SSS Fardamentos Serrinha

SSS Fardamentos Serrinha

TERRENO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO DUAS TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS (
Contato com Cival Anjos: 75-99121-4433)

sábado, 23 de agosto de 2014

Urnas biométricas serão usadas por 15% do eleitorado brasileiro

Nas eleições deste ano, 762 municípios, entre eles 15 capitais, usarão a biometria nas urnas eletrônicas para identificar os eleitores. Ao todo, 21,6 milhões de pessoas serão identificadas pelo método, o que significa 15% do total de eleitores do país. 
Como as impressões digitais de uma pessoa são únicas e a comparação na base de dados é feita por um programa de computador, a biometria é considerada um dos processos mais modernos e eficazes de identificação humana na atualidade. “É o processo mais seguro que existe”, garante o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino. Segundo ele, o propósito de usar a biometria é reduzir a intervenção humana no processo eleitoral ao máximo e, consequentemente, reduzir também os riscos de erros, fraudes e lentidão. “Podemos dizer que não existe sistema perfeito, mas certamente a identificação biométrica é infinitamente mais precisa e segura que a identificação normal, feita pelo homem”, destaca.
De acordo com Janino, neste momento, o foco do sistema biométrico não é a agilidade no processo de apuração e sim a redução de riscos de fraudes. “O processo de identificação serve para impedir que uma pessoa se passe por outra. Ele vai tornar mais seguro e preciso, não contamos com agilidade, especialmente nesse primeiro momento. Talvez, no futuro”, explica. Em caso de o eleitor não ser reconhecido por meio das digitais, ele deverá apresentar um documento com foto para que o mesário faça a conferência na folha de votação. Nos processos internos de auditoria do cadastro, quando há dúvida sobre a digital entre dois indivíduos, é utilizada análise matemática das características da face por programa de computador.
No dia da votação, o eleitor deverá comparecer à seção portando documento oficial com foto, além do título de eleitor. O número de inscrição será digitado no microterminal da urna e o cidadão colocará o dedo no leitor ótico. O programa fará a conferência da digital e, caso dê positivo, a urna será destravada para que ele vote. Os eleitores que passaram pelo recadastramento biométrico devem ficar atentos a possíveis mudanças de zonas eleitorais. Da Agência Brasil.
Do Portal JC/FOTO: Wilson Dias/Arquivo/Agência Brasil

Mister Bahia 2011 morre em acidente de carro em Salvador

ex-mister bahia
O ex-Mister Bahia 2011, Caian Souza, 24 anos, morreu no acidente que aconteceu na madrugada da última sexta-feira (22). Segundo a Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador), o acidente aconteceu na avenida Tancredo Neves, próximo ao Shopping Sumaré.

Ainda de acordo com a Transalvador, o carro conduzido por Caian, um Volkswagen/Fox, bateu em um caminhão Ford F400 que realizava obras na pista. O enterro foi realizado na manhã deste sábado (23) no cemitério Jardim da Saudade.
carro do ex-mister
Caian foi ex-Mister Bahia no ano de 2011 e atualmente era bancário na agência Bradesco do bairro de Periperi. O grupo “Mister Brasil” publicou uma nota de pesar nas redes sociais. “Com imensa tristeza informamos que o Mister Bahia 2011 e semifinalista do concurso nacional vencido por Lucas Malvacini, Caian Souza, faleceu hoje em um acidente automobilístico na cidade de Salvador. A informação é do seu coordenador na época, Derinho Oliveira. “Caian sempre será lembrado como um rapaz bondoso, amigo, extremamente bem educado. Foi um excelente representante do estado da Bahia no concurso Mister Brasil. Lamentamos profundamente o ocorrido. Aos familiares e amigos do Caian, desejamos sentimentos de força em um momento tão difícil. Que o Caian possa seguir seu caminho na luz, sempre guiado pelo Senhor” disse Derinho.

Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte de Caian. “É inacreditável, é imaginável, é surreal… Ta doendo essa sua partida meu amigo irmão, tento entender, tento achar uma explicação, mas não consigo. Tá muito forte sua imagem alegre, seu jeitão extrovertido, essa energia contagiante, putz, por que ? Você é o cafajeste mais do bem e ingênuo que conheço!Você vai ofuscar as estrelas com seu brilho…Um beijo no seu coração”, postou um amigo.


Reportagem Ibahia

Extraído do Portal CN

BRADESCO de Pintadas: mais um terminal destruído por explosivos

bradeso de pintadas
Destruição de caixas eletrônicas nas madrugadas já virou rotina e tem sido principal pauta do noticiário jornalístico dos últimos anos na Bahia e no Brasil. A Bahia por ser um dos maiores estados em extensão territorial do Brasil e mais de 400 municípios, talvez seja o principal alvo para não ficar uma semana sem o registro de uma explosão a caixas eletrônicos. Efetivo policial e armamento inferior as quadrilhas que surgem nas cidades é sem dúvida o principal motivo dos bandidos se derem melhor nas investidas.

Assim foi na madrugada deste sábado,23, na cidade de Pintadas-BA, região da Bacia do Jacuípe, a desvantagem numérica de policiais em relação ao bando que não se intimidou e foi até o Bradesco do centro da cidade, colocou dinamites no terminal e o resultado foi mais uma agência completamente destruída. Não se sabe ainda se os bandidos conseguiram levar dinheiro, geralmente conseguem.

O policial militar lotado em uma cidade que recentemente passou pela mesma situação de Pintadas disse ao CN que foi possível observar a invasão de uma quadrilha a cidade para estourar o banco, “quando pensamos em sair, que observamos pelo sistema de monitoramento de câmera avistamos dois homens com fuzil próximo ao quartel, como podíamos fazer alguma coisa? Só restou aguardar, ouvir as explosões e minutos depois solicitar apoio de guarnições de cidades vizinhas, mas fica quase que impossível encontrá-los, pois devem ter um esquema muito bem feito”, disse o soldado que pediu para não ser identificado.

A situação mais complicada que o dinheiro levado é o tempo que a agência leva para reformar a unidade para voltar a funcionar, muitas situações, a mesma agência sofre com explosões até mais de uma vez em um ano.

Redação CN * foto: Santiago Radialista

Oportunidade de emprego para profissionais da área de educação para Serrinha


O Instituto de Ensino e Pesquisa Alberto Santos Dumont, com apoio do Ministério da Educação (MEC), abre processo seletivo para contratação de profissionais com Formação em Física, Eletrônica , ou áreas afins, para atuar no Centro de Educação Científica - Unidade de Serrinha – BA, nas seguintes funções: 

- Coordenador de Oficina Didática (Oficina de Ciência e Tecnologia) 
- Auxiliar de Coordenador de Oficina (Oficina de Ciência e Robótica) 

E para profissional com Formação em Ciências Biológicas, para atuar na função de Auxiliar de Coordenador de Oficina (Oficina de Ciência e Ambiente). 

Os interessados devem enviar o Currículo para o endereço: cec.serrinha2014@gmail.com até o dia 28 de agosto de 2014. Os selecionados serão contratados sob o regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). A Carga horária será de 40 horas semanais.

Da Ascom/PMS

Padre exorcista polonês diz receber SMS do demônio

Foto: Daily Mail/Reprodução
O padre Marian Rajchel, da cidade polonesa de Jaroslaw, está tendo problemas inusitados com a tecnologia: o religioso está recebendo mensagens de texto malcriadas de ninguém menos que o demônio. 
Tudo começou quando o padre realizou um exorcismo em uma adolescente e o procedimento não foi bem sucedido. Desde então, o exorcista recebe SMS no celular da garota enviados por Satanás, segundo ele.
Leia também:

Em entrevista ao jornal inglês Daily Mail, Rajchel afirma: "O autor dessas mensagens é um espírito mau". Muitas vezes, os donos de telefones celulares nem têm noção de estarem sendo usados desse modo. No entanto, isso é muito claro nesse caso, disse o padre ao site do jornal inglês. De acordo com ele, o demônio não faz cerimônia em usar as novas tecnologias para assediar as pessoas.
Veja o conteúdo de uma das mensagens recebidas pelo padre polonês: "Ela não vai sair deste inferno. Ela é minha e qualquer um que rezar por ela vai morrer". Rajchel respondeu que rezaria pela garota e obteve outra resposta malcriada: "Cale a boca, pregador. Você não pode salvar a si mesmo. Idiota. Seu patético e velho pregador". E aí, você já recebeu algum SMS maligno? Diga nos comentários!
Siga-me no Twitter: @charlesnisz
Do Yahoo - Por  | Vi na Internet

Elenco do “Zorra Total” pode ser demitido pela Globo

Elenco do "Zorra Total" está com medo do futuro do humorístico
(Divulgação/TV Globo)
A equipe do "Zorra Total" segue apreensiva com o destino do programa na Globo. De acordo com o colunista Flávio Ricco, do jornal "Diário de S. Paulo", internamente, é dado como certo que deve acontecer uma profunda ou até a dispensa total do elenco. Os critérios para escolher quem fica ou sai ainda não foram definidos.
Leia mais:

No entanto, oficialmente, a emissora carioca nega que esteja preparando mudanças no casting. A princípio, apenas alguns nomes serão deslocados para outras produções do canal, o que inclui as novelas.
A ideia é que todas as questões relacionadas ao novo formato do humorístico sejam resolvidas até o mês de setembro. Porém, o público só irá conhecer as novidades em 2015, ano em que a Globo comemora cinco décadas de existência, conforme lembra o mesmo colunista.
A direção da Globo deu a liberdade total para que Maurício Frias, 53, faça as reformulações que julgar necessárias, inclusive no nome da atração. De acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal "O Globo", o canal carioca já decidiu que dez roteiristas estão fora do programa e vão se dedicar a novos projetos.
Aliás, Frias já responde pela direção-geral do "Zorra Total" e tem a ajuda de Marcius Melhem, 42, que continua na equipe do "Tá no Ar: A TV na TV", de Marcelo Adnet, 32.

Recordar é viver

O "Jornal Nacional" em 1989 (Foto: reprodução/Memória Globo)
No pé da home do site Memória Globo há uma seção curiosa. Chama-se "Erros e acusações falsas" e faz um exercício nada comum às emissoras e seus sites: o mea culpa com pitadas de sal nas feridas. Conferir a seção é, no mínimo, um bom exercício de história.
Leia também:
Lançado em 2008, o portal Memória Globo traz uma série de entrevistas e retrospectivas cujo intuito é criar um amplo painel sobre a história da emissora. Poderia se limitar a fazer essa coletânea memorialística e ser apenas uma biblioteca e videoteca virtual, mas a decisão de mostrar o lado não tão bonito da história é admirável. Mesmo quando, em suas explicações sobre os polêmicos momentos, a Globo não seja tão convincente quanto gostaria.
Por outro lado, deve-se louvar a coragem em assumir posições que sempre causaram desconforto nos envolvidos. A parte dedicada às "acusações falsas", por exemplo, toca em temas incômodos. A saber:
Concessões de Canais - A Globo sempre foi acusada de ter sido beneficiada pelos governos militares, embora sua concessão seja anterior ao Golpe de 1964.
Caso Time-Life - Em 1965 o então governador da Guanabara, Carlos Lacerda, denunciou uma suposta relação ilegal entre a emissora carioca e o grupo de mídia norte-americano.
Proconsult - O famoso caso da empresa que teria manipulado a apuração dos votos para governador do Rio de Janeiro, em 1982. A Globo foi acusada de ter envolvimento no ocorrido.
BNDES e Renegociação da Dívida - A emissora teria sido beneficiada pelo banco federal.
Queda do Avião da Gol - Em 2006 a Globo foi acusada de dar mais atenção ao caso dos "Aloprados" do PT, que tentavam comprar um dossiê contra José Serra, do que para a queda do Boeing com 154 pessoas.
Caso da Bolinha de Papel - Em 2010 a emissora é acusada de manipular um incidente envolvendo José Serra e correligionários do PT, que teriam atingido o candidato tucano com um rolo de fita adesiva (ou bolinha de papel, a depender da versão).
Não vamos entrar em detalhes sobre as defesas da emissora, que você pode ler - e assistir - no site. Interessa constatar que há momentos de rara coragem, como o do tópico "concessões de canais". O texto reconhece a simpatia do patrono Roberto Marinho pelo Golpe Militar e acrescenta: "Depois de instaurado o primeiro governo, alguns periódicos passaram para a oposição. Roberto Marinho seguiu dando apoio aos militares. Ele acreditava na vocação democrática do presidente Castello Branco e na eficácia da política econômica desenvolvida por Roberto Campos e Octavio Gouvêa de Bulhões".
Há outros momentos em que a empresa, óbvio, tenta livrar sua cara sem muito sucesso, como noepisódio sobre as Diretas de 1984. Está no bloco "erros". Em "erros", aliás, também está o momento mais interessante da seção. É o que aborda a edição mostrada no "Jornal Nacional" do debate Collor x Lula, em 1989.
O episódio, que ficou famoso no meio político e jornalístico: depois do último debate entre os presidenciáveis Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva, no segundo turno das eleições de 1989, a Globo levou ao ar, durante o "Jornal Nacional", uma edição de "melhores momentos"totalmente favorável a Collor.
Na página da Memória Globo alega-se que a ideia era mostrar quem realmente havia vencido o debate - no caso, Fernando Collor. Mas o mais interessante é ver os depoimentos linkados no pé da página.
Ali, dois dos acusados da manipulação, Alberico de Souza Cruz e Ronald de Carvalho, são confrontados com outros três personagens do episódio: Armando Nogueira, Wianey Pinheiro e Octavio Tostes. O trio é unânime em declarar que houve, sim, uma edição manipulada. Tudo isso está gravado em vídeo, com um Armando Nogueira bastante contrariado e Tostes um tanto ressentido.
Rever esses momentos não é apenas escarafunchar o passado da Globo, mas também relembrar como a nossa história foi construída nas últimas décadas. Só por isso o Memória Globo já merece parabéns.
Do Yahoo - Por  | Tela Plena

Com Marina na disputa, 6 dos 10 adversários de Dilma são ex-petistas

Os ex-petistas Marina Silva (PSB), Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV), Zé Maria (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO)Com a oficialização da candidatura da ex-senadora Marina Silva (PSB), a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, terá seis ex-petistas entre seus dez adversários na disputa à Presidência da República. 

Além de Marina, já militaram no PT Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV), Zé Maria (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) --os quatro últimos são fundadores do PT, inclusive.

Intenção de voto

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Dilma RousseffPT

36

Marina SilvaPSB

21

Aécio NevesPSDB

20

Everaldo PereiraPSC

3

Outros

2

Brancos e nulos

8

Indecisos

9
A trajetória de Dilma é inversa a dos seus adversários ex-petistas. Enquanto os principais quadros de diversos segmentos da esquerda brasileira uniam-se em torno da fundação do PT em 1980, a presidente empenhava-se na construção do PDT (Partido Democrático Trabalhista), sigla de Leonel Brizola surgida em 1979.
Fundadas em um período de grande mobilização social, as duas siglas mantiveram, até o final da década de 90, uma relação conflituosa, em função de divergências programáticas e de disputas pela liderança da esquerda brasileira, personificadas nas figuras de Luiz Inácio Lula da Silva e Brizola.
Dilma só entraria no PT em 2001, curiosamente por conta de desentendimentos internos no PDT nas eleições municipais de Porto Alegre no ano anterior. A presidente e outros pedetistas defendiam que a sigla apoiasse Tarso Genro (PT), enquanto Brizola e a maior parte da legenda eram favoráveis à candidatura própria, de Alceu Collares, que acabou derrotado pelo petista no segundo turno.
Contrária a alianças com partidos de direita, a presidente apoiou o candidato vitorioso, mas o episódio resultou na saída dela e de outros pedetistas, acusados de traição por Brizola. "Venderam-se por um prato de lentilhas", disse o líder trabalhista na época.
O ingresso tardio de Dilma no PT provocou resistência de lideranças da sigla em torno do nome dela para a disputa eleitoral de 2010. A desconfiança, entretanto, foisuplantada pela chancela de Lula à sua ministra da Casa Civil.

Expulsões e rompimentos

Zé Maria e Rui Costa Pimenta, líderes de duas correntes trotskistas consideradas radicais pela cúpula do PT, foram expulsos no início da década de 90, em meio a um processo de reorganização interna capitaneado por José Dirceu. Já Luciana Genro,Eduardo Jorge e Mauro Iasi saíram do PT na primeira metade da década de 2000, quando Lula já governava o país. 
Ao contrário dos demais, Marina chegou a ser um dos quadros mais proeminentes do PT. Deixou o partido por discordar do modelo de desenvolvimento do governo Lula e se filiou ao PV para disputar as eleições presidenciais de 2010.  
Veja os ex-petistas que enfrentam Dilma
  • Eraldo Peres/AP
    Marina Silva (PSB)
    Marina foi do Partido Revolucionário Comunista, grupo que atuava como tendência interna do PT e do PMDB. Ela filiou-se ao PT em 1985 e foi vereadora, deputada estadual, senadora e ministra. Deixou o partido em 2009 e migrou ao PV para disputar as eleições de 2010. Em 2011, Marina fundou a Rede, que não obteve o registro eleitoral. Filiada ao PSB, disputará a Presidência no lugar de Eduardo Campos.
    Foto: Eraldo Peres/AP
  • Gisele Pimenta/Frame/Estadão Conteúdo
    Luciana Genro (PSOL)
    Filha de Tarso Genro, entrou no PT em meados da década de 80. Foi expulsa do partido em 2003, depois que votou contra a reforma da previdência, a exemplo de Heloísa Helena e Babá, e fundou o PSOL dois anos depois. No partido, integra a corrente Movimento Esquerda Socialista, a qual também fazia parte enquanto era filiada ao PT.
    Foto: Gisele Pimenta/Frame/Estadão Conteúdo
  • Adriana Spaca/Brazil Press/Estadão Conteúdo
    Eduardo Jorge (PV)
    Participou da fundação do PT em 1980 e teve cinco mandatos como deputado pelo partido. Foi secretário municipal da Saúde de São Paulo nas gestões de Luiza Erundina e Marta Suplicy. Em 2003, desfiliou-se do PT por conta de divergências com a cúpula do partido. No mesmo ano, filiou-se ao PV e de 2005 a 2012 foi secretário do Meio Ambiente de José Serra (PSDB) e Gilberto Kassab (PSD, à época do DEM).
    Foto: Adriana Spaca/Brazil Press/Estadão Conteúdo
  • UOL
    Zé Maria (PSTU)
    Metalúrgico, participou das greves do ABC e ficou preso com Lula. Participou da fundação do PT, mas desde o início já discordava do caráter "conciliador" do partido. A Convergência Socialista, tendência trotskista do PT liderada por Zé Maria, foi expulsa pela direção petista em 1992, em meio a um processo de reorganização do partido. Em 1994, fundou o PSTU, onde está até hoje.
    Foto: UOL
  • Taís Vilela/UOL
    Mauro Iasi (PCB)
    Deixou o PCB para participar da fundação do PT. Foi dirigente municipal e coordenador nacional da Secretaria Nacional de Formação. Integrou a equipe que coordenou a campanha presidencial de Lula em 1989. Em 2004, deixou o PT e retornou ao PCB, atualmente com linha mais à esquerda da adotada quando a sigla era conhecida como ?Partidão?.
    Foto: Taís Vilela/UOL
  • Divulgação
    Rui Costa Pimenta (PCO)
    Líder da corrente trotskista Causa Operária, que atuou no PT desde a fundação, e foi expulsa do partido em 1990 por ser considerada uma organização autônoma ao partido. Em 1992, o grupo integrou uma frente com a Convergência Socialista, mas acabou vetado por estes no processo de formação do PSTU. Em 1995, a corrente fundou o PCO (Partido da Causa Operária).
    Foto: Divulgação
Guilherme Balza
Do UOL, em São Paulo

FBF divulga arbitragem da 2ª rodada do Intermunicipal 2014

A bola já está rolando no Intermunicipal 2014. A maior competição de futebol amador do Brasil chega, neste domingo (24), à 2ª rodada.
 
Todas as 80 Seleções entrarão em campo às 15h. Nesta quinta-feira (21), a Federação Bahiana e Futebol (FBF), através do Departamento de Arbitragem, divulgou a escala completa dos árbitros que trabalharão nas 40 partidas.
 
Confira a escala:
 
Escala