marrone, Luan Santana e Gusttavo Lima. O segundo lugar ficou Anderson Freire, o terceiro com Roberto Carlos, o quarto com Sorocaba, da dupla com Fernando, e a quinta colocação coube a Nando Reis (confira abaixo a lista completa).

E apesar da crise, o setor de direitos autorais de execução pública de música comemora os ótimos resultados do ano passado. No total, o Ecad distribuiu R$ 771.702 milhões a 155.399 titulares de música (compositores, intérpretes, músicos, editores e produtores fonográficos) e associações. Um valor quase 10% acima da meta estipulada pela instituição para o ano. Do total distribuído, 68% foram repassados para o repertório nacional. Além dos valores distribuídos, a entidade divulgou também rankings inéditos das músicas mais tocadas em 2015.

Do Portal Interior da Bahia

Globo agora ganha rivais também na disputa pelos direitos da Copa do Brasil

Globosat, Esporte Interativo e Fox Sports abordaram a CBF interessados nos direitos de transmissão da Copa do Brasil, este blog apurou com uma fonte na CBF ligada diretamente às negociações de TV.

A informação foi confirmada ao blog pelo representante de uma das TVs que conversou com a CBF no fim do ano passado e que foi informado pela confederação sobre a existência de outros interessados.

A CBF, porém, apesar do interesse das três emissoras, não abriu negociação com nenhuma das emissoras, por considerar “muito prematuro''. Afinal, o contrato em vigor da CBF com a Globo/Globosat para a transmissão da Copa do Brasil se estende até 2018. A Fox Sports já exibe algumas partidas da Copa do Brasil por conta de um acordo de repasse com a Globosat.

O canal fechado Sportv, do sistema Globosat, e Esporte Interativo protagonizam uma disputa pelos direitos de 2018 em diante do Campeonato Brasileiro de Futebol  para a TV fechada. Atualmente os direitos são da Globo/Globosat, que já renovou com sete clubes: Corinthians, Vasco, Botafogo, Vitória, Sport, Cruzeiro e Atlético-MG.

Segundo clubes que negociam com o Esporte Interativo, o canal fixou o final da semana que vem como deadline para uma decisão dos clubes com quem negocia sua proposta.

O Esporte Interativo intensificou o diálogo com os clubes de futebol que ainda não fecharam com a Globosat depois de ter garantido sua entrada na grade da operadora de TV a cabo NET, fechada no fim do ano passado e concretizada este mês. Há, da parte do Esporte Interativo, a expectativa de entrar na grade de outra grande operadora, a Sky.

Com a Liga dos Campeões e Copa do Nordeste como principais atrações, o canal necessita de outras atrações de peso ao vivo para preencher a grade no período noturno e aos finais de semana. Como os direitos da Série B do Brasileiro foi renovada até 2020 com a Globosat, assim como os direitos do Paulista, as competições mais interessantes que ainda estão no mercado são o Brasileirão e a Copa do Brasil.

O Esporte Interativo, que foi adquirido pelo grupo Turner, chamou a atenção dos clubes ao ofertar uma soma que pode chegar a até entre cinco e seis vezes o que a Globosat paga pelos direitos em TV fechada, por concordar com o modelo inglês de distribuição do dinheiro, uma reivindicação dos clubes, e pelo fato de ter adquirido a Liga dos Campeões.

Mas quem conhece a fundo o funcionamento do sistema de pay-per-view alerta que a exposição de clássicos regionais, como o Grenal, pelo Esporte Interativo em suas praças pode prejudicar a atratividade do pay-per-view, o que pode mexer no bolso dos clubes. Hoje, 38% da receita do pay-per-view é direcionado para os cofres dos clubes de futebol.

Há o potencial também de que muitos jogos fiquem fora da TV por assinatura se parte dos clubes assinar com o Esporte Interativo e a outra parte permanecer com a Globosat. Segundo a legislação brasileira, não prevalece o mando de campo. Pela Lei Pelé, os dois times teriam que estar fechados com a mesma emissora para que a partida seja transmitida.

Na TV aberta, Record e Rede TV!, que tentaram adquirir os direitos do Brasileiro no episódio que culminou na implosão do Clube dos 13 anos atrás, agora não demonstraram interesse em enfrentar a Globo. (Informações do UOL).

Do Portal Interior da Bahia

Vitória 3 x 0 Jacuipense: Veja os melhores momentos

O Vitória teve uma estréia esperada na estréia do Baianão 2016, na tarde deste sábado, o Leão venceu por 3 x 0 o Jacuipense, no Estádio Barradão. 

Os estreantes Marinho e Alípio e Arthur Maia marcaram os gols O goleiro Fernando Miguel voltou a se destacar ao defender um pênalti cometido por ele mesmo, no segundo tempo, quando o placar estava 2 x 0. 

O próximo jogo do Rubro-Negro será contra o Vitória da Conquista, dia 10 de fevereiro, Quarta-feira de Cinzas, às 20h45, no Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus.

Veja os melhores momentos
         
Do Portal Futebol Bahiano

Vitória estreia no Baianão aplicando 3 x 0 na Jacuipense

O Esporte Clube Vitória executou com o sucesso sua primeira tarefa em busca do titulo do Campeonato Baiano na sua edição 2016. 

Estreou hoje à tarde abrindo a primeira rodada da competição contra o esforçado clube da Jacuipense no Estádio do Barradão e com as dificuldades naturais de um jogo de estréia venceu pelo placar de 3 x 0, e desta forma, assume a liderança do grupo 1 até o complemento da rodada que acontece neste Domingo com outros 4 jogos.

O primeiro tempo até que o Jacuipense ensaiou fazer alguma cara feia ao criar duas jogadas de perigo de gol, ambas barradas pelo goleiro Fernando Miguel, no entanto, inferior tecnicamente ao Vitória, o time de Riachão de Jacuípe não manteve a pegada e como já previsto acabou o primeiro tempo perdendo por 1 x 0, com Arhur Maia aproveitando cruzamento de Vander para abrir o placar.

No segundo tempo nem susto aconteceu. O Vitória foi soberano em campo, fez o segundo através de Marinho, dominou completamente a etapa sem ser ameaçado pelo Jacuipense de forma importante, isto até aos 22 minutos, quando o goleiro Fernando Miguel derruba o atacante Tiago Orobó. É marcado penalidade que próprio Tiago bate para a defesa do goleiro rubro-negro. Aos 32 minutos o atacante Alípio que substituiu Thiago Real fez o terceiro. Com 3 x 0 no placar o jogo que era morno e sem grande ações ofensivas digna de registro, se arrastou até o seu final com um resultado justo, e, sobretudo esperado pela disparidade de forças entre as equipes que gerava um enorme favoritismo do Leão

O próximo compromisso rubro-negro só acontece após o carnaval, justamente no dia 10, quarta-feira de cinza quando enfrenta o Vitória da Conquista não no Estádio Lomanto Júnior tradicionalmente mando de campo do ECCP, e sim no estádio Mário Pessoa pertencente à prefeitura do Município de Ilhéus, isto em virtude das obras ainda não finalização do gramado do Estádio Lomantão. Já o Jacuipense volta a campo no dia 14, quando encara o Galicia em casa.

Do Portal Futebol Bahiano

Esporte Clube Bahia fará amistoso no Estados Unidos

O Esporte Clube Bahia através do se site oficial anunciou que fará mais um amistoso temporada de 2016. Desta vez, a partida será contra uma equipe internacional, nos Estados Unidos.

No próximo dia 27 de fevereiro, o Esquadrão de Aço enfrentará o Orlando City SC. O confronto, no Estádio Orlando Citrus Bowl, fará parte da programação de preparação da equipe norte-americana, atualmente liderada pelo brasileiro Kaká.

Esta viagem para os Estados Unidos é mais uma ação do clube em comemoração aos 85 anos. Para o presidente Marcelo Sant’Ana, este jogo comprova que o Esquadrão continuará entre os maiores do país e como referência para outras equipes.

“A Major League Soccer (MLS) tem se desenvolvido muito e a indústria esportiva nos EUA é referência mundial. É estimulante conhecer este mercado através do Orlando City, um clube com traços brasileiros e um dos mais populares da liga dos EUA graças à sua gestão e à paixão da sua torcida”, afirmou.

A realização desta partida contou com a compreensão e colaboração da Federação Bahiana de Futebol (FBF). A entidade, presidida por Ednaldo Rodrigues, entendeu que este jogo seria benéfico ao Bahia, seu filiado, e fará um ajuste na data do duelo contra o Galícia, na Arena Fonte Nova, que seria no dia 27/02, sem prejudicar os demais participantes.

O Tricolor de Aço será o quinto clube brasileiro, o primeiro do Norte e Nordeste, a enfrentar o Orlando City em um amistoso. Antes do Bahia, a equipe da Major League Soccer (MLS) enfrentou o Fluminense, duas vezes, e os outros três confrontos foram contra São Paulo, Flamengo e Ponte Preta.

Do Portal Futebol Bahiano

Barrocas: Comerciante que recebeu Notas Falsas alerta para risco de novos atos

Com avaliação, não é difícil a identificar a falsificação
Notas falsas foram passadas numa Lanchonete e Bomboniere no povoado do Rosário, zona rural de Barrocas na ultima quinta-feira (28).

O comerciante Reginaldo Ferreira, conhecido como Rege acredita que devido ao grande movimento por conta da rodada da 7° Copa Rosário de Futsal, a família não notou que o dinheiro era falso. De acordo com Rege, as notas de Cinco Reais (R$5,00) só foram reconhecidas no dia seguinte, quando um fornecedor alertou a presença do dinheiro falso entre as cédulas verdadeiras.

Além destas, o comerciante, teme que possa ter recebido mais notas falsas, pois realizou outros pagamentos, ele aproveitou para alertar comerciantes e moradores para a pratica criminosa. 
As cédulas falsas são menores que a verdadeira
As notas passadas na lanchonete tem o mesmo detalhes de manchas e numeração, uma delas tem nos dois lados a mesma imagem e o tamanho não corresponde com as notas verdadeiras. Preocupado com a situação e para novos prejuízos, o comerciante que há cerca de 35 anos trabalha no povoado faz um alerta e pede muita cautela quando receber notas suspeitas; "Mesmo com movimento mesmo na correria, seja quem for temos que observar, pois a pessoas pode ter sido vítima do golpe assim como nós".

@ Nossa Voz - Da Redação Por Victor Santos

Cantora do XCalypso deixa banda após discussão com Ximbinha; ele ‘vive bêbado’

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A cantora Thábata Mendes deixou a banda XCalypso na tarde desta sexta-feira (29). A banda foi formada, há cerca de três meses, após a separação de Ximbinha (antes Chimbinha) e a cantora Joelma. 

Thábata decidiu largar o projeto após uma discussão entre ela e o guitarrista no final de um show ocorrido na cidade de Tibau no Rio Grande do Norte, dia 16 deste mês. O público presente no show foi pequeno, e alguns fãs da cantora se reuniram na frente do camarim após a apresentação. 

Thábata quis atender cada um e Ximbinha teria se irritado com a demora e deixou o local com os músicos. Segundo o jornal Extra, Thábata não aguentava mais ser maltratada por Ximbinha, e que a situação ficou insustentável. 

Uma fonte ligada ao jornal ainda disse que o guitarrista “vive bêbado”, e que tudo que foi publicado sobre ele é “a mais pura verdade”. Mesmo com a saída de Thábata, a XCalypso anunciou dois shows para os próximos dias, sendo um neste sábado (30) em Senador José Porfírio no Pará, e outro no dia 10 de fevereiro, com o bloco Tapera, em Cametá, no mesmo estado. 

Em janeiro, ao mesmo jornal, a cantora havia falado sobre o primeiro show da banda, e que esperava vaias do público, mas foi surpreendida com a reação positiva dos que assistiram a apresentação.

Do Portal A Voz do Campo/Fonte: Bahia Notícias

Encontro da Imprensa em Riachão do Jacuípe faz homenagem a Marcos Pita

Dez anos sem Marcos Pita
Neste domingo (31), a partir das 9h da manhã no Clube Mandacaru, em Riachão do Jacuípe vai ser realizado o sexto Encontro da Imprensa da região.

O evento começará com a recepção dos participantes e em seguida tem o torneio de futebol society, com equipes de várias cidades. Depois tem o almoço, música ao vivo, bate papo e outras atrações.

Esta é a sexta edição do Encontro que iniciou em Riachão do Jacuípe por dois anos seguidos, depois Conceição do Coité (2013), Ichu (2014) e 2015 foi em Serrinha. Este ano seria em Teofilândia, mas por incompatibilidade mudou para a cidade jacuipense.

O sexto Encontro da Imprensa da região vai homenagear o saudoso radialista, Marcos Pita, irmão de Mário Amaral e Max Vidal que também são comunicadores. Pita morreu no ano de 2006.

Por Cival Anjos


Nordestinos estão divididos sobre afastamento de Dilma da presidência


Apesar da desconfiança na capacidade da presidente Dilma Rousseff (PT) em tirar o país da crise econômica, os nordestinos são bem mais refratários ao impeachment da petista que os eleitores do restante do país.

De acordo com pesquisa do Instituto Paraná, divulgada pela coluna Satélite do jornal Correio, 50,5% dos entrevistados no Nordeste se disseram favoráveis ao afastamento de Dilma. O índice é 13 pontos menor que o detectado no Sudeste e 11 abaixo do percentual do Sul, Centro-Oeste e Norte. 

A média geral é de 59,4% , segundo o instituto. Entre os que são contrários à destituição da petista, os nordestinos lideram com folga, com 46,1%.

Do Portal CS

Traficante preso em Aracaju (SE) será recambiado para o ‘Cebolão’ de Serrinha


Um dos maiores traficantes e assaltante de banco do interior da Bahia, Hugo Péricles Ribeiro de Santana, será recambiado para o Presídio de Segurança Máxima de Serrinha, o ‘Cebolão’. 

Ele foi preso na quinta-feira, 28, em sua casa no Condomínio QualiVida Residence, no bairro Jabotiana, em Aracaju (SE). Hugo Péricles também é conhecido como o braço direito do traficante Adilson Souza Lima, o Roceirinho, também recluso no Presídio de Serrinha.

Hugo Péricles estava com a esposa, que também tem passagens pela polícia por tráfico de drogas, no momento da prisão pelas equipes dos departamentos de Combate e Repressão ao Crime Organizado (Draco), Polícia do Interior (Depin) e Coordenação de Operações Especiais (COE) e da Polícia Civil. 

Investigação - O traficante havia sido liberado pela Justiça do ‘Cebolão’ de Serrinha no ano passado, por meio de condicional. Ele então voltou a liderar o tráfico de drogas na região das cidades de Euclides da Cunha e Ribeira Pombal. Segundo investigações da Polícia Civil, foi Hugo quem determinou a morte de vários traficantes rivais nos municípios onde ele estava atuando.

Além disso, ele também apontado por promover duas fugas de presos das carceragens das Delegacias de Euclides e Pombal, em dezembro do ano passado. O traficante ainda é envolvido com explosões de caixas eletrônicos em cidades do interior.


Do Portal Clériston Silva

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Homem executado a tiros em Coité

luquinhas.des
Um homem identificado por Lucas Araújo Brito, que completaria 24 anos, na próxima terça-feira,03, foi executado a tiros na Rua Duque de Caxias, em Conceição do Coité, por volta das 21h40 desta sexta-feira. A vítima levou entre três e quatro tiros principalmente na cabeça e veio a óbito no local.
Luquinhas faria 24 anos na próxima terça-feira, dia 3.
Luquinhas faria 24 anos na próxima terça-feira, dia 3.
A Policia Militar esteve no local, mas até o fechamento dessa reportagem não tinha informações de quantos participaram e nem a motivação do crime. 

Informações passadas por populares apenas que Luquinhas como era conhecido teria descido correndo e alguns homens atrás atirando. Não há informações também como foi a fuga dos assassinos.

Segundo a Policia a vítima tinha envolvimento com droga, e pessoas comentavam no local que pode ter sido também por motivos passionais. Mas somente a Policia Civil poderá investigar e apontar a possível motivação.

A Guarda Municipal também esteve no local e isolou a área onde o corpo se encontra enquanto aguarda a chegada da equipe de peritos de Serrinha com o rabecão para conduzir o corpo ao Departamento de Policia Técnica – DPT de Feira de Santana.

Luquinhas morava no Bairro dos Barreiros, era solteiro, mas deixa dois filhos menores.

Redação CN

“Dez Mandamentos”: filme desnuda as falhas e os exageros da novela na TV

Era de se esperar, no processo de transformar uma novela de 176 capítulos em um filme de 120 minutos, que muita coisa marcante ficasse de fora. O que mais chama a atenção em “Os Dez Mandamentos”, no entanto, é que ele se livrou de tudo que fez a fama do folhetim bíblico. E acho que isso fez bem para o longa-metragem.

Todas as tramas paralelas, os amores impossíveis, os dramas terríveis, os três grandes vilões, enfim, as invenções mais rocambolescas de Vivian de Oliveira se tornaram acessórias ou simplesmente sumiram no filme.

Nefertari (Camila Rodrigues), que passou nove meses com o coração dividido entre Ramsés (Sérgio Marone) e Moisés (Guilherme Winter), mal abre a boca na tela grande. Sua mãe, Yunet (Adriana Garambone), uma das vilãs mais implacáveis da teledramaturgia brasileira, quiçá mundial, só comete uma pequena vilania no filme.

O capataz Apuki (Heitor Martinez), que passou a novela espancando a mulher, oprimindo a filha e chicoteando os escravos, só tem importância na cena da adoração ao bezerro. O hebreu traíra Corá (Vitor Hugo), que entre outros absurdos roubou o cajado de Moisés, passa as duas horas no cinema praticamente calado.

O filme também sumiu com todas as histórias de amor impossíveis, em especial a de Oséias (Sidney Sampaio) e Ana (Tammy Di Calafiori). E a da princesa Henutmire (Vera Zimmerman) e o joalheiro hebreu Hur (Floriano Peixoto).

Todo o núcleo de Meketre (Luciano Szafir) e Tais (Babi Xavier) simplesmente desapareceu (nesse caso, duvido que alguém reclame). Por outro lado, o ótimo sacerdote Paser (Giuseppe Oristânio) e seu hilário assistente Simut (Renato Livera) mal dão as caras.

O terrível drama da hebréia que foi obrigada a se prostituir na casa de Senet não é mencionado. Assim como também é ignorada a saga do casal formado por Uri (Rafael Sardão) e Leila (Juliana Didone), divididos em relação a fé e o amor. Bem como todas as histórias de Zipora (Gisele Itiê) e suas irmãs, em especial a da que se apaixona por Moises e vira prostituta.

Você deve estar se perguntando: o que sobrou? Bem, o filme se limita a relatar as histórias bíblicas conhecidas por qualquer leitor do Velho Testamento. Nada muito além disso. Para quem assistiu a novela, o mais bacana é ver as cenas de maior impacto na tela grande – a diferença é notável.

A história de Vivian Oliveira, porém, não foi pensada originalmente para o cinema e isso acarreta um outro problema. Ao excluir todo o recheio que a autora inventou, muitos fios ficam soltos, difíceis de entender. Para resolver isso, Josué (ex-Oseias) surge como o narrador da história, num tom que lembra professor de história do primário.

Nos últimos dez minutos, o filme avança na trama, mostrando uns poucos episódios que a novela não exibiu. Serão seguramente vistos na chamada “segunda temporada” de “Os Dez Mandamentos'', que a Record ainda não definiu quando vai estrear.

Quem não assistiu a novela vai se surpreender, talvez, com o tom de pregação religiosa de Moisés e seus familiares – uma característica marcante do folhetim bíblico da emissora. Mas, tirando isso, não vai se aborrecer muito com o filme.

As duas horas correm rápido e, nos momentos épicos mais conhecidos (as pragas, a abertura do Mar Vermelho, a entrega das tábuas por Deus), não fica devendo muita coisa a outros filmes do gênero.

Em tempo
Prepare-se. Na sessão em que vi “Os Dez Mandamentos”, fui obrigado a assistir a trailers de quatro filmes com temática bíblica e/ou mística que vão estrear nos próximos meses. A saber: “Ressurreição”, com Joseph Fiennes, “Deuses do Egito”, com Gerard Butler, “Deus Não Está Morto 2” e “O Jovem Messias''. Sai de baixo. (UOL).

Do Portal Interior da Bahia

Confirmado: Última reforma do sítio de Lula foi feita pela empresa Odebrecht

A ex-dona de uma loja de materiais de construção e um prestador de serviço de Atibaia (SP) afirmaram à Folha que a empreiteira Odebrecht realizou a maior parte das obras de reforma.

A reforma teve início em outubro de 2010, quando Lula estava no fim de seu segundo mandato como presidente. A Odebrecht disse que, após apuração preliminar, não identificou relação da empresa com as obras. Lula não quis comentar.

A propriedade rural, de 173 mil m² (o equivalente a 24 campos de futebol), está dividida em duas partes. Uma delas está registrada em nome de Fernando Bittar, filho de Jacó Bittar, amigo que fundou o PT com Lula. A outra pertence formalmente ao empresário Jonas Suassuna, sócio, assim como Bittar, de Fábio Luís da Silva, o Lulinha, filho do e­­x-presidente.

A Odebrecht gastou nas obras cerca de R$ 500 mil só em materiais, estima Patrícia Fabiana Melo Nunes, 34, à época proprietária do Depósito Dias, loja que forneceu produtos para a reforma no sítio. “A gente diluía esse valor total em notas para várias empresas, mas para mim todas elas eram Odebrecht”, diz.

Segundo Patrícia, que não quis ser fotografada, os trabalhos no sítio foram coordenados pelo engenheiro da Odebrecht Frederico Barbosa, que cuidou da construção do Itaquerão, estádio do Corinthians, outra obra da empreiteira.

Em entrevista à Folha, o engenheiro confirmou que trabalhou na reforma. Disse, porém, que estava de férias da Odebrecht no período, prestou serviços de graça e não sabia que o ex-presidente tinha ligação com o local.

Patrícia afirmou que abriu na loja um cadastro em nome da Odebrecht, mas, a pedido do engenheiro, emitiu notas de compras feitas pela construtora em nome de outras companhias. Parte dos materiais, admitiu ela, foi comercializada sem registro fiscal.

Como compravam muito no depósito e no sítio não havia sinal de internet, Patrícia disse ter cedido uma mesa no estabelecimento para Igenes Irigaray Neto, arquiteto responsável pela reforma. Durante os cerca de dois meses da obra, além do arquiteto, Barbosa também ia praticamente todos os dias à loja, disse Patrícia.

REFORMA
Em área arborizada, o sítio possuía antes da reforma um lago, uma estrada de acesso e uma casa antiga. Depois, ganhou nova edificação com quatro suítes e um espaço de lazer com churrasqueira.

Segundo Patrícia, os pagamentos da construtora eram feitos semanalmente. “Eu lembro que o Quico [apelido do engenheiro] ligava para um outro senhor, que orientava sobre como era para fazer as notas. Eu não tinha o telefone, o endereço, nada desse outro senhor. Só sabia que na sexta-feira às três horas da tarde ele passava lá para pagar. Os pagamentos giravam em torno de R$ 75 mil a 90 mil por semana, em dinheiro vivo”.

“Era uma mala que tinha outros valores também para pagar para os pedreiros, serventes, etc. Ele ia tirando envelopes de papel pardo. Dava para ver que tinha uma organização na mala para ser rápido, pagar o pessoal em ir embora. Ele só fazia isso”, diz.

Segundo Patrícia, algumas empresas já clientes da loja faziam pedidos e determinavam o sítio como local de entrega dos materiais. Ela contou que havia grande pressa para terminar a reforma até 15 de janeiro de 2011, e em certo período a loja trabalhou quase exclusivamente para a obra.

MARCENEIRO CONFIRMA
O motorista e marceneiro Antônio Carlos Oliveira Santos, 45, disse ter feito serviços de marcenaria no sítio e afirmou que os trabalhos eram chefiados por um engenheiro chamado Frederico.

“Ele [Frederico] me disse que era da Odebrecht, que a Odebrecht estava comandando aquilo. Fui pago por ele em dinheiro vivo. Me chamou a atenção a abundância de dinheiro na obra”. “Todo mundo comentava que o sítio seria para o Lula, mas o Frederico nunca me disse isso”.

RELAÇÕES PERIGOSAS
Maior empreiteira do Brasil, a Odebrecht se aproximou de Lula quando este chegou ao poder. Durante a gestão do petista, a empreiteira participou de algumas das maiores obras do país, entre elas a construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

A Odebrecht é acusada pela Operação Lava Jato de envolvimento em desvios na Petrobras que somam R$ 6 bilhões. O ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, está preso há sete meses.

Lula é alvo de investigação tocada pelo Ministério Público do Distrito Federal para apurar suposto tráfico de influência praticado por ele junto a políticos de outros países, principalmente da África e da América Latina, para conseguir contratos para a Odebrecht. Lula nega ter cometido irregularidades.

Em abril de 2015, a revista “Veja” informou que o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, que é amigo de Lula e um dos alvos da Lava Jato, pretendia, em uma eventual delação premiada, contar que realizou uma reforma no sítio de Atibaia a pedido de Lula. A Polícia Federal passou a investigar se a OAS beneficiou o ex-presidente.

ODEBRECHT AINDA NEGA
Questionada pela Folha sobre o fato de fornecedores da obra no sítio em Atibaia terem afirmado que a Odebrecht foi a responsável pela compra de material e realização das obras no local usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua família, a empresa afirmou não ter relação com o terreno.

“Após apuração preliminar, a Construtora Norberto Odebrecht não identificou relação da empresa com a obra”, disse por meio de sua assessoria de imprensa. A Folha não conseguiu localizar o arquiteto Igenes Irigaray Neto. Frederico Barbosa, engenheiro da Odebrecht que participou das obras, diz que o fez por meio de outra empresa e que seu trabalho foi “apoio informal”.

Procurado, o Instituto Lula disse que não iria se manifestar sobre o conteúdo da reportagem.

SUPOSTO DONO NADA DIZ
O empresário Fernando Bittar, um dos donos da propriedade rural, e que é sócio de Fábio Luís na Gamecorp, não respondeu a nenhuma das tentativas de contato feitas pela Folha. A reportagem telefonou diversas vezes para a empresa de Bittar e enviou e-mails, mas não obteve resposta até o fechamento dessa edição.

O empresário Jonas Suassuna, sócio de Fábio Luís, filho mais velho de Lula, informou que a área que ele possui fica ao lado do sítio e não contém nenhuma das benfeitorias descritas na publicação.

“Não sou dono do sítio Santa Bárbara, sou dono do sítio ao lado. No meu terreno não há nenhuma edificação, e ele foi comprado com o meu dinheiro. Não conheço a Odebrecht. Sou só vizinho e isso não me parece crime”, disse.

Nas escrituras, a área de 173 mil m² está dividida em duas partes, uma registrada em nome de Bittar e o outra no nome de Suassuna. Os dois terrenos vizinhos foram comprados em 2010, pouco antes das reformas terem início, do mesmo proprietário.

Flávio Ferreira - Folha de São Paulo

Matéria extraída do Portal Interior da Bahia

Adriano 'Imperador' volta ao futebol e vai jogar nos EUA

Depois de muita 'ladainha' e disse me disse, enfim o atacante Adriano 'Imperador' está de volta ao futebol. 

Depois de quase dois anos parado, o jogador, que não dispensa uma polêmica, foi anunciado pelo Miami United, da Liga semi-profissional, equivalente à quarta divisão dos Estados Unidos. 

Além de jogar, Adriano será um dos sócios do clube e também atuará na captação de investimentos e marketing.

Na pirâmide do futebol dos Estados Unidos, a NPSL está atrás da Major League Soccer (MLS), North American Soccer League (NASL) e United Soccer League (USL), e em condições iguais à Premier Development League (PDL). 

A competição semi-profissional é dividida em quatro regiões para abrigar times de 29 estados. Em 2015, foram 68 equipes – o Miami United terminou em segundo na Conferência Sunshine e não se classificou para os playoffs.

Do Portal Futebol Bahiano

Enchente em Riachão: Homem luta para salvar animais e sobe no telhado para não ser carregado pelas águas

As chuvas que caíram em Riachão do Jacuípe na última quinta e sexta-feira (dias 21 e 22) deixaram cerca de 4 mil pessoas desabrigadas, derrubaram uma ponte sobre a BR-324, arrastaram a adutora da Embasa em Vila Aparecida, quebraram pontes e passagens molhadas no interior do município, além de danificarem dezenas de estradas vicinais.

Mas em meio a todo esse quadro devastador, aconteceram cenas curiosas, com inúmeras pessoas desesperadas em busca de socorro. Foram homens, mulheres, crianças e animais ilhados, sem saberem o que fazer. Enquanto isso, as águas do rio Boqueirão, principalmente ele, subiam numa velocidade inacreditável.       
  
Uma das cenas que mais chamaram a atenção foi a vivenciada pelo senhor Manoel Alves Oliveira, mais conhecido por Pequeno de Tibúrcio. Morador do bairro Jatobá, às margens do rio Boqueirão, ele lutou desesperadamente para salvar as 43 ovelhas e os 22 porcos que criava na sua pequena área de terra.

Das 43 ovelhas, Pequeno de Tibúrcio conseguiu salvar oito; dos 22 porcos, ele salvou nove. Foi tudo muito rápido, e mesmo com as águas invadindo a sua residência, num ato heroico, Pequeno de Tibúrcio arriscou a própria vida para salvar o seu pequeno criatório. No final, ele e parte dos animais salvos foram parar no telhado da casa.

Segundo seu Manoel, o prejuízo foi de R$ 9 mil. “Eu tenho para mim que o meu prejuízo foi mais de R$ 9 mil. Mas vamos ver depois, pelo menos salvei a minha vida”, disse.

Antes de seu Manoel descer do telhado, os filhos já haviam sido comunicados em Feira de Santana e chegaram a tempo para tentar socorrer o pai daquela situação dramática.

“Logo que eles me viram, pediram para eu descer do detalhado. Mas eu disse que eles não entrassem na água. Fiquem lá, não venham cá não. Eu tô tranquilo aqui, falei para eles”, contou seu Pequeno de Tibúrcio, achando graça da sua própria situação.  

Sem a maior parte do seu pequeno criatório, Pequeno de Tibúrcio não se queixa da sorte. Perguntado sobre o que fazer agora, ele disse que pretendia comprar mais terra para poder criar os seus animais e deixar as margens do rio. “Procurei o Banco do Nordeste para comprar uma pequena área de terra que apareceu, mas exigiram muito documento e desisti”, lamentou.

Da redação do Portal Interior da Bahia/ Foto: Noroel Fernandez

Morre radialista Ed Carlos, conhecido por Tio Ed. aos 73 anos

Morreu na madrugada desta sexta-feira (29), em Salvador, o radialista Ed Carlos, conhecido por todos como Tio Ed, aos 73 anos de idade.

O comunicador baiano que estava internado no Hospital Jorge Valente, em Salvador, sofreu falência múltipla dos órgãos.

Tio Ed fez parte do quadro de comunicadores na Rádio Sociedade da Bahia por quase vinte anos. 

No rádio baiano, Tio Ed apresentou radionovelas, noticiários, programas de variedades, programas humorísticos e jornalísticos. 

Natural da cidade de Feira de Santana, ele começou a carreira na rádio de Feira de Santana. Tio Ed criou a frase que marcou a família baiana: "E o senhor, a senhora, sabem onde estão, com quem estão, e o que é que estão fazendo os seus filhos agora?”

Do Portal Interior da Bahia, com informações do Bocão News 

E.C Bahia: Gustavo treina e deve enfrentar o Juazeirense

O Bahia está pronto para estreia no Campeonato Baiano, diante do Juazeirense, às 16 horas, no Estádio de Pituaçu. 

A presença do zagueiro Gustavo, antes incerta, foi sanada nesta sexta em atividade realizada no Fazendão. 

O jogador se recuperou das dores provocadas por um incômodo muscular na coxa, trabalhou normalmente e está confirmado para a partida.

A tendência é que o time inicie com Marcelo Lomba; Hayner, Robson, Gustavo e João Paulo; Paulo Roberto, Danilo Pires e Juninho; Luisinho, Edigar Junio e Hernane. 

Do Portal Futebol Bahiano